Cavidades Naturais Subterrâneas

Caverna é um ecossistema frágil e delicado. Neste ambiente um fluxo de energia está se processando a cada momento, e é preciso todo cuidado quando existem intervenções humanas.

Constituídas por um sistema de canais horizontais, verticais com fraturas e fendas de variações irregulares, as cavernas formam um complexo sistema de condutos de excepcional beleza cênica, onde a ação da água em algum momento e de diferentes formas dissolveu a rocha matriz.

Podemos considerar que as rochas solúveis são indicadores da ocorrência de cavernamentos. Os minerais solúveis, como rocha de sal (NaCl), de gipsita, anidrita e dolomita provavelmente abrigam um maior número de cavernas.

Gruta dos Crotes-Felipe Guerra-RN-Jocy Cruz1

Formação:

Parte do dióxido de carbono na atmosfera é carregado para a superfície da terra pelas águas das chuvas. Através do processo de dissolução da rocha matriz, surgem soluções químicas que exercem importante papel na formação dos espeleotemas.

Os espaços, condutos e vazios na rocha vão sendo lentamente modelados pela ação do soluto, o qual pode ser exemplificado conforme as fórmulas a seguir:

 H2O ( Água )  +    CO2 ( Dióxido de Carbono )  ==> H2CO3 ( Ácido carbônico );

H2CO3 ( Ácido carbônico )  +   CaCO3  ( Carbonato de Cálcio ) ==>  Ca(HCO3)2m ( Bicarbonato de Cálcio ).

As cavernas podem ser consideradas como ambiente frágil, onde um delicado ecossistema se interage. Neste ambiente os organismos vivos (parte biológica) e os recursos abióticos (ar, rocha e água) age de maneira harmônica e equilibrada, favorecendo que a reciclagem de nutrientes entre os componentes seja evidenciada a cada momento.

É importante ressaltar que no ecossistema cavernícola tanto o complexo orgânico como os fatores físicos contribuem para constituição de um específico habitat de maneira que o ambiente estabeleça um fluxo de energia e uma ciclagem de materiais entre as partes vivas e não-vivas de forma constante e exclusiva.

Caverna e cachoeira Leonardo da Vinci - Altamira-PA - Diego Bento

Importância:

A preservação e conservação das cavernas, sítios espeleológicos e suas respectivas áreas de influência, tem como objetivo a manutenção destes sistemas ecológicos, sensíveis e diferenciados.

Nas cavernas é possível o desenvolvimento de estudos científicos, da investigação minuciosa e sistemática em diversos campos do conhecimento, a fim de proporcionar a sociedade a melhor opção de crescimento social e econômico através do adequado uso desse frágil ecossistema, conforme a seguir:

- Podem funcionar como opções de lazer (práticas recreativas, esportivas e de contemplação), desde que sejam respeitadas regras mínimas de proteção e conservação do ambiente.

- As cavernas exercem importante papel no armazenamento estratégico de água, com a carga e recarga de aqüíferos.

- Possibilita adequada utilização, com vistas a exercer o papel de importante fonte de atividade economicamente viável, tais como o turismo, esporte, e seus benefícios associados.

- Registram informações relativas aos processos geológicos, possibilitando pesquisar a origem, a formação e as sucessivas transformações da litologia local e do paleoclima outrora ocorrido na região.

- Protegem e conservam minerais raros ou formações geológicas inigualáveis.

- Conservam de forma eficiente interessantes informações da vida pretérita através dos sítios fossilíferos e arqueológicos, através dos quais é possíveis identificar, catalogar e pesquisar espécies de animais e vegetais fósseis, bem como o estudo cultural dos povos do passado, onde documentos, monumentos e objetos compõem importantes registros dos hábitos vividos de uma determinada sociedade.

- Propiciam eficiente abrigo para conservação de habitats de espécies endêmicas e ameaçadas de extinção, tanto da fauna como da flora.

- Pode desempenhar a função de locais reservado a manifestações sociais.