CECAV conduz a avaliação do estado de conservação dos troglóbios

Os troglóbios são animais cuja distribuição restringe-se exclusivamente ao meio subterrâneo e podem apresentar diversos tipos de especializações morfológicas, fisiológicas, e comportamentais que provavelmente evoluíram em resposta às pressões seletivas presentes em cavernas. Como exemplo, tem-se uma espécie de bagre cego (Trichomycterus itacarambienses),de distribuição restrita à Caverna Olhos d´Água, em Itacarambi/MG (IBAMA, 2007). styloniscidae iuiu - Rodrigo Lopes

Atualmente temos 19 espécies de troglóbios relacionados na lista nacional de espécies ameaçadas:

N

Espécie de troglóbio

Nome comum

Categoria ameaça IUCN

01

Giupponia chagasi

Aranha-bode

CR

02

Charinus troglobius

Aranha chicote

CR

03

Iandumoema uai

Aranha-fedorenta

CR – B2ab(ii)

04

Maxchernes iporangae

Pseudo-escorpião

EN – B2ab(ii)

05

Pseudochthonius strinatii

Pseudo-escorpião

VU – B2ab(ii)

06

Pachylospeleus strinatii

Opilião, aranha-bode

VU-B2ab(ii)

07

Spaeleoleptes spaeleus

Aranha-bode

EN – B2ab(ii)

08

Leodesmus yporangae

Piolho-de-cobra

VU – B2ab(ii)

09

Peridontodesmella alba

Piolho-de-cobra

VU – B2ab(ii)

10

Yporangiella stygius

Piolho-de-cobra

VU – B2ab(ii)

11

Coarazuphium bezerra

Besouro

 VU

12

Coarazuphium pains

 Besouro

 VU – D2

13

Coarazuphium cessaima

Besouro

VU- D2

14

Coarazuphium tessai

Besouro

VU – D2

15

Schizogenius ocellatus

Besouro

VU – D2

16

Eigenmannia vicentespelaea

Tuvira

VU – D2

17

Stygichthys typhlops

Piaba-branca

 VU – D2

18

Pimelodella kronei

Bagre-cego de Iporanga

VU – A2ace;B2ab(ii)

19

Trichomycterus itacarambiensis

_

VU – D2

Em setembro de 2010 ocorreu a Oficina de Crustáceos na sede do ICMBio/sede, reunindo os especialistas que trabalham com o grupo. Na ocasião, tivemos a oportunidade de avaliar os crustáceos troglóbios. Como resultado deste trabalho, verificou-se que três espécies vão constar na lista de ameaçadas. No momento, o grupo encontra-se em fase de validação das categorias da IUCN.

Em outubro de 2011, ocorreu na ACADEBIO (Academia de Biodiversidade/ICMBIO/Iperó/SP) a oficina de avaliação dos Peixes de Água Doce da Bacia do São Francisco. Na ocasião, os peixes troglóbios foram avaliados e 15 espécies troglóbias relacionadas encontram-se em processo de validação da categoria de ameaça e posterior publicação.

Além das espécies de peixes e crustáceos, ainda restam aproximadamente 100 espécies de troglóbios não avaliados, cuja oficina está prevista para 2013. Até lá, o trabalho consiste de ampla pesquisa bibliográfica sobre as espécies, preenchimento dessas informações em fichas individuais. Após esta etapa, elas estarão disponíveis para consulta ampla e dirigida a especialistas da área.

VOLTAR

Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE

 

N

Espécie de troglóbio

Nome comum

Categoria ameaça IUCN

01

Giupponia chagasi

Aranha-bode

CR

02

Charinus troglobius

Aranha chicote

CR

03

Iandumoema uai

Aranha-fedorenta

CR – B2ab(ii)

04

Maxchernes iporangae

Pseudo-escorpião

EN – B2ab(ii)

05

Pseudochthonius strinatii

Pseudo-escorpião

VU – B2ab(ii)

06

Pachylospeleus strinatii

Opilião, aranha-bode

VU-B2ab(ii)

07

Spaeleoleptes spaeleus

Aranha-bode

EN – B2ab(ii)

08

Leodesmus yporangae

Piolho-de-cobra

VU – B2ab(ii)

09

Peridontodesmella alba

Piolho-de-cobra

VU – B2ab(ii)

10

Yporangiella stygius

Piolho-de-cobra

VU – B2ab(ii)

11

Coarazuphium bezerra

Besouro

 VU

12

Coarazuphium pains

 Besouro

 VU – D2

13

Coarazuphium cessaima

Besouro

VU- D2

14

Coarazuphium tessai

Besouro

VU – D2

15

Schizogenius ocellatus

Besouro

VU – D2

16

Eigenmannia vicentespelaea

Tuvira

VU – D2

17

Stygichthys typhlops

Piaba-branca

 VU – D2

18

Pimelodella kronei

Bagre-cego de Iporanga

VU – A2ace;B2ab(ii)

19

Trichomycterus itacarambiensis

_

VU – D2