Destaques e Eventos

24/10/19

Seminário CEPSUL 35 anos

(Itajaí - 24/10/2019) O CEPSUL convida a todos para o Seminário CEPSUL: 35 anos de pesquisa para a conservação da biodiversidade marinha - evento científico gratuito para debater as diferentes estratégias para a conservação de espécies marinhas, bem como o manejo de espécies nativas ou invasoras.

23/10/19

Oficina de Avaliação do Risco de Extinção das Eglas do Brasil

(Itajaí - 23/10/2019) Para definir as políticas de conservação direcionadas à redução da perda de espécies, foi estabelecida como prioridade pelo governo brasileiro a avaliação do risco de extinção de todas as espécies conhecidas de plantas, animais vertebrados e, seletivamente, dos animais invertebrados, incluindo os eglídeos, crustáceos endêmicos da América do Sul.

09/10/19

PAN Tubarões encerra primeiro ciclo

(Itajaí - 09/10/2019) O Cepsul realizou, entre os dias 23 e 27 de setembro, a Oficina de Encerramento do I Ciclo do Plano de Ação Nacional para a Conservação dos Tubarões e Raias Marinhos Ameaçados de Extinção (2014-2019). Coordenado pelo centro de pesquisa, o PAN Tubarões foi elaborado de forma participativa, entre os anos de 2012 e 2014.

04/09/19

Aberta consulta pública para avaliação do risco de extinção de peixes marinhos

(Itajaí - 04/09/2019) - O processo de Avaliação do Estado de Conservação da Fauna Brasileira é conduzido pelo ICMBio e seus resultados também subsidiam a atualização da Lista Nacional Oficial de Espécies Ameaçadas de Extinção. A avaliação dos mais de 1200 peixes ósseos marinhos (Actinopterygii) tem como pontos focais os Centros de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Marinha: CEPENE, Centro TAMAR e CEPSUL.

12/08/19

Aberta consulta para a Avaliação do Risco de Extinção das Eglas – 2019

(Itajaí, 12/08/2019) O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade é responsável pelo Processo de Avaliação do Estado de Conservação da Fauna Brasileira, cujos resultados subsidiam o Ministério do Meio Ambiente na publicação da Lista Nacional Oficial de Espécies Ameaçadas de Extinção.

30/07/19

CEPSUL: 35 anos de conhecimento para a gestão

(Itajaí - 29/07/2019) É preciso conhecer para conservar. Ninguém discorda dessa verdade. Entretanto, essa não é a verdade inteira: afinal, nunca conhecemos tanto a natureza quanto nas últimas décadas e, ao mesmo tempo, nunca a impactamos tanto em qualquer outro período da história humana. Para que haja conservação da natureza e desenvolvimento socioambiental, é preciso que o conhecimento seja produzido e utilizado em um processo de gestão.

17/07/19

Centros da Biodiversidade Marinha Realizam Oficina de Avaliação do Estado de Conservação de Peixes Ósseos

(Itajaí - 10/06/2019) Entre os dias 03 e 07 de junho foi realizada, na sede do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Marinha do Nordeste (CEPENE), em Tamandaré (PE), nova Oficina de Avaliação do Estado de Conservação de Peixes Ósseos (Actinopterygii) Marinhos.

20/05/19

Oficina de Avaliação de Meio Termo do PAN Corais

(Itajaí - 02/05/2019) A Avaliação de Meio Termo do Plano de Ação Nacional para a Conservação dos Ambientes Coralíneos (PAN Corais) foi realizada entre os dias 24 e 26 de abril, na sede do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Marinha do Sudeste e Sul (ICMBio/CEPSUL), em Itajaí, SC. Participaram da oficina, a equipe de coordenação do PAN, a COPAN, membros do GAT e convidados.

20/05/19

III Encontro Regional do PAN Corais: um olhar para o mar profundo

(itajaí - 02/05/2019) Os ambientes coralíneos de mar profundo do Brasil foram o tema do III Encontro Regional do Plano de Ação Nacional para a Conservação dos Ambientes Coralíneos (PAN Corais).

20/05/19

Redução de captura incidental na pesca de arrasto é tema de oficina

(Itajaí - 30/04/2019) O Cepsul promoveu, recentemente, uma oficina técnica sobre o uso de dispositivos redutores de fauna acompanhante (BRDs) nas pescarias de arrasto de camarões no Brasil. A iniciativa foi realizada em parceria com o projeto REBYC II – LAC /FAO/GEF, que busca o manejo sustentável da fauna acompanhante na pesca de arrasto na América Latina e Caribe. A fauna acompanhante ou captura incidental é caracterizada pela captura de espécies não alvo da pescaria.