destaque parnaabrolhos2


Parque Nacional Marinho de AbroLhos

medium size vessel Marcello Lourenco redPrimeiro Parque Nacional Marinho criado no Brasil em abril de 1983, Abrolhos representa um marco para a conservação marinha no país. Desde então, 87.943 hectares da Unidade de Conservação ajudam a proteger a região com a maior biodiversidade marinha do Brasil e do Atlântico Sul. Sob a administração do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMBio, o Parque possui dois polígonos: um que protege o arco de recifes costeiros localizado entre os municípios de Alcobaça e Prado abrangendo o Recife de Timbebas; e outro a cerca de 70 quilômetros da costa, que engloba o Arquipélago dos Abrolhos - composto pelas ilhas Redonda, Siriba, Sueste, Guarita e Santa Bárbara, esta última excluída dos limites do parque e sob jurisdição da Marinha do Brasil e o Parcel dos Abrolhos, contendo um complexo de milhares de chapeiões, estruturas recifais únicas encontradas somente na região do Banco dos Abrolhos.

O Arquipélago de Abrolhos causou curiosidade a Charles Darwin, que o visitou em 1832. Além de resguardar porção significativa do maior banco de corais e da maior biodiversidade marinha do Atlântico Sul, o Parque protege o principal berçário das baleias jubarte no Atlântico Sul que migram para o Banco dos Abrolhos para ter seus filhotes. É também a única região do planeta onde é possível encontrar o coral Mussismilia braziliensis, conhecido como coral cérebro por seu aspecto peculiar. Espécies de tartarugas marinhas ameaçadas de extinção - como as tartarugas de couro, cabeçuda, verde e de pente - também se refugiam no Parque, além de aves marinhas como a grazina do bico vermelho, os atobás branco e marrom, as fragatas, beneditos entre outros, incluindo pequenas aves migratórias do Hemisfério Norte. Um levantamento da biodiversidade da região registrou aproximadamente 1.300 espécies, 45 delas consideradas ameaçadas, segundo listas da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) e do Ministério do Meio Ambiente (MMA).

Dados de monitoramento pesqueiro mostram que a pesca nas regiões vizinhas ao Parque movimenta mais de R$ 100 milhões por ano, o que representa 10% da receita da atividade no Brasil. A Unidade assegura a procriação das espécies contribuindo para a manutenção da pesca nas regiões vizinhas, que é o meio de subsistência para cerca de 20 mil pessoas na região. O turismo é outra expressão da importância econômica da unidade, o fluxo turístico gerado pelo Parque garante centenas de empregos em hotéis, pousadas, restaurantes e demais atividades ligadas ao setor. Segundo dados do Programa de Desenvolvimento do Turismo (PRODETUR), o turismo representa 20% do PIB dos municípios da Costa das Baleias, zona turística correspondente ao litoral do extremo sul da Bahia. Pesquisas da BAHIATURSA apontam que mais de 90% dos turistas que visitam a região tem como motivação principal os atrativos naturais. As águas claras de temperatura amena, naufrágios e a rica fauna marinha fazem do Parque dos Abrolhos o atrativo natural mais importante da Costa das Baleias.

btn institucional

btn topo

Quando ir

O PARQUE NACIONAL MARINHO DOS ABROLHOS PODE SER VISITADO O ANO TODO!!!

Entre dezembro e fevereiro as águas são mais quentes e oferecem maior visibilidade, sendo o melhor período para mergulhos. De junho a novembro, o principal atrativo é a observação das baleias jubarte.

Vale lembrar que a realização atividades no mar depende das condições climáticas, em especial dos ventos e ondas, o que pode inviabilizar o passeio. Para o melhor planejamento de sua viagem consulte a previsão climática para melhor proveito do passeio!

Para maior conforto e segurança, não recomendamos operações de passeio em condições de velocidade de vento maior que 20 nós.

btn topo

Como Chegar

A cidade mais próxima ao Parque Nacional Marinho dos Abrolhos é Caravelas, localizada no extremo sul da Bahia.

Em Caravelas fica nossa sede, o Centro de Visitantes (CV) e a maior parte das operadoras de turismo credenciadas.

 

 AEROPORTOS MAIS PRÓXIMOS

Teixeira de Freitas - distante 83km de Caravelas, opera voos comerciais regularmente, partindo de Confins, MG (operado apenas pela Azul Linhas Aéreas);

Porto Seguro - distante 261 km de Caravelas, opera voos comerciais nacionais e internacionais de diversos aeroportos brasileiros;

Vitória - distante 400 km de Caravelas, opera voos comerciais nacionais e internacionais de diversos aeroportos brasileiros;

 

ACESSO RODOVIÁRIO

O trajeto Rodoviário até Caravelas pode se dar em diferentes composições a partir da BR 101

Das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste - pela BR 101, na altura de Posto da Mata, dobrar a rotatória a direita e pegar a BR 418. Siga 80km e chegará ao trevo entre a direita sentido Caravelas. Outra opção é seguir até a cidade de Teixeira de Freitas, no trevo seguir pela BA-290. Seguindo então as orientações rodoviárias até Alcobaça. No trevo siga a direita pela BA-001 até a cidade de Caravelas. 

Das regiões Norte e Nordeste - pela BR-101 passará pela cidade de Eunápolis, continuando na mesma BR até a cidade de Itamarajú e seguirá as orientações rodoviárias até Prado. Continue pela BA-489 até Alcobaça. No trevo siga a direto pela BA-001 até a cidade de Caravelas.

Em todo o trajeto desde a BR 101 há sinalização indicando o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos.

 

DE CARAVELAS AO ARQUIPÉLAGO DOS ABROLHOS

Para conhecer o arquipélago dos Abrolhos contate as operadoras de turismo autorizadas junto ao Parque Nacional Marinho dos Abrolhos. As empresas oferecem alimentação, alugam equipamentos de mergulho (livre e autônomo), dispõe de profissionais qualificados para conduzir visitantes no Parque Nacional, além de cumprirem requisitos de segurança exigidos pela Marinha do Brasil e Embratur.

O tempo de duração da viagem do continente até o Arquipélago dos Abrolhos varia de duas horas e meia a cinco horas, conforme o tipo de barco e as condições de tempo.

Os passeios podem ser de um dia, chamados bate-volta, em geral das 07h às 18h, e passeios com pernoite, chamados live aboard, com duração de 2 a 4 dias.

Para visitar o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos faça o contato com as empresas autorizadas.

 

Abrolhos Adventure - www.abrolhosadventure.com

Abrolhos Embarcações - www.abrolhosembarcacoes.com.br

Apecatu Expedições - www.apecatuexpedicoes.com.br

Horizonte Aberto - www.horizonteaberto.com.br

Mergulho Abrolhos - www.mergulhoabrolhos.com

 

 

Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE

Empresa: Abrolhos Sub Mergulho

Tel: (73)3208-2585/ 99976-3055

Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Endereço: Rua Benjamin Constant, 206, Centro, Nova Viçosa/BA

 

Empresa: Abrolhos Navegações

Tel: (73)3297-1172/ 1816

Site: www.abrolhosembarcacoes.com.br

Endereço: Av. Ministro Adalício Nogueira, 1294, Bairro Tancredo Neves, Caravelas/BA

 

Empresa: Apecatu Expedições

Tel: (73)3297-1751/ 99148-5599

Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Site: www.apecatuexpedicoes.com.br

Endereço: Rua do Porto, Caravelas/BA

 

Empresa: Caravelas Ecoturismo

Tel: (73)3297-1099/ 99940-3132

Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Endereço: Rua D, 76, Bairro São Judas Tadeu, Caravelas/BA

 

Empresa: Horizonte Aberto

Tel: (73)3297-1474/ 2018

Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Site: www.horizonteaberto.com.br

Endereço: Avenida das Palmeiras, 313, Centro, Caravelas/BA

 

Empresa: Pesquisa Mar

Tel: (73)8804-6634

Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Endereço: Rua das Estrelas, 80 B, Caravelas/BA

/* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Tabela normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-priority:99; mso-style-qformat:yes; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt; mso-para-margin:0cm; mso-para-margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:"Calibri","sans-serif"; mso-ascii-font-family:Calibri; mso-ascii-theme-font:minor-latin; mso-fareast-font-family:"Times New Roman"; mso-fareast-theme-font:minor-fareast; mso-hansi-font-family:Calibri; mso-hansi-theme-font:minor-latin; mso-bidi-font-family:"Times New Roman"; mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}
btn topo

Ingressos

Anualmente são definidos os valores de taxas e serviços realizados nas unidades de conservação federais, tendo a última atualização realizada em 01 de novembro de 2018 (Portaria ICMBio nº 831 de 28 de setembro de 2018). Os ingresso são cobrados por dia (para passeios bate-volta) ou pernoites (para passeios com pernoites), e seguem os seguintes valores:

Público em geral: R$ 89,00 
Desconto Brasil (50%): R$ 45,00 
Desconto Mercosul (25%): R$ 67,00 
Desconto Entorno* (90%): R$ 9,00 

* será concedido Desconto Entorno aos moradores dos municípios que compõem a Costa das Baleias: Teixeira de Freitas, Mucuri, Nova Viçosa, Caravelas, Alcobaça, Prado e Itamaraju (Ordem de Serviço 01/2016 - PARNA Marinho dos Abrolhos, regulamenta a concessão do Desconto-Entorno).

Conforme Portaria MMA nº 366/2009 são isentos do pagamento de ingressos nas unidades de conservação:

I - Visitante brasileiro ou ao estrangeiro que demonstre possuir residência permanente no Brasil com idade igual ou superior a 60 (sessenta anos);
II - crianças com até 12 (doze) anos de idade incompletos desde que acompanhados acompanhadas de um adulto;
III - estudantes e acompanhantes cujo estabelecimento de ensino regular agende previamente junto à administração das unidades de conservação a realização de atividades de educação ambiental;
IV - populações tradicionais extrativistas beneficiárias da unidade de conservação;
V - colaboradores ou membros de instituições colaboradoras;
VI - pesquisadores autorizados pelo Instituto Chico Mendes para realizar pesquisas na unidade de conservação;
VII - servidores de órgãos públicos, desde que a serviço;
VIII - guias de turismo, devidamente regularizados pelo Ministério do Turismo, no exercício de suas atividades profissionais, 

Parágrafo único. Compete à chefia da unidade de conservação a análise e eventual autorização das visitas de que tratam os incisos III, V e VII deste artigo, que deverão ser deferidas preferencialmente em dias úteis.

btn topo

Atrativos

A visita embarcada no Parque Nacional Marinho dos Abrolhos pode incluir atividades de mergulho livre (apnéia) e mergulho autônomo, observação de aves, caminhada monitorada em trilha na Ilha Siriba e de julho a novembro é possivel realizar observação de Baleias Jubarte.

Durante todos os passeios no Parque Nacional o visitante conta com a orientação e supervisão de condutores de visitantes, para prestar informações e auxiliar os visitantes nos cuidados com o ambiente e com sua segurança.

Como o Parque está localizado em uma das regiões de maior biodiversidade marinha do oceano atlântico sul, o contato do turista com a natureza torna-se uma experiência deslumbrante.

O mergulho livre e snorkeling, pode ser realizado em diversas áreas do Arquipélalgo e permite a visualização de peixes coloridos, corais, algas e muito mais. O mergulhador pode ter a oportunidade de mergulhar ao lado de tartarugas marinhas enormes.

 

O mergulho autônomo permite ao visitante, além disso, mergulhar em naufrágios, cavernas, noturno e em chapeirões. O mergulho no Parque somente pode ser realizado em locais pré-estabelecidos e acompanhado de condutor subaquático treinado pelo Parque.

O visual paisagístico do arquipélago é algo deslumbrante, as ilhas abrigam diversas aves, como: Atobás Brancos e Marrons, Grazinas, Fragatas e Beneditos., que rendem ótimas fotos!

aves abrolhos mini 2

A caminhada monitorada em trilha pela Ilha Siriba é espetacular, pois permite, além do passeio na ilha, compreender as relações existentes neste local, através da palestra com os monitores ambientais do ICMBio.

trilha siriba mini

 Durante os meses de julho a novembro, o  passeio ganha um atrativo a mais, que são as exuberantes baleias Jubarte, que buscam nestas águas claras e quentes um local para  acasalarem e se reproduzirem, possibilitando que o turista observe estes enormes mamíferos marinhos durante a viagem.

Enrico Marcovaldi_Projeto Baleia Jubarte

A permanência nas embarcações faz com que o visitante acompanhe como é a vida destes profissionais que trabalham no mar em prol da conservação.

É possível também realizar passeios em caiaques e stand-ups, conforme disponibilidade da empresa contratada.

btn topo

Não é permitido

  • Usar fogo e praticar qualquer ato, ou se omitir, de forma que possa ocasionar incêndio
  • Alimentar, capturar ou molestar animais silvestres
  • Acampar e fazer fogueiras
  • Usar aparelhos de som alto e soltar fogos de artifício
  • Pichar ou realizar outros atos de vandalismo
  • Soltar qualquer espécie animal ou plantar espécie vegetal
  • Realizar pesquisa científica e visitação de grupos sem autorização
  • Impedir ou dificultar a regeneração natural da vegetação
  • Portar instrumentos de pesca ou caça submarina
  • Fotografar comercialmente sem autorização do ICMBio
  • Mergulhar e desembarcar nas ilhas do arquipélago sem autorização

ATENÇÃO: O mergulho autônomo no Parque somente é permitido quando acompanhado de Condutor de Visitantes, neste caso denominado Condutor Subaquático. As empresas de turismo que realizam passeios ao Parque fornecem este tipo de serviço. É obrigatório que o mergulhador esteja portando sua credencial de mergulho.

btn topo

O Que Fazer

Centro de Visitantes do Parque Nacional Marinho dos Abrolhos

Na Praia do Kitongo, em Caravelas/BA, o visitante a fim de conhecer o Parque poderá realizar uma visita monitorada passando por painéis, videos e informações junto aos recepcionistas sobre os atrativos e a conduta desejável para a visita ao Parque.
 O local abriga ainda uma uma réplica de baleia jubarte em tamanho natural de um adulto, e a Trilha do Marobá, onde o visitante tem contato com os ecossistemas costeiros da restinga e dos manguezais.

Visitação embarcada ao Arquipélago dos Abrolhos

A cerca de 70 km de Caravelas, os visitantes tem contato com o Arquipélago dos Abrolhos, composto por um conjunto de cinco ilhas originadas de atividades vulcânicas. Das embarcações que realizam passeio ao Parque, é possível avistar as  ilhas da Redonda, Siriba, Guarita, Sueste e Santa Bárbara. Nesta última, sob jurisdição da Marinha do Brasil, é mantido desde 1861 o Farol de Abrolhos.

Mergulho Livre e Mergulho Autônomo

A observação do fundo mar na área de maior biodiversidade marinha do Atlântico sul proporciona uma rica experiência aos visitantes. Seja em águas rasas ao redor das ilhas do Arquipélago, seja em áreas mais profundas, é possível observar peixes recifais, corais, gogônias, tartarugas marinhas entre tantos outros seres. O Parque abriga ainda 03 naufrágios abertos à visitação, e uma extensa área de chapeirões - formações recifais únicas, em formato de grandes cogumelos de até 30 metros.

Desembarque e Trilha Monitorada na Ilha Siriba

A região destinada à essa atividade é um anel formado por diferentes tipos de terrenos numa faixa estreita ao redor da ilha que recebe a influência da maré. Possui uma extensão de cerca de 1600 metros.A influência de marés determina modificações nas condições do percurso ao longo do dia. A ilha Siriba é indicada como área de nidificação de aves marinhas com possibilidade de ver de perto os ninhos dos atobás e grazinas.

Observação de Aves Marinhas

De uma maneira geral as aves ocupam as cinco ilhas e o espaço aéreo e aquático existente entre elas. Apresentam comportamentos de alimentação, descanso, rapinagem, disputa sexual, acasalamento, nidificação, proteção e cria de filhotes, entre outros.

As principais espécies avistadas ao longo de todo o ano são os atobás-mascarados, atobás marrons, fragatas, grazina do bico vermelho, grazina do bico amarelo. De março a setembro, milhares de beneditos ou viuvinhas pretas são avistadas utilizando a ilha Guarita para reprodução.

Observação de Baleias Jubartes

De julho a novembro a região de Abrolhos é marcada pela presença das baleias jubartes, que tem ao redor do Arquiélago dos Abrolhos a maior concentração de baleiais que procuram a região para reprodução e cuidado com os filhotes. Em toda a região é possível ainda observar comportamentos reprodutivos como grandes grupos de machos disputando fêmeas para acasalamento, entre outros.

btn topo

Orientações

  • Somente empresas autorizadas pelo ICMBio/ Parque Nacional Marinho dos Abrolhos podem realizar a visitação comercial no Parque, conforme Portaria ICMBio  nº 29/2018;
  • Todas as empresas autorizadas devem dispor de Condutores de Visitantes autorizados pelo Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, conforme Portaria ICMBio nº 939/2018. Embarcações particulares que desejem realizar mergulho autônomo deverá dispor de equipamentos de segurança obrigatórios para operação do mergulho recreativo autônomo conforme ABNT NBR ISO 24803, sendo obrigatória a presença de condutor de visitante com habilitação mínima de supervisor de mergulho "divemaster". válida;
  • A relação dos Condutores de Visitantes autorizados em realizar atividade comercial no Parque Nacional Marinho dos Abrolhos pode ser acessada aqui;
  • Mantenha uma Conduta Consicente durante a visita, de forma a garantir tanto a segurança do visitante, como a proteção dos corais, peixes, tartarugas, aves e tantos outros seres vivos que vivem no Parque;
  • Tenha cuidado e atenção com todo o lixo que vier a produzir no Parque;
  • No ambiente natural e junto ao grupo com outros visitantes, fale baixo, evite gritos e mantenha, garantindo o bem estar de todos no passeio;
  • Trate a todos com educação, cortesia e respeito;
  • Transmita ao próximo os princípios de mínimo impacto ambiental;
  • Pratique atividades físicas conforme seu condicionamento físico e nível de experiência
  • Mantenha o corpo hidratado e protege-se do sol, dando preferências ao uso de chapéus, bonés, camisas com proteção UV, e não esqueça do protetor solar.
  • Caso ainda tenha alguma dúvida antes do passeio, ou tenha alguma sugestão, crítica ou queira fazer algum outro comentário relevante para a melhoria do Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, entre em contato conosco pelo email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.. Sua opinião é importante!

Para acesso aos documentos que regulamentam a atividade de visitação comercial na Unidade de Conservação, a visita de embarcações particulares, Plano de Manejo, entre outros, todos encontram-se disponíveis em: www.icmbio.gov.br/portal/parna-marinho-dos-abrolhos

Acesse o Guia de Conduta Consciente em Ambientes Naturais

btn topo