destaque parnaiguacu2

Parque Nacional do Iguaçu

Marcado por sua beleza, e por ter uma das mais espetaculares cataratas do mundo, o Parque Nacional do Iguaçu, no Paraná, foi o segundo Parque Nacional brasileiro a ser criado, no ano de 1939.

Abriga o maior remanescente de Floresta Atlântica da região sul do Brasil. Protege uma riquíssima biodiversidade, constituída por espécies representativas da fauna e flora brasileiras, das quais algumas ameaçadas de extinção, como onça-pintada (Pantheraonca), puma (Puma concolor), jacaré-de-papo-amarelo (Caimanlatirostris), papagaio-de-peito-roxo (Amazona vinacea), gavião-real (Harpia harpyja), peroba-rosa (Aspidospermapolyneutron), ariticum (Rolliniasalicifolia), araucária (Araucariaaugustifolia), além de muitas outras espécies de relevante valor e de interesse cientifico. O protege ainda toda a bacia do rio Floriano, um dos afluentes do rio Iguaçu, uma raridade no sul do Brasil pela qualidade de água e de nascentes próximas à rodovia BR-277, entre Céu Azul e Santa Tereza.

Essa expressiva variabilidade biológica somada à paisagem singular de rara beleza cênica das Cataratas do Iguaçu, fizeram do Parque Nacional do Iguaçú a primeira Unidade de Conservação do Brasil a ser instituída como Sítio do Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO, no ano de 1986.

As Cataratas do Iguaçu estendem-se numa frente semicircular de 2.700 metros de extensão, dos quais 800 metros estão do lado brasileiro e 1.900 metros do lado argentino. São compostas por um número variado de saltos e quedas que oscilam entre 150 e 270, de acordo com o volume de água do rio. Os saltos têm nomes próprios como Floriano, Deodoro, Benjamim Constant, mas, o mais famoso é a Garganta do Diabo.

As rochas do Parna do Iguaçu se originaram de processos vulcânicos - o chamado vulcanismo de fendas que ocorreu na região entre aproximadamente 165 a 120 milhões de anos.

Unido pelo rio Iguaçu ao Parque Nacional Iguazú, na Argentina, o Parque integra o mais importante contínuo biológico do Centro-Sul da América do Sul, com mais de 600 mil hectares de áreas protegidas e outros 400 mil em florestas ainda primitivas, responsabilidade ímpar para ações conjuntas entre brasileiros e argentinos nos esforços de preservação deste tão importante patrimônio mundial.

O Parque Nacional do Iguaçu é exemplo de integração entre a conservação e o uso sustentável dos recursos naturais.

btn institucional

btn topo

Quando Ir

O Parque está aberto diariamente, das 9h às 17h. 

Pode ser visitado durante o ano todo, sendo que os meses de menor fluxo de visitantes é junho e julho, devido ao inverno e o frio que o acompanha.

btn topo

Ingressos

INGRESSO INTEGRAL Valor

ADULTOS (A PARTIR DE 12 ANOS)

R$ 40,00

CRIANÇAS (DE 2 A 11 ANOS)

---
INGRESSO BRASILEIROS(1) Valor
ADULTOS R$ 20,00
CRIANÇAS ---
IDOSOS(2) (A PARTIR DE 60 ANOS) ---

(1);Desconto de 50% sobre o valor do ingresso integral(R$33,00), mediante a apresentação do documento de identidade com foto.Desconto de 25% sobre o valor do ingresso integral(R$33,00), para as nacionalidades argentina, paraguaia e uruguaia, mediante a apresentação do documento de identidade com foto.

(2)Isento de cobrança do ingresso, mediante a apresentação do documento de identidade com foto.

INGRESSO MERCOSUL(3) Valor
ADULTOS R$ 30,00
CRIANÇAS  ---

(3)Desconto de 25% sobre o valor do ingresso integral(R$33,00), para as nacionalidades argentina, paraguaia e uruguaia, mediante a apresentação do documento de identidade com foto.

INGRESSO PASSE COMUNIDADE(4) Ingressos
ADULTOS R$ 4,00
CRIANÇAS ---
IDOSOS(2) (A PARTIR DE 60 ANOS) ---

(4)Desconto de 90% sobre o valor do ingresso integral (R$40,00), mediante comprovação de residência e cadastramento no guichê de atendimento do passe comunidade. Municípios beneficiados pelo passe comunidade: Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu, Medianeira, Serranópolis do Iguaçu, Matelândia, Ramilândia, Céu Azul, Vera Cruz do Oeste, Santa Tereza do Oeste, Lindoeste, Santa Lúcia, Capitão Leônidas Marques e Capanema.

(2)Isento de cobrança do ingresso, mediante a apresentação do documento de identidade com foto.

Fundo Iguaçu é uma contribuição voluntária, no valor de R$ 1,10 para o Fundo de Desenvolvimento e Promoção Turística do Iguaçu.

GERAL (inclui crianças e idosos) R$ 7,00
PASSE COMUNIDADE R$ 4,70
GERAL R$ 14,00
MUNICÍPIO DO ENTORNO R$ 7,00
btn topo

Atrativos

As Cataratas são formadas pelas quedas do rio Iguaçu, que em tupi-guarani significa água grande.

Dezoito quilômetros antes de juntar-se ao rio Paraná, o Iguaçu vence um desnível do terreno e se precipita em quedas de até 80 metros de altura, alcançando uma largura de 2.780 metros. Sua formação geológica data de aproximadamente 150 milhões de anos, porém a formação do acidente geográfico das cataratas se iniciou a aproximadamente 200 mil anos.

O rio Iguaçu mede 1.200 metros de largura acima das cataratas. Abaixo, estreita-se num canal de até 65 m. A largura total das Cataratas no território brasileiro é de aproximadamente 800 m e no lado argentino de 1.900 m. A altura das quedas varia de 40 a 80 metros.Dependendo da vazão do rio, o número de saltos varia, atingindo um número superior a 100 nos períodos de média vasão.

A vazão média do rio fica em torno de 1.500 m3 por segundo, variando de 500 m3/s nas ocasiões de seca a 8.500 m3/s nas cheias. O volume maior de água ocorre entre os meses de outubro a março.

São 19 saltos principais, cinco deles do lado brasileiro (Floriano, Deodoro e Benjamin Constant, Santa Maria e União) e os demais no lado argentino. A disposição dos saltos, com a maior parte deles no lado argentino e voltados para o Brasil, proporciona a melhor vista para quem observa o cenário a partir do Brasil.

Acompanhe a vazão do rio Iguaçu: ;clique aqui

Relembre o caminho que os índios da região usavam para contornar as Cataratas do Iguaçu. O passeio Trilha do Poço Preto pode ser definido hoje como um Safari Ecológico. São 9 kms que podem ser feitos com caminhada, bicicleta ou carro elétrico. A trilha é realizada com guias bilíngües que falam sobre a fauna e flora do Parque Nacional do Iguaçu.

Tudo começa numa passarela suspensa de 320 metros, no coração do Parque Nacional, seguida da trilha em mão única, que podem ser observadas belíssimas espécies nativas do Parque.

A pequena viagem pelo interior da floresta do Iguaçu incide agora por uma ponte pênsil que leva a uma trilha rústica de 500 metros, passa por uma casamata de 10 metros de altura, e lá de cima uma vista panorâmica espetacular da floresta. Destaca-se a Lagoa do Jacaré, que concentra grande diversidade de animais aquáticos.

Agora chegou a vez de apreciar o rio Iguaçu, com uma navegação em um barco a motor pelo alto do Rio, passando pelo Arquipélago das Taquaras, com a opção de passeio em ducks e snorkeling, para observação da vegetação aquática.

Preste atenção para não perder nenhum detalhe, o retorno é feito pelas corredeiras, com passagem pela Ilha dos Papagaios, onde ao nascer e pôr-do-sol acontecem revoadas de milhares de papagaios.

Você pode escolher desembarcar no Porto Bananeiras ou no Porto Canoas.

Dicas - Use roupas confortáveis, não esqueça a água, protetor solar e repelente.

Duração – Dependendo das condições climáticas a média do passeio é de 4 horas

Atendimento:diariamente (inclusive Domingos e Feriados)

Horários:9h30min, 12h00 e 14h00.

Fone: +55 (45) 3529-9626

E-mail:O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

A Trilha das Bananeiras consiste em uma trilha de aproximadamente 1,5 km, que pode ser feito à pé ou  em veículo elétrico.

No caminho os curiosos de plantão vão avistar pequenas lagoas, onde são encontrados pássaros de hábitos aquáticos e exuberante vegetação. Os amantes da natureza ainda vão vibrar com as espécies da fauna e flora nativas do Parque Nacional do Iguaçu.

O passeio ainda combina navegação em barcos a motor pelo alto do Rio Iguaçu, chegando ao cais do Poço Preto e visitando uma casamata de 10 metros de altura, com observação da Lagoa do Jacaré, rica em fauna aquática e terrestre.A próxima parada é o Arquipélago Ilha das Taquaras.

No retorno ao cais Bananeiras há a opção de remar os caiaques infláveis(ducks), que proporcionam uma boa oportunidade de avistar várias espécies de animais e plantas nativas.

O passeio acontece com a supervisão de guias especializados e poliglotas que contam os detalhes da vida natural no Parque Nacional do Iguaçu.

Dicas:use roupas confortáveis, não esqueça a água, protetor solar e repelente.

Duração:2h30 minutos

MACUCO ECOAVENTURA

Atendimento:diariamente  (inclusive Domingos e Feriados)

Horários: 10h30min, 13h00 e 15h00.

Fone: 55 (45) 3529 9626

E-mail:O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

btn topo

O Que Fazer

  • Caminhada
  • Contemplação
  • Rafting
  • Rapel
  • Trilha de bicicleta
  • Arvorismo
  • Avistamento de fauna
  • Passeio de barco e caiaque
btn topo

Orientações

  • Mantenha-se nas trilhas pré-determinadas, não use atalhos;
  • Jogue o lixo nos locais adequados ou encontre uma forma de acondicioná-lo para trazê-lo de volta.
  • Não alimente os animais. Observe-os a distância.
  • Ande em silêncio, preservando a tranquilidade e a sensação de harmonia que a natureza oferece;
  • Animais, plantas, rochas, frutos e sementes encontrados no local fazem parte do ambiente e nele devem permanecer;
  • Tire apenas fotografias; deixe somente leves pegadas; e leve para casa imagens na sua memória.
  • Tenha cuidado com os quatis quando estiver consumindo alimentos. Apesar de estarem habituados com a presença humana, eles podem atacar em busca de comida. Esses animais podem transmitir a raiva humana, doença infecciosa aguda e mortal, transmitida por meio da mordida, arranhões ou lambedura do animal contaminado com o vírus.
  • Beba água;
  • Use sempre protetor solar;
  • Para evitar os insetos, passe repelente com frequência;
  • Utilize capas de chuva. Nas Cataratas há constantemente uma leve garoa;
  • Use roupas e calçados apropriados para caminhada;
  • Todos esses artigos estão disponíveis nas lojas de lembranças do parque.

Para apreciar as cataratas do Iguaçu em toda sua magnitude, visite o Parque Nacional do Iguazú, na Argentina. O passeio é diferente e complementar. Mais informações no site:  www.iguazuargentina.com ou 0800 45 15 16.

Caso tenha sugestões para melhorar nossos serviços, entre em contato: ICMBio – Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, pelo telefone: 55 (45) 3521 8383 ou e.mail:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Os moradores de Foz do Iguaçu e dos demais municípios vizinhos ao Parque Nacional do Iguaçu têm abatimento de 90% no valor do ingresso geral e desconto também no estacionamento e transporte do Parque. O beneficio é concedido mediante cadastro prévio no guichê de atendimento ao Passe Comunidade. O cadastro é individual e haverá necessidade de comprovação de residência.

Opções de documento para a comprovação de residência e cadastro:Conta de água (expedida pela Sanepar na qual conste o endereço do portador), conta de luz (expedida pela Copel na qual conste o endereço do portador), conta de telefone fixo (expedida por qualquer operadora de telefonia fixa do país e não qual conste o endereço do portador), título de eleitor (cujo domicilio eleitoral seja nos municípios beneficiados), carteira de trabalho (deve constar contrato de trabalho vigente com empresa estabelecida nos municípios beneficiados), carteirinha de estudante (expedida por estabelecimento de ensino localizado nos municípios beneficiados), carteira funcional e/ou comprovante de rendimentos de servidores públicos (deve constar lotação nos municípios beneficiados), certificado de registro e licenciamento de veículo (documento deve constar endereço do portador nos municípios beneficiados), declaração de matrícula (na qual conste o nome do município onde se localiza o estabelecimento de ensino. Na declaração deverão constar timbre e assinatura do responsável pelo estabelecimento de ensino),Nota Fiscal de Serviço de Telefonia Móvel Pós-Pago,Boletos de Cobrança de Instituições Bancárias Públicas ou Privadas,Termo de Posse/Lotação de Servidores Públicos, crachás de identificação de funcionários da Fundação Parque Tecnológico de Itaipu (PTI), comprovante de Rendimentos/Holerite de funcionários da iniciativa privada, extratos de fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Os referidos comprovantes de residência deverão ser expedidos no prazo máximo de 180 (cento e oitenta) dias.

Atenção: O benefício poderá ser estendido ao cônjuge e/ou filhos menores de 18 anos do visitante que comprovar residência nos municípios beneficiados, mediante a apresentação de certidão de casamento ou declaração de união estável, expedida por Tabelião e/ou documento que comprove filiação.

O cadastro é individual e qualquer opção de documento deverá ser apresentada com a carteira de identidade. Venda Indisponível Online.

MUNICIPIOS DO ENTORNO DO PARQUE NACIONAL DO IGUAÇU BENEFICIADOS COM O PASSE COMUNIDADE: Capanema, Capitão Leônidas Marques, Céu Azul, Foz do Iguaçu, Lindoeste, Matelândia, Medianeira,  Ramilândia, Santa Lucia Santa, Tereza do Oeste, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu, Serranopolis do Iguaçu e Vera Cruz do Oeste.

VALORES DO PASSE COMUNIDADE

  • Adultos (a partir de 12 anos) - R$ 8,00
  • Crianças (de 2 a 11 anos) - R$ 4,70
  • Idosos (a partir de 60 anos) - R$ 4,70
  • Estacionamento: - R$ 7,00
REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DO PASSE COMUNIDADE - Boletim de Serviço Instituto Chico Mendes nº 07, de 06.07.2009: Clique aqui
btn topo