Quem Somos

ATENÇÃO:

A VISITAÇÃO AO MIRANTE DO MORRO DA IGREJA, COM VISTA PARA A PEDRA FURADA, ESTA TEMPORARIAMENTE INTERROMPIDA, DEVIDO A OBRAS NA ESTRADA DO MORRO DA IGREJA. TAL INTERRUPÇÃO OCORRERÁ ENQUANTO DURAREM AS OBRAS DOS BUEIROS.

HÁ PREVISÃO DE ABERTURA DO MORRO DA IGREJA NOS FINS DE SEMANA DOS FERIADOS DE  2 DE NOVEMBRO E 15 DE NOVEMBRO. 

NÃO ESTAMOS, ASSIM, PROCEDENDO AGENDAMENTO DA VISITAÇÃO.

ATRATIVOS PRESENTES NA ESTRADA DO MORRO DA IGREJA ANTES DO ACESSO AO PNSJ ( até o KM 07) ESTÃO SENDO ACESSADOS. AGRADECEMOS A COMPREENSÃO.

AGOSTO DE 2018

GESTÃO DO PARQUE NACIONAL DE SÃO JOAQUIM

  

Os Parques Nacionais têm por objetivo básico a preservação da natureza, sendo admitido somente o uso indireto dos recursos naturais, isto é, aquele que não envolve consumo, coleta, dano ou destruição, conforme determinado pela Lei do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC).

O Parque Nacional de São Joaquim é uma unidade de conservação federal sob gestão do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Foi criado a partir do Decreto nº 50.922, de 06 de julho de 1961, assinado pelo então Presidente da República Jânio Quadros.

Com a publicação da Lei 13.273, de 15 de abril de 2016, que altera os limites do PARNA de São Joaquim, passa a abranger cinco municípios catarinenses: Orleans, Grão Pará e Bom Jardim da Serra, Urubici e Lauro Muller.