Foto: Edson Acioli

ESFORÇO BUSCA RECUPERAR O PEIXE-BOI

Foto: Luciano Candisani

ALBATROZ-DE-SOBRANCELHA DEIXA LISTA VERMELHA

Foto: Acervo Parna do Iguaçu

UCs RECEBERAM MAIS DE 7 MILHÕES DE TURISTAS

Foto: Marcelo Derzi Vidal

ANÁLISE GENÉTICA DE BOTOS EM ANAVILHANAS

Foto: Adriano Gambarini

CENAP REALIZA OFICINA SOBRE CACHORRO VINAGRE


todas as notícias

Unidades de Conservação


CONHEÇA AS PESQUISAS

Avaliação de Ataques de Onça-Pintada
Adriano Gambarini

CONHECIMENTO CIENTÍFICO

Uma série de pesquisas são realizadas dentro das Unidades de Conservação federais ou dos centros de Pesquisa e Conservação do Instituto Chico Mendes.

Para isso o ICMBio dispõe de parceiros importantes neste trabalho de produção técnico-científica sobre espécies da flora e fauna, ameaçadas ou não de extinção, tais como universidades e institutos de pesquisa.

CONHEÇA AS UNIDADES

Região do Salgado Paraense
Miguel von Behr

MANEJO CONSCIENTE

Diversas comunidades tradicionais residem dentro de Unidades de Conservação federais de Uso Sustentável e fazem o manejo sustentável dos recursos naturais existentes nessas áreas protegidas por Lei. Para isso elas contam com o apoio do Instituto Chico Mendes.

Muriqui do Norte
Brachyteles hypoxanthus
Mata Atlântica

É o maior macaco neotropical, endêmico da Mata Atlântica brasileira. A diferença do Muriqui-do-sul (Brachyteles arachnoides) para o Muriqui-do-norte (Brachyteles hypoxanthus) é a presença de um polegar vestigial e despigmentação incompleta nas regiões da face e períneo em B. hypoxanthus.
Mico-leão-da-cara-dourada
Leontopithecus chrysomelas
Mata Atlântica

A espécie é endêmica da Mata Atlântica do sul da Bahia e noroeste de Minas Gerais.  No início da década de 1990, a população total estimada na natureza situava-se entre 6.000 e 15.000 indivíduos.

Clique ao lado e saiba mais.
Tartaruga Verde
Chelonia mydas
Zona Costeira

Tartaruga-de-pente é a mais tropical das espécies de tartarugas marinhas, ocorrendo principalmente no Norte-Nordeste do Brasil. Recebe esse nome porque antigamente, faziam pente com seu casco.
 
Juvenis e adultos alimentam-se em locais com substratos duros, como recifes
Piracanjuba
Brycon orbignyanus
Mata Atlântica

Testes de digestibilidade da espécie revelaram uma grande capacidade para a digestão de proteínas de origem vegetal e análises de suas proteínas digestivas corroboram o perfil onívoro da espécie. Na época de migração os ovários podem representar mais de 20% do peso do peixe e podem conter um número superior a 850.000 ovócitos.
Tartaruga de Couro
Dermochelys coriácea
Zona Costeira

É a única espécie da família Dermochelyidae, sendo a maior das espécies de tartarugas marinhas. Sua carapaça não é ossificada como nos Cheloniidae; revestida por um tecido coriáceo, que deu origem ao nome da espécie. É a maior das tartarugas marinhas, há um registro de um macho capturado em redes de pesca, com cerca de 1.000 kg.

 

Leia mais

CRIE SUA RESERVA

Solicite a criação de sua Reserva

Leia mais

SEJA VOLUNTÁRIO

Ajude a cuidar da biodiversidade das UCs

Leia mais

BOLETINS DE INCÊNDIO

Veja lista das publicações

Leia mais

SISBio

Solicite sua autorização para atividade científica