Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Fauna Brasileira > Lista de Espécies Ameaçadas > Aves - Alectrurus tricolor (Vieillot, 1816) - Galito
Início do conteúdo da página

Aves - Alectrurus tricolor (Vieillot, 1816) - Galito

Classificação Taxonômica
Grupo
Classe:
Ordem:
Família:
Espécie:
Nome Vulgar:
Aves
Aves
Passeriformes
Tyrannidae
Alectrurus tricolor (Vieillot, 1816)
Galito
Categoria de Ameaça
Categoria Validada:
Critério Validado:
Presença Lista Anterior:
VU
B2ab(ii,iii)
IN MMA 003/2003
Justificativa
Alectrurus tricolor distribui-se na Bolívia, Paraguai, Argentina e Brasil, ocorrendo em campos naturais do bioma Cerrado, habitat altamente ameaçado. Atualmente a população está quase restrita a unidades de conservação, havendo forte fragmentação populacional. A área de ocupação da espécie não ultrapassa 1500km2. Embora ocorra principalmente em áreas protegidas, estas ainda sofrem com incêndios descontrolados, resultando em redução de área de ocupação, perda de qualidade de habitat e declínio populacional continuado. Assim sendo, A. tricolor foi categorizada como Vulnerável (VU), segundo o critério B2ab(ii,iii).
Especialistas
Alessandro Pacheco Nunes, Alexander Charles Lees, Anamaria Achtschin Ferreira, Gustavo Bernardino Malacco, Iubatã Paula de Faria, Marcos Maldonado-Coelho, Miguel Ângelo Marini, Rochely Morandini, Rudi Ricardo Laps, Thiago Filadelfo Miranda, Túlio Dornas de Oliveira
Referências
1) Conservation International. 2009. Plano de Manejo da Reserva Particular do Patrimônio Natural Fazenda Rio Negro. 145p.
2) Farnsworth, A. & Langham, G.M. 2004. Alectrurus tricolor, p.388-389. In: del Hoyo, J.; Elliott, A. & Christie, D. 2004. Handbook of the birds of the world, Vol 9: Cotinga to Pipits and Wagtails. Lynx Edicions. 863p.
3) Grantsau, R.K.H. 2010. Guia completo para a identificação das aves do Brasil. Parte II. Vento Verde. 656p.
4) Hass, A. 2008. Alectrurus tricolor (Vieillot, 1816), p.626-627. In: Machado, A.B.M.; Drummond, G.M.; Paglia, A.P. (orgs.). Livro Vermelho da Fauna Ameaçada de Extinção no Brasil. Ministério do Meio Ambiente e Fundação Biodiversitas. v.2, 460p.
5) IUCN (International Union for Conservation of Nature and Natural Resources). 2012. IUCN Red List of Threatened Species. Versão 2012.1. www.iucnredlist.org (Acesso em 22/2/2013).
6) Kanegae, M.; Levy, G. & Freitas, S.R. 2012. Habitat use by Sharp-tailed Tyrant (Culicivora caudacuta), and Cock-tailed Tyrant (Alectrurus tricolor) in the Cerrado of Southeastern Brazil. Revista Brasileira de Ornitologia, 20(1): 52‑58.
7) Koproski, L.; Ferreira, M.P.; Goldammer, J.G. & Batista, A.C. 2011. Modelo de zoneamento de risco de incêndios para unidades de conservação brasileiras: o caso do Parque Estadual do Cerrado (PR). Floresta, 41(3): 551-562.
8) Lopes, L.E.; Malacco, G.B.; Alteff, E.F.; Vasconcelos, M.F.; Hoffmann, D. & Silveira, L.F. 2009. Range extensions and conservation of some threatened and little known Brazilian grassland birds. Bird Conservation International, 19: 1-11.
9) Marini, M.A.; Barbet-Massin, M.; Lopes, L.E & Jiguet, F. 2009. Major current and future gaps of Brazilian reserves to protect neotropical savanna birds. Biological Conservation, 142: 3039-3050.
10) Marini, M.A.; Barbet-Massin, M.; Lopes, L.E. & Jiguet, F. 2013. Geographic and seasonal distribution of the Cock-tailed Tyrant (Alectrurus tricolor) inferred from niche modeling. Journal of Ornithology, 154: 393-402.
11) Medeiros, M.B. & Fiedler, N.C. 2004. Incêndios florestais no Parque Nacional da Serra da Canastra: desafios para a conservação da biodiversidade. Ciência Florestal, 14(2): 157-168.
Minas Gerais. 2010. Deliberação Normativa COPAM nº 147 de 30 de abril de 2010. Aprova a lista de espécies ameaçadas de extinção da fauna do estado de Minas Gerais. Diário do Executivo - Minas Gerais, de 4 de maio de 2010.
12) Motta-Júnior, J.C. 2009. Alectrurus tricolor (Vieillot, 1816) Passeriformes, Tyrannidae, p.230. In: Bressan, P.M.; Kierulff, M.C.M. & Sugieda, A.M. (eds.). Fauna ameaçada de extinção no Estado de São Paulo: vertebrados. Fundação Parque Zoológico de São Paulo: Secretaria do Meio Ambiente. 648p.
13) Motta-Junior, J.C.; Granzinolli, M.A.M. & Develey, P.F. 2008. Aves da Estação Ecológica de Itirapina, estado de São Paulo, Brasil. Biota Neotropica, 8(3): 207-227.
Oliveira, A.C.; Kanegae, M.F.; Amaral, M.F.; Fávaro, F.L. 2010. Guia para Observação das Aves do Parque Nacional de Brasília. MMA/ICMBio. 157p.
14) Pacheco, J.F; Parrini, R.; Lopes, L.E.; Vasconcelos, M.F. 2008. A avifauna do Parque Estadual do Ibitipoca e áreas adjacentes, Minas Gerais, Brasil, com uma revisão crítica dos registros prévios e comentários sobre biogeografia. Cotinga, 30: 16-32.
15) Pereira, C.A.; Fielder, N.C. & Medeiros, M.B. 2004. Análise de ações de prevenção e combate aos incêndios florestais em unidades de conservação do Cerrado. Floresta, 34(2): 95-100.
16) Ragusa-Netto, J. 2002. Vigilance towards raptors by nuclear species in bird mixed flocks in a Brazilian savannah. Studies on Neotropical Fauna Environment, 37: 219-226.
17) Ridgely, R.S. & Tudor, G. 1994. The birds of South America. Vol. II: The Suboscines Passerines. University of Texas Press. 814p.
18) Sick, H. 1997. Ornitologia brasileira. 3ª. Ed. Nova Fronteira. 912p.
19) Straube, F.C.; Urben-Filho, A. & Kajiwara, D. 2004. Aves, p.143-496. In: Mikich, S.B. & Bérnils, R.S. Livro Vermelho da Fauna Ameaçada no Estado do Paraná. Mater Natura - Instituto de Estudos Ambientais. 764p.
20) Straube, F.C.; Vieira, B.P.; Dias, D.; Serafini, P.P. 2013. Alectrurus tricolor. In: ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade). Plano de Ação Nacional para a Conservação dos Passeriformes dos Campos Sulinos. No prelo.
21) Tubelis, D.P. & Cavalcanti, R.B. 2000. A comparison of bird communities in natural and disturbed non-wetland open habitats in the Cerrado’s central region, Brazil. Bird Conservation International, 10: 331-350.
Fim do conteúdo da página