Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Fauna Brasileira > Lista de Espécies Ameaçadas > Aves - Geositta poeciloptera (Wied, 1830) - Andarilho
Início do conteúdo da página

Aves - Geositta poeciloptera (Wied, 1830) - Andarilho

Classificação Taxonômica
Grupo
Classe:
Ordem:
Família:
Espécie:
Nome Vulgar:
Aves
Aves
Passeriformes
Scleruridae
Geositta poeciloptera (Wied, 1830)
Andarilho
Categoria de Ameaça
Categoria Validada:
Critério Validado:
Presença Lista Anterior:
EN
B2ab(ii,iii)
IN MMA 003/2003
Justificativa
Geositta poeciloptera distribui-se no leste da Bolívia e centro do Brasil, ocorrendo em campos naturais do bioma Cerrado, habitat altamente ameaçado. Atualmente a população está quase restrita a unidades de conservação, havendo forte fragmentação populacional. A área de ocupação da espécie foi calculada em 132km2 . Embora ocorra principalmente em áreas protegidas, estas ainda sofrem com incêndios descontrolados, resultando em redução de área de ocupação, perda de qualidade de habitat e declínio populacional continuado. Assim sendo, G. poeciloptera foi categorizada como Em Perigo (EN), segundo o critério B2ab(ii,iii).
Especialistas
Ciro Ginez Albano, Fernando Costa Straube, Glayson Ariel Bencke, Luciano Moreira Lima, Luís Fábio Silveira, Márcio Amorim Efe, Rafael Alves dos Santos e Santos, Rafael Antunes Dias, Santos D’Angelo Neto, Vítor de Queiroz Piacentini
Referências
1) Bencke, G.A.; Mauricio, G.N.; Develey, P.F. & Goerck J.M. 2006. Áreas importantes para a Conservação das aves no Brasil: Parte I - Estados do Domínio da Mata Atlântica. SAVE Brasil. 494p.
2) BirdLife International. 2012. Species factsheet: Geositta poeciloptera. www.birdlife.org (Acesso em 26/1/2013).
3) De Luca, A.C.; Develey, P.F.; Bencke, G.A. & Goerck, J.M. (orgs.). 2009. Áreas importantes para a conservação das aves no Brasil. Parte II – Amazônia, Cerrado e Pantanal. SAVE Brasil. 382p.
4) Grantsau, R.K.H. 2010. Guia completo para a identificação das aves do Brasil. Parte II. Vento Verde. 656p.
5) ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade). 2009. Plano de Manejo Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. 212p.
6) IUCN (International Union for Conservation of Nature and Natural Resources). 2012. IUCN Red List of Threatened Species. Versão 2012.1. www.iucnredlist.org (Acesso em 26/1/2013).
7) Minas Gerais. 2010. Deliberação Normativa COPAM nº 147 de 30 de abril de 2010. Aprova a lista de espécies ameaçadas de extinção da fauna do estado de Minas Gerais. Diário do Executivo - Minas Gerais, de 4 de maio de 2010.
8) Oliveira, A.C.; Kanegae, M.F.; Amaral, M.F.; Fávaro, F.L. 2010. Guia para Observação das Aves do Parque Nacional de Brasília. MMA/ICMBio. 157p.
9) Remsen, J.V. 2003. Family Furnariidae, p.162-357. In: del Hoyo, J.; Elliott, A. & Christie, D. Handbook of the birds of the world, Vol 8: Broadbills to Tapaculos. Lynx Edicions. 845p.
10) Silveira, L.F. 2009. Geositta poeciloptera (Wied, 1830) Passeriformes, Scleruridae, p.211. In: Bressan, P.M.; Kierulff, M.C.M. & Sugieda, A.M. (eds.). Fauna ameaçada de extinção no Estado de São Paulo: vertebrados. Fundação Parque Zoológico de São Paulo: Secretaria do Meio Ambiente. 648p.
11) Silva-e-Silva, R. 2008. Geobates poecilopterus (Wied, 1830), p.567-568. In: Machado, A.B.M.; Drummond, G.M.; Paglia, A.P. (orgs.). Livro Vermelho da Fauna Ameaçada de Extinção no Brasil. Ministério do Meio Ambiente e Fundação Biodiversitas. v.2, 460p.
Fim do conteúdo da página