Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Fauna Brasileira > Fauna Brasileira > Plano de Ação Nacional - Lista > Plano de Ação Nacional para Conservação das Espécies Aquáticas da Bacia do Rio Paraíba do Sul
Início do conteúdo da página

Plano de Ação Nacional para Conservação das Espécies Aquáticas da Bacia do Rio Paraíba do Sul

pan paraiba sul

ANO: 2010-2020

RESUMO:

O Plano de Ação Nacional para Conservação das Espécies Aquáticas Ameaçadas de Extinção do Rio Paraíba do Sul tem como objetivo recuperar e manter as espécies aquáticas ameaçadas de extinção da Bacia do Rio Paraíba do Sul, que compreende os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, totalizando 55.300 km² de extensão. O PAN abrange 14 espécies aquáticas constantes da lista nacional de espécies ameaçadas de extinção, sendo: 13 espécies de peixes e um quelônio.

É composto por um objetivo, 12 objetivos específicos e 57 ações (após revisão), com previsão de implementação estabelecida para um prazo de dez anos, distribuído em dois ciclos de gestão de 5 anos cada, com supervisão e monitoria anual do processo.

Série Espécies Ameaçadas n° 16

BIOMA:
Mata Atlântica

CENTRO RESPONSÁVEL:
CEPTA e RAN

ESPÉCIES AMEAÇADAS:

Peixes: Brycon insignis, Brycon opalinus, Delturus parahybae, Hemipsilichthys gobio, Hyphessobrycon duragenys, Hypomasticus thayeri, Phallotorynus fasciolatus, Pogonopoma parahybae, Prochilodus vimboides, Steindachneridion parahybae, Taunayia bifasciata, Trichomycterus santaeritae, Trichomycterus triguttatus

Quelônio: Mesoclemmys hogei.

DOCUMENTOS E ARQUIVOS  
Nome
Baixar
Livro alt
Sumário Executivo alt
Portaria do PAN alt
Portaria do Grupo de Assessoramento Técnico alt
Matriz de Planejamento inicial alt
Matriz de Planejamento 2019 alt
Matriz de Monitoria  alt
Matriz de Avaliação alt
Painel de Gestão alt
Protocolo Mínimo de Monitoramento alt
Mapas de áreas relevantes alt


surubim
-
do
-
paraíb
Fim do conteúdo da página