Parque Nacional do Pantanal Matogrossense

O Parque Nacional (Parna) do Pantanal Matogrossense foi criado em 1981, pelo Decreto nº 86.392, de 24 de setembro de 1981, com área de 135.000 ha. Seu portão de entrada está localizado no município de Poconé, a 102 km da capital do estado do Mato Grosso, Cuiabá. A sede fica em um platô - a salvo de inundações – e conta com instalações administrativas, como escritórios e residências funcionais, assim como embarcações para transporte de servidores e para as atividades de proteção ambiental, mas não tem Centro de Visitantes.

O conjunto de unidades de conservação Parque Nacional do Pantanal e RPPNs do entorno corresponde a Área de Conservação Ambiental reconhecida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) como Patrimônio da Humanidade e também encontra-se como área núcleo da Reserva da Biosfera Mundial, também reconhecida pela Unesco.

Não é permitido fazer caminhadas ou trilhas, sem autorização. Pesca - mesmo a esportiva -, e caça são rigorosamente proibidas em qualquer época do ano, assim como observação (focagem) noturna de jacarés.

A melhor época para visitação é de maio a setembro, quando chove menos. Nos meses de abril a maio, quando as águas começam a baixar, a observação da fauna torna-se melhor. A época das chuvas inicia-se em outubro e vai até abril, sendo janeiro e fevereiro os meses mais chuvosos. E a partir do mês de dezembro é grande a quantidade de mosquitos, o calor é intenso e a Rodovia Transpantaneira fica praticamente intransitável.

O principal atrativo disponível para visitação é a observação embarcada de animais silvestres e observação de aves coloniais nos ninhais e dormitórios da Baía do Burro.

COMO CHEGAR

Para conhecer o Parque Nacional do Pantanal Matogrossense é preciso uma licença especial a título de divulgação, enquanto o parque ainda não se encontra aberto para visitação pública. Pode-se ir de barco, saindo de Porto Jofre, com o acompanhamento de um guia particular e autorização prévia do parque.

Via Aérea: Por via aérea utiliza-se a pista de pouso da Fazenda Acurizal (RPPN/Fundação Ecotrópica), gastando-se uma hora de vôo e 30 minutos de barco. A cidade mais próxima da Unidade de Conservação é Poconé, que fica a 102 km de Cuiabá.

Via Rodoviária: O acesso é feito através da MT-060, partindo de Cuiabá até Poconé, por 102 Km em via asfaltada e continuando pela Rodovia Transpantaneira, não pavimentada, por mais 147 Km até Porto Jofre, às margens do rio Cuiabá.

Via Fluvial: Partindo de Porto Jofre até o parque o acesso é feito apenas por via fluvial, navegando-se por aproximadamente 04h00.

ONDE FICAR

Não há alojamento disponível dentro do parque, portanto é preciso ir e voltar no mesmo dia, ou visitar com permanência embarcada em barcos hotéis.

INGRESSOS

Não há cobrança de ingresso. Para conhecer o Parque Nacional do Pantanal Matogrossense é preciso uma licença especial a título de divulgação, enquanto o parque ainda não se encontra aberto para visitação pública.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (65) 9952-5880 ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..

Confira outras informações neste portal, dentro da página da UC