Parque Nacional da Serra da Capivara

O Parque Nacional (Parna) da Serra da Capivara, com área de 129 mil hectares, está situado no sudeste do estado do Piauí. Localizado no semi-árido nordestino, fronteira entre duas formações geológicas, com serras, vales e planície, o parque abriga fauna e flora específicas da Caatinga. Dentre as espécies encontradas na unidade - criada em junho de 1979 - podemos citar a onça pintada, onça parda, tatu-bola, tamanduá bandeira.

No Parque encontra-se a maior concentração de sítios arqueológicos atualmente conhecida nas Américas, com mais de mil sítios arqueológicos pré-históricos cadastrados, muitos deles com pinturas rupestres. Nos abrigos, além das manifestações gráficas, encontram-se vários vestígios da presença do homem pré-histórico, com datações de até 60.000 anos. A região abriga 173 sítios arqueológicos abertos à visitação.

A visita completa aos circuitos abertos pode ser feita em seis dias, incluindo-se o Sítio do Boqueirão da Pedra Furada, onde foram feitas as primeiras escavações e as datações que atestam a presença do homem pré-histórico no continente americano desde 48.000 anos. O sítio pode ser visitado também à noite. Iluminada, a paisagem fica ainda mais grandiosa. O percurso inclui a formação geológica da Pedra Furada, símbolo do local; o Sítio do Meio; o baixão da Pedra Furada, onde se adentra ao cânion formado por formações areníticas.

Os outros circuitos turísticos são integrados pelo Desfiladeiro da Capivara, Baixão da Vaca e Toca do Paraguaio, Circuito do Veredão, Circuito da Chapada, Circuito da Jurubeba, Baixão do Perna, Andorinhas e Circuito da Serra Branca. Todos os circuitos estão repletos de sítios arqueológicos estruturados com escadas, passarelas e acesso para pessoas com necessidades especiais. A presença do condutor é obrigatória para todos os programas.

O Baixão das Andorinhas é um grande desfiladeiro de onde se pode assistir, ao final da tarde, ao espetáculo da volta das andorinhas para o fundo do Boqueirão. Na zona de amortecimento do Parque esta instalada a Cerâmica Serra da Capivara, onde resgatando as tradições dos povos ceramistas são produzidas pela comunidade local peças com as pinturas rupestres encontradas nos sítios arqueológicos.

Na cidade de São Raimundo Nonato a visita ao Museu do Homem Americano é obrigatória, pois lá estão expostas peças cerâmicas, urnas funerárias e material lítico resultantes das escavações feitas no Parque. Criado em 1986 para auxiliar os trabalhos arqueológicos realizados no Parque, atua como importante centro de pesquisas. O Museu apresenta as origens e a evolução do homem, além de fazer uma reconstituição dos 50 mil anos da presença humana na região.

Pelo seu valor histórico e cultural, o Parque Nacional da Serra da Capivara foi declarado pela Organização das Nações Unidas pela Educação, Ciência e Cultura (Unesco), em 1991, Patrimônio Cultural da Humanidade.

A Portaria MMA nº 76, de 11 de março de 2005, criou um Mosaico de Unidades de Conservação abrangendo os Parques Nacionais Serra da Capivara e Serra das Confusões e o Corredor Ecológico conectando os dois parques. A área total do Corredor Ecológico é de 414 mil hectares, abrangendo os municípios de São Raimundo Nonato, Canto do Buriti, Tamboril do Piauí, Brejo do Piauí, São Braz, Anísio de Abreu, Jurema, Caracol e Guaribas.

COMO CHEGAR

Via Rodoviária: O acesso é feito pela BR-343 até a cidade de Floriano, seguindo pela PI-140 até São Raimundo Nonato. Para quem vem do sul do país, o acesso é feito pela BR-020 até a cidade de Petrolina/PE, que fica a 300 km de São Raimundo Nonato.

Via Aérea: O aeroporto de São Raimundo Nonato está sendo construído. A pista de pouso já finalizada recebe pequenas aeronaves. A distância da cidade de São Raimundo Nonato ao parque é de 20 Km. A cidade pernambucana de Petrolina, a 270 km do parque, conta com aeroporto internacional.

ONDE FICAR

Nas proximidades do parque há pousadas, albergue estudantil e área de camping. São Raimundo Nonato, a cidade mais próxima, oferece outras opções de hotéis e pousadas simples.

INGRESSOS

Os ingressos custam R$ 25,00, com desconto de 50% para os brasileiros – R$ 12,50. A guiagem (obrigatória) é paga a parte para os condutores locais que são cadastrados e treinados pelo ICMBio e pela Fumdham.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone/fax (89) 3582-2085. Já os contatos da Fundação Museu do Homem Americano - Fumdham são: (89) 3582-1612 e O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Confira outras informações neste portal, dentro da página da UC e no site http://www.fumdham.org.br/