Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Publicações > Menu - Comunicação > Documentos Rio Doce - Espírito Santo
Início do conteúdo da página

Documentos Rio Doce - Espírito Santo

DOCUMENTOSASSUNTODATABAIXAR
Nota Técnica nº 23/2017 TAMAR-Vitoria-ES/ICMBio Monitoramento da Pluma de Sedimentos Proveniente da Barragem de Fundão. 25 de setembro 2017
       
Mapas do Ibama Plumas de Sedimentos na Foz do Rio Doce - Consolidação dos Mapas Dezembro de 2015 a fevereiro de 2017
       
Nota Técnica nº 03/2017 Vitoria- ES/TAMAR/DIBIO/ICMBio Identificação da área atingida pela pluma de rejeitos da Samarco e das principais comunidades pesqueiras existentes na mesma. 17 fevereiro de 2017
       
RELATÓRIO TÉCNICO-CIENTÍFICO - CONTRATO 105/2016 Análise de comparativa sobre os resultados entre as espedições Soloncy Moura I e II e as amostras coletadas antes do evento  
       
Nota técnica nº 4/2016 Vitória-ES Tamar / Dibio / ICMBio Análise dos Planos de Monitoramento elaborados pela S AMARCO Mineração S.A. em cumprimento à Cláusula 165, item I do Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta. 25 de agosto de 2016

Anexo I
       
Nota técnica nº 3/2016 Vitória-ES TAMAR/DIBIO/ICMBIO Informações para resposta a questionamento do MPF (Of. 6945/2016/MPF - GAB/FT) 25 de agosto de 2016
       
Nota Técnica nº 01/2016 Câmara Técnica de Conservação da Biodiversidade Apresentação das deliberações da primeira reunião da Câmara Técnica de Conservação e Biodiversidade do Comitê Interfederativo (CIF). 03 de agosto de 2016
       
Nota Técnica nº 01/2016 Conjunta – Centro TAMAR / APA Costa das Algas / Revis de Santa Cruz – ICMBIO / IEMA Análise dos Planos de Monitoramento elaborados pela Samarco em cumprimento à Cláusula 165, item I do Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta. 1º de agosto de 2016
       
Relatório com resultados - 2ª Expedição Soloncy Moura/ICMBio Relatório técnico-científico - contrato 105/2016 19 a 27 de abril 2016
       
Ata de reunião nº 001/2016 Tipo da Reunião: Apresentação e discussão de Modelo de Gestão Rede Rio Doce e definição de prazos para execução do Programa de Monitoramento da Biodiversidade Aquática (Cláusula 165 – Termo de Referência 4) 28 e 29 de novembro de 2016
       
DELIBERAÇÃO Nº 07 - COMITÊ INTERFEDERATIVO Institui as Câmaras Técnicas Permanentes do Comitê Interfederatico - CT/CIF e dispõe sobre sua competência, coordenação, programas afetos e a forma de funcionamento. 11 de abril de 2016  
       
PORTARIA Nº 95, DE 07 DE ABRIL DE 2016 - MMA Publicar a composição do Comitê Interfederativo
descrito no Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta
07 abril de 2016
       
NOTA TÉCNICA Nº 5/2016/ VITÓRIA- ES/TAMAR/DIBIO/ICMBio Informações para resposta a questionamentos do MPF (Of. 0718-2016-PRM-TXF-BA-AR) 31 de agosto de 2016
       
NOTA TÉCNICA GTECAD/GCA/CAIA Nº 17-2016 Informação sobre os laudos de análise das águas do rio Doce coletadas pelo IEMA-ES após o rompimento da barragem da empresa Samarco Mineração 23 de setembro de 2016  
       
NOTA TÉCNICA GTECAD/CAIA Nº 11-2016 Laudos das análises quali-quantitativas das águas do rio Doce, coletadas pelo IEMA-ES antes e após o rompimento da barragem da empresa Samarco Mineração 02 de agosto de 2016  
       
NOTA TÉCNICA Nº02/2016 CONJUNTA - APA COSTA DAS ALGAS / RVS DE SANTA CRUZ Relato das informações apresentadas pelos pesquisadores da UFES e FURG quanto a contaminação de organismos marinhos na costa capixaba e suas implicações na proibição de pesca de camarão e demais recursos pesqueiros no inteiror da APA Costas das Algas e do RVS de Santa Cruz/ES 29 de abril de 2016
       
TERMO DE REFERÊNCIA 4 - Programa de Monitoramento da Biodiversidade Aquática Programa de monitoramento da biodiversidade aquática  -  

Anexo 1

Anexo 2

Anexo 3

Anexo 4

Anexo 5

Anexo 6

Anexo 7

Anexo 8
       
TERMO DE REFERÊNCIA 3 - Plano de Ação Elaboração, implementação, monitoria e avaliação do plano de ação nacional para conservação e recuperação do ambiente e da biota aquática da bacia do Rio Doce - PAN Rio Doce  -  
       
TERMO DE REFERÊNCIA 2 - Avaliações Avaliação do estado de conservação de espécies da biota impactada pelo rompimento da Barragem de Fundão  -  
       
TERMO DE REFERÊNCIA 1 - Estudos Populacionais Estudos populacionais de espécies da bióta impactada pelo rompimento da Barragem de Fundão -
       
INFORMAÇÃO TÉCNICA Nº 1/2016-TAMAR/DIBIO/ICMBio  Sobrevôo de Monitoramento da Pluma de Rejeitos Proveniente da Barragem de Fundão 29 de junho de 2016
       
NOTA TÉCNICA Nº 28/2015/CEPTA/DIBIO/ICMBIO Impactos provocados pelo rompimento da barragem de rejeitos de mineração da SAMARCO MINERADORA S.A. na biodiversidade aquática da bacia do Rio Doce. 14 de dezembro de 2015
       
NOTA TÉCNICA Nº 24/2015/CEPTA/DIBIO/ICMBIO Consequências parciais na biodiversidade aquática da bacia do Rio Doce, provocadas pelo rompimento das barragens de rejeitos de mineração da SAMARCO MINERADORA S.A. no município de Mariana, MG. 24 de novembro de 2015  
       
RELATÓRIO DA SEGUNDA EXPEDIÇÃO PARA AVALIAÇÃO DOS EFEITOS DA
PLUMA DE SEDIMENTOS ORIUNDA DA FOZ DO RIO DOCE SOBRE O AMBIENTE
MARINHO NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO AO SUL DA BAHIA

Em função da pluma de sedimentos no ambiente marinho no litoral sudeste e nordeste do Brasil, oriunda da drenagem do Rio Doce (MG/ES), em sua grande parte decorrente do rompimento de barragens de contenção de rejeitos minerais da empresa SAMARCO, em Mariana – MG, foi solicitada a utilização do navio de pesquisa do ICMBio, Soloncy Moura, sob a responsabilidade do CEPSUL para realização de cruzeiros de pesquisa e monitoramento para obtenção de dados abióticos e bióticos, com especial referência à avaliação dos impactos causados sobre a biota marinha das áreas potencialmente afetadas pela pluma.  30 de maio de 2016  
       
RELATÓRIO DO CRUZEIRO DE AVALIAÇÃO DE EFEITOS DA PLUMA DE SEDIMENTOS ORIUNDA DA FOZ DO RIO DOCE SOBRE A BIOTA MARINHA, A PARTIR DO NORTE DO ESPÍRITO SANTO AO SUL DA BAHIA

Apresenta-se o relatório do cruzeiro de pesquisa e monitoramento realizado a bordo do Navio de Pesquisa Soloncy Moura - CEPSUL/ICMBio para avaliação de possíveis impactos negativos sobre a biodiversidade marinha, com especial referência a áreas de Unidades de Conservação e seu entorno e áreas foco de planos de ação, entre o norte do Espírito Santo e o sul da Bahia, gerados pelos sedimentos oriundos do desastre ambiental ocasionado pelo rompimento de barragens de conteção de rejeitos de extração de ferro da empresa SAMARCO, em Mariana - MG. 17 de fevereiro de 2016
       
NOTA TÉCNICA Nº 012/2016 CENTRO TAMAR/DIBIO/ICMBIO Consolidação das informações apresentadas pelos pesquisadores da UFES e FURG a partir das campanhas amostrais realizadas na região marinha da foz do rio Doce. 17 de maio de 2016
       
ESTUDO PRELIMINAR SOBRE A DETECÇÃO DA PLUMA DE SEDIMENTOS
DO RIO DOCE SOBRE O PARQUE NACIONAL DOS ABROLHOS-BA, PARA O EVENTO DE 5-6 DE JANEIRO 2016
Este relatório visa descrever sucintamente a atividade de monitoração oceânica para o
parâmetro Sólidos Totais em Suspensão, na região do Parque Nacional dos Abrolhos-BA,
considerando sua importância ecológica, diante do desastre ocorrido em Mariana-MG, com
graves conseqüências para os ecossistemas costeiros.
-
       
ZOOPLÂNCTON Zooplâncton
Departamento de Oceanografia e Ecologia - Universidade Federal do Espírito Santo
Autores: Luiz Fernando Loureiro Fernandes e Juliano Bicalho Pereira
-
       
RELATÓRIO Avaliação do impacto da lama/pluma Samarco sobre os ambientes costeiros e marinhos (ES e BA) com ênfase nas Unidades de Conservação.
1a Expedição do Navio de Pesquisa Soloncy Moura do CEPSUL/ICMBio
Universidade Federal do Rio Grande – FURG
Instituto de Ciências Biológicas - ICB
Autor: Adalto Bianchini - daltobianchini@furg.br
28 de abril de 2016
       
RELATÓRIO TÉCNICO PARCIAL Resultados Parciais das Análises Realizadas em Amostras Coletadas na Plataforma Adjacente a Foz do Rio Doce, Apa Costa das Algas e Plataforma de Abrolhos: Embarque Soloncy Moura.
Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)
Departamento de Oceanografia e Ecologia
 -
       
OCEANOGRAFIA QUÍMICA GEOQUÍMICA DE METAIS E NUTRIENTES Este relatório parcial tem por objetivo apresentar os
resultados de metais obtidos pelo Laboratório de Geoquímica Ambiental da Universidade Federal do Espírito
anto (LabGAm/UFES) em relação ao monitoramento marinho realizado na foz do Rio Doce, visando monitorar a qualidade da água e dos sedimentos da foz do Rio Doce em função do rompimento da barragem de rejeito de mineração do Fundão, no município de Mariana, estado de Minas Gerais.
Autores: Renato Neto, Fabian Sá, Eduardo Schettini, Bethânia Dalcol
-
       
OCEANOGRAFIA GEOLÓGICA SEDIMENTOLOGIA Oceanografia Geológica - Sedimentologia
Autores: Prof. Alex Cardoso Bastos, Prof. Valéria Da S. Quaresma, Caroline Fiorio Grilo, Daniele Peron D’agostini, Estefânia Godinho, Geandre C. Boni, Marcos Daniel Leite, Renata Caiado Cagnin, Ricardo Bisi Jr.
-
       
FITOPLÂNCTON Fitoplâncton
Autores: Prof. Camilo Dias Jr. E Equipe LabFito
-
       
OCEANOGRAFIA FÍSICA Oceonografia Física
Autores: Renato Ghisolfi, Thayná Martins, Angelo Lemos, Fernanda Perassoli
 -
       
Nota Técnica nº 04/2016 Conjunta – Rebio de Comboios / APA Costa das Algas / Revis de Santa Cruz Análise dos impactos ambientais efetivos decorrentes do rompimento da barragem de Fundão (Mariana/MG), sobre as unidades de conservação APA Costa das Algas, Rebio de Comboios e RVS de Santa Cruz/ES. 30 de maio de 2016
       
MEMORIA REUNIÃO
RESULTADOS DA EXPEDIÇÃO
DO NAVIO SOLONCY MOURA (ICMBio) E OUTROS MONITORAMENTOS
Memoria reunião resultados da Expedição do
Navio Soloncy Moura (ICMBio) e outros monitoramentos
15 e 16 de março de 2016
       
INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (ICB) Resumo Das Análises Realizadas - Expedição Soloncy Moura
Autor: Adalto Bianchini - daltobianchini@furg.br

15 de março de 2016
       
NOTA TÉCNICA Nº 006/2016 CONJUNTA - CENTRO TAMAR/APA COSTA DAS ALGAS/REBIO COMBOIOS E RVS
DE SANTA CRUZ

Relato das informações apresentadas pelos
pesquisadores da UFES e FURG quanto à
contaminação de organismos marinhos na
costa capixaba e suas implicações na proibição
de pesca de camarão e demais recursos pesqueiros na região marinha próxima à foz do Rio Doce (Aracruz e Linhares/ES)

18 de março de 2016
       
INFORMAÇÃO TÉCNICA Nº 003/2016 CENTRO TAMAR/ICMBIO Complementação da Nota Técnica Nº 006/2016 Conjunta Centro Tamar/APA Costa das Algas/REBIO Comboios e RVS de Santa Cruz 21 de março de 2016
registrado em:
Fim do conteúdo da página