Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Força Nacional reforça combate ao desmatamento no Pará
Início do conteúdo da página

Força Nacional reforça combate ao desmatamento no Pará

Publicado: Quinta, 25 de Outubro de 2018, 09h27
Policiais vão apoiar o trabalho dos agentes do ICMBio em operações nas unidades de conservação da região.
coletivaimprensa
Não vão nos intimidar”, declarou o ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, ao anunciar nesta quarta-feira (24), durante entrevista coletiva, em Brasília, o envio de tropas da Força Nacional para reforçar a operação de combate ao desmatamento nas unidades de conservação (UCs) federais localizadas ao longo da BR-163, no Pará.

Na sexta-feira passada (19), agentes de fiscalização do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que atuavam no interior da Floresta Nacional Itaituba 2, no município de Trairão (PA), foram ameaçados por um grupo de moradores. O grupo queimou uma ponte e teria disparado tiros para assustar os agentes. Houve ataques também a uma equipe do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no dia seguinte, na cidade de Buritis (RO), a 338 km de Porto Velho.

“As equipes de fiscalização permanecem em campo e vão continuar com a operação de combate ao desmatamento”, garantiu o ministro, ao informar que, mesmo com os ataques, os trabalhos não foram suspensos.

Segundo ele, a portaria do Ministério da Segurança Pública da Presidência da República, autorizando o emprego da Força Nacional no auxílio às ações do ICMBio, será publicada nesta quinta-feira (25). Terá validade por seis meses, podendo ser prorrogada por igual período.

“A partir da publicação da portaria, os integrantes da Força Nacional (parte deles já se encontra na região) poderão se juntar, imediatamente, aos efetivos do ICMBio para reforçar a operação”, esclareceu o presidente do ICMBio, Paulo Carneiro, que também participou da coletiva, juntamente com o diretor de Proteção Ambiental do Ibama, Luciano Evaristo. O Ibama já têm convênio com a Força Nacional.

REUNIÃO
A decisão de mandar tropas militares federais à região da BR-163 foi tomada na tarde desta quarta-feira (24), após reunião entre o ministro Edson Duarte e o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann. Além de conter a onda de violência contra os órgãos ambientais, a medida visa garantir a integridade dos agentes do ICMBio após o anúncio do comando da Polícia Militar do Pará de que só teria condições de manter seus homens no local até a próxima segunda-feira (29).

Além da Força Nacional, a operação de combate ao desmatamento nas UCs federais, que vai entrar na sua 14ª etapa na próxima semana, terá ainda o apoio da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal e, também, do Ministério Público Federal, que atua no combate a crimes ambientais.

“Nossa resposta é rápida e conjunta. Não vamos permitir que grupos criminosos destruam o nosso rico patrimônio natural, as nossas florestas, em especial a Amazônia. Eles terão sempre uma reação forte do governo brasileiro”, afirmou o ministro, ao lembrar que toda essa mobilização inclui ainda os governos estaduais, as comunidades indígenas e outros setores da sociedade.

Por: Ascom MMA

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página