Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Chapada dos Veadeiros contará com melhorias
Início do conteúdo da página

Chapada dos Veadeiros contará com melhorias

Publicado: Segunda, 21 de Janeiro de 2019, 11h28
Concessionário fez visita técnica, acompanhado da equipe do ICMBio, no dia que o Parque comemorou 58 anos.

visitaparquechapada
Na data em que comemorou 58 anos (11 de janeiro), o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros recebeu a visita técnica dos novos concessionários do grupo Sociparques, que junto à equipe da Coordenação Geral de Uso Público e Negócios do ICMBio e do Parque, iniciaram os preparativos para a implementação de novas infraestruturas, atrativos e serviços para melhor atender aos visitantes. Os serviços foram licitados incluem a operação de controle de acesso ao Parque, recepção de visitantes, venda de ingressos, alimentação, loja de conveniência, espaço de campismo das Sete Quedas e transporte interno. Os investimentos estão estimados em mais R$ R$ 2.258.000,00. 

A visita técnica contou com a presença do biólogo, pesquisador e educador Cláudio Pádua do IPÊ, instituto que iniciou seus trabalhos com o Projeto Mico-Leão-Preto e atualmente gere a Escola Superior de Conservação Ambiental e Sustentabilidade (ESCAS), que oferece programa de mestrado profissional em Conservação da Biodiversidade e Desenvolvimento Sustentável.

Entendendo que a visitação é um importante instrumento de conservação, Cláudio Pádua criou a Parquetur, empresa brasileira cuja atividade principal é a gestão e operação de parques e unidades de conservação da natureza que, por meio de um modelo de negócio mais eficiente, busca a melhoria da infraestrutura, do lazer e da prestação de serviços para o visitante destas áreas. “Acreditamos em um modelo no qual a promoção do ecoturismo nas áreas protegidas gera recursos para a conservação e educação ambiental, além do crescimento sustentável do entorno”, argumenta Cláudio.

Aliada à Parquetur, a SOCICAM constituiu o consórcio SOCIPARQUES. A SOCICAM é uma empresa que ocupa posição de liderança na gestão de terminais de passageiros rodoviários e urbanos, com presença relevante em aeroportos, portos, centrais de atendimento ao cidadão e centros comerciais. Atualmente realiza a gestão de mais de 150 empreendimentos, entre contratos de concessão e de prestação de serviços, nas cinco regiões do Brasil. Desde 2008, vem expandindo negócios em outros países da América do Sul.

”A Socicam está atenta a necessidade de preservação ambiental e pretende desempenhar papel relevante na gestão de visitação a parques naturais como uma forma de contribuir com seu trabalho na educação e preservação ambiental. O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros foi o primeiro contrato e estamos otimistas com a possibilidade de existirem novas oportunidades na qual possamos concorrer”, afirma Eurípedes Brasil Júnior.

Segundo a Coordenadora de Concessões e Negócios do ICMBio, Larissa Moura Diehl, a proposta de concessão construída para o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros buscou trazer ao projeto questões relevantes do ponto de vista socioambiental. "É o caso das bonificações que são um estímulo financeiro para que o concessionário contrate e capacite a mão de obra local e adquira produtos do entorno da área protegida. Dessa maneira pretendemos estimular a inclusão social e o desenvolvimento econômico das localidades onde a unidade de conservação está inserida, criando aliados para a conservação”, ressalta. "Trazer a experiência que o IPÊ tem em pesquisa conservacionista e educação ambiental para o projeto agrega muito. Com certeza atingiremos a nossa missão de proteger o patrimônio natural e promover o desenvolvimento socioambiental", complementa Larissa.

Concessão não é privatização
É importante ressaltar que concessão não é privatização. Com as delegações de serviço, as empresas ganham o direito de operar serviços de apoio a visitação por um determinado período de tempo e, em contrapartida, assumem compromisso de fazer investimentos nas unidades. Os serviços de gestão, conservação, proteção e pesquisa continuam sob o controle administrativo e territorial do governo, assim como o monitoramento do serviço concessionado. O objetivo é melhorar a qualidade dos serviços prestados aos visitantes das unidades de conservação, já que o ICMBio não tem como finalidade prestar serviços como hospedagem e alimentação.

Contribuições econômicas
O ICMBio recebeu, em 2017, mais de 10,7 milhões de visitas nas unidades de conservação, número superior a 2016 em que foram recebidas 8,2 milhões. Um estudo realizado pelo Instituto aponta que os visitantes gastaram cerca de R$ 2 bilhões nos municípios de acesso às UCs. A contribuição total desses gastos para a economia nacional gerou cerca de 80 mil empregos, R$ 2,2 bilhões em renda, R$ 3,1 bilhões em valor agregado ao PIB e R$ 8,6 bilhões em vendas.

O setor de hospedagem registrou a maior contribuição direta, com R$ 613 milhões em vendas diretas, seguido pelo setor de alimentação, com R$ 432 milhões. Esse ano, o estudo apresenta a geração de impostos decorrentes apenas dos efeitos sobre as vendas diretas e a remuneração. Assim, foram gerados R$ 905 milhões em impostos (municipal, estadual e federal). A análise mostrou que cada real investido no ICMBio produziu R$ 7 em benefícios econômicos para o Brasil.
Parna Chapada dos Veadeiros Leonardo Milano 8
Sobre o Parque
O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros foi criado em 11 de janeiro de 1961, possui uma área de aproximadamente 240.611 hectares e está localizado nos municípios de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante, Nova Roma, Teresina de Goiás e São João D’Aliança, no estado de Goiás. As atividades de visitação hoje praticadas no Parque são: caminhada em trilhas, travessia, banho em rios, poços e cachoeiras, contemplação da paisagem, observação de flora e fauna, acampamento e escalada.

O Parque tem os títulos de Patrimônio Mundial Natural e de zona núcleo da Reserva da Biosfera do Cerrado, ambos concedidos pela Organização das Nações Unidas para a educação, a ciência e a cultura - UNESCO, em virtude de sua importância para a conservação da biodiversidade, pois é um dos três principais centros de endemismo do Cerrado. Além de abrigar excepcionais bens naturais, como rios, cachoeiras, cânions e mirantes, a Chapada dos Veadeiros abriga manifestações culturais diversificadas e com importância histórica, tendo sido uma região de garimpo de quartzo até meados da década de 80 do século passado.


Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página