Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Peruaçu treina novos condutores de visitantes
Início do conteúdo da página

Peruaçu treina novos condutores de visitantes

Publicado: Quinta, 25 de Abril de 2019, 16h42
Iniciativa melhora a experiência do visitante na unidade de conservação, que apresenta uma demanda crescente de turistas interessados em conhecer sítios arqueológicos milenares de importância internacional e cavernas de grandeza colossal.
peruacufoto21
Parque investe no credenciamento e na formação de novos condutores de visitantes. (Foto: Arquivo/ICMBio)

Conhecido pelas suas belas paisagens emolduradas pela arte rupestre pré-histórica, sítios arqueológicos milenares de importância internacional e cavernas de grandeza colossal, o Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, em Minas Gerais, investe no credenciamento e na formação de novos condutores de visitantes. A iniciativa melhora a experiência do visitante na unidade de conservação, que apresenta uma demanda crescente de turistas interessados em conhecer os atrativos naturais. O Parque ofereceu curso de condutores para 40 pessoas, que são da comunidade, dos municípios do entorno e professores da região. Atualmente, o Parque conta com 30 condutores credenciados.

Durante 6 dias (de 8 a 13 de abril), os novos condutores aprenderam sobre os atrativos e normas do Parque, além de princípios de interpretação ambiental. Todas as trilhas da unidade têm viés interpretativo e a ideia foi capacitar as pessoas para trabalhar a interpretação na unidade. Realizar o curso é pré-requisitos para o credenciamento dos novos condutores, ressalta o chefe do Parque, Rafael Pereira Pinto.

O curso foi dividido em dois módulos. No primeiro, os temas principais foram os atrativos e as normas do Peruaçu. Os instrutores explicaram o processo de agendamento de visitas, atuações em caso de emergência, com o plano de ação emergencial, além de apresentações sobre Plano de Manejo, portarias que regulamentam a condução de visitantes e o trabalho do ICMBio e unidades de conservação. A segunda parte foi direcionada para entender a verdadeira função dos guias nas visitas e os princípios de interpretação ambiental.

Sobre o Parque
Criado em 1999, o Parque Nacional Cavernas do Peruaçu tem o objetivo de proteger o patrimônio geológico e arqueológico, amostras representativas de cerrado, floresta estacional e demais formas de vegetação natural existentes, ecótonos e encraves entre estas formações, a fauna, as paisagens, os recursos hídricos, e os demais atributos bióticos e abióticos da região norte do estado de Minas Gerais. A unidade abrange 56.449 ha de um rico ecossistema, englobando características dos biomas Caatinga, Cerrado e Mata Atlântica. Na área da Unidade de Conservação podem ser encontradas espécies arbóreas, como a barriguda, ipê, gameleira, pequizeiro e aroeira, além de espécies rasteiras, como cactos, bromélias e demais suculentas.

A UC se destaca ainda pelas riquezas espeleológicas e arqueológicas, com mais de 180 cavernas catalogadas e inúmeros sítios arqueológicos com pinturas rupestres datadas de até 9 mil anos atrás. As cavernas contam com formações e cavidades que atingem até 100 metros de altura. Todas essas características tornam o Parque um dos principais atrativos da região norte de Minas Gerais. Recentemente, o Parque Nacional foi estruturado para visitação pública, com recursos provenientes de Termo de Ajustamento de Conduta firmado junto à FIAT, Ministério Público Federal e ICMBio. Desde sua implementação e abertura à visitação, o número de visitantes do Parque tem aumentado ano a ano.

Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) relacionado:
4 Educação 150

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página