Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Reservatório Santa Maria atinge capacidade máxima
Início do conteúdo da página

Reservatório Santa Maria atinge capacidade máxima

Publicado: Sexta, 24 de Maio de 2019, 15h16
Desde 2015 o reservatório no Parna de Brasília, que tem uma das águas mais puras para o abastecimento público, não transbordava.

Barragem de Santa Maria.fotomarcopeixoto1
Barragem de Santa Maria localizada dentro do Parque Nacional de Brasília (Foto: Marco Peixoto)

A Barragem de Santa Maria, localizada dentro do Parque Nacional de Brasília, está vertendo, formando uma bela cortina d’água. A informação foi comemorada pela Companhia de Saneamento Ambiental
do Distrito Federal (Caesb) e pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Desde 2015 que o reservatório não alcançava o volume máximo. A barragem faz parte do Sistema Santa Maria (Santa Maria/Torto), responsável por 29% do abastecimento do DF.

Em visita à barragem nesta semana, o diretor de Biodiversidade e Pesquisa do ICMBio, Marcos Venâncio, destacou que além de proteger a biodiversidade e propiciar opção de lazer para a população do DF, o Parque Nacional de Brasília tem um papel fundamental para a qualidade e quantidade de água do reservatório.

A chefe do Parque Nacional de Brasília, Juliana de Barros, afirmou que segundo a UNESCO, a água que abastece a Barragem de Santa Maria é considerada pura para abastecimento público porque todas as nascentes e a própria barragem são protegidas pela unidade de conservação, criada em 1961 exatamente com essa finalidade.

WhatsApp Image 2019 05 24 at 15.04.37 1
Diretor do ICMBio e chefe do Parque de Brasília com diretoria da Caesb visitam barragem Santa Maria. (Foto: Marco Peixoto)

A Barragem de Santa Maria está localizada dentro do Parque Nacional de Brasília e faz parte das bacias do Paraná, Paranaíba e Corumbá. Possui um espelho d’água de 7,65 km2 e uma área de drenagem de 101 km2. Por ser uma água de excelente qualidade, a Caesb realiza o tratamento dessa água com poucos elementos químicos.

Segundo o presidente da Caesb, Carlos Augusto Bezerra, é uma excelente notícia para a população do Distrito Federal e especialmente para a Caesb porque Santa Maria tem sido utilizado como uma reserva técnica para o período de estiagem. Por isso, é importante ter atingido os 100% de sua capacidade, afastando qualquer possibilidade de uma crise hídrica.

No auge do período de estiagem em 2017 o Santa Maria chegou a 21,6% do seu volume útil. Em 2015, última vez que havia chegado a 100%, a Barragem verteu do dia 29 de abril ao dia 20 de junho. Em 2018, nesse mesmo período, o reservatório de Santa Maria estava com 57,7% da capacidade e em 2017 com 53,2%.





Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) relacionados:
12 consumo e produção responsáveis 15011 Cidades e comunidades sustentáveis 150


* Com informações da Caesb

Comunicação ICMBio
(61) 2028 9280
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página