Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Primeiras jubartes são vistas em Abrolhos
Início do conteúdo da página

Primeiras jubartes são vistas em Abrolhos

Publicado: Segunda, 03 de Junho de 2019, 13h40
Fêmea e seu filhote foram observados no Parque; temporada de baleias costuma começar em julho

Baleia com filhote são os primeiros a chegar no Arquipélago (Foto: Daniel Venturini)
Baleia com filhote são os primeiros a chegar no Arquipélago (Foto: Daniel Venturini)


As baleias jubartes (Megaptera novaeangliae) chegaram mais cedo no Arquipélago de Abrolhos. Nesta sexta-feira (31), uma fêmea e seu filhote foram vistos nas proximidades da ilha Siriba, dentro do Parque Nacional Marinho dos Abrolhos (BA). Elas são as primeiras jubartes a chegarem no Arquipélago em 2019.

As duas vieram de uma longa jornada que começou nas águas gélidas da Antártida. Todos os anos, cerca de nove mil baleias enfrentam essa longa viagem cujo destino é o litoral brasileiro, onde elas se reproduzem. O maior berçário da espécie fica em Abrolhos, no litoral sul da Bahia. Tradicionalmente, as baleias costumam visitar a costa brasileira entre julho e novembro, mas nos últimos anos elas estão chegando no final de maio.

No Parque Nacional Marinho de Abrolhos, é possível observar as baleias jubarte e realizar outras experiências como mergulho livre e autônomo, caminhada em trilha, observação de aves marinhas e muito mais.

No Parque Nacional é possível observar as baleias jubarte e realizar outras experiências como mergulho livre e autônomo, caminhada em trilha, observação de aves marinhas entre outras. O visitante interessado na observação dos animais pode verificar junto ao Centro de Visitantes da unidade, na cidade de Caravelas (BA), as operadoras de turismo credenciadas para a atividade.

Sobre a espécie

A baleia jubarte é caracterizada por longas nadadeiras peitorais, semelhante a asas. Isso fica ainda mais evidente nos saltos que ela faz fora d’água – quando a baleia jubarte parece alçar vôo. Uma baleia jubarte adulta pode pesar cerca de 40 toneladas e medir até 16 metros. A expectativa de vida pode alcançar 60 anos.

Durante o verão, as baleias jubarte se concentram nas águas polares (tanto no Ártico quanto na Antártida), migrando, durante o inverno para os trópicos, onde se reproduzem. Locais como a costa nordeste do Brasil; costa oeste da África; costa leste do Oceano Índico; costa leste da Oceania e costa oeste da América do Sul são áreas conhecidas de reprodução e alimentação durante o inverno.

A gestação da fêmea dura cerca de onze meses e as fêmeas estão aptas a darem à luz com aproximadamente seis anos. As mães costumam ficar o tempo todo com seus filhotes, pois estão muito vulneráveis durante os primeiros dez meses. As principais ameaças são ataque de predadores e de humanos. Os filhotes podem, ainda, se perder de suas mães e morrer de inanição. O filhote ainda ficará com sua mãe por quatro a seis anos de idade, quando atingem a maturidade sexual. Enquanto isso, eles acompanham as mães nas migrações anuais durante o inverno.

Leia mais: Guia ensina a identificar mamíferos aquáticos do Brasil





Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) relacionados

ODS Vida na Água


Comunicação ICMBio
(61) 2028 9280
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página