Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Ipaú-Anilzinho forma 19 monitores da Biodiversidade
Início do conteúdo da página

Ipaú-Anilzinho forma 19 monitores da Biodiversidade

Publicado: Sexta, 12 de Julho de 2019, 14h10
O ICMBio mantém, atualmente, cerca de 90 unidades de conservação federais promovendo algum tipo de monitoramento da biodiversidade.

monitoresbio
A Reserva Extrativista (Resex) Ipaú-Anilzinho realizou na última semana o I Curso de Capacitação de Monitores do Programa de Monitoramento in situ da Biodiversidade no Centro de Treinamento da Eletronorte, Tucuruí, no Pará. O curso capacitou 19 monitores para a implementação de Estações de Amostragem (EA) na Resex, visando à coleta de dados de grupos de indicadores biológicos por meio de três unidades amostrais distintas: plantas lenhosas, mamíferos de médio e grande porte e grupos selecionados de aves e borboletas frugívoras. O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) mantém, atualmente, cerca de 90 unidades de conservação federais promovendo algum tipo de monitoramento da biodiversidade.

A programação do curso contou com aulas teóricas e práticas sobre a aplicação do protocolo de implantação das unidades amostrais, biologia dos grupos alvos e protocolos de amostragem e noções básicas de GPS, promovendo a disseminação de conhecimentos e a troca de experiências entre os participantes, incluindo atores locais (comunitários), estudantes universitários, servidores de instituições parceiras e outros colaboradores.

Os monitores têm um papel fundamental no desenvolvimento de estudos da biodiversidade. O envolvimento comunitário também multiplica e conduz, por um longo prazo, as práticas de preservação nas unidades de conservação. Ao todo, foram capacitados 19 monitores para aturem nas etapas de implantação e amostragem do Programa de Monitoramento na Resex Ipaú-Anilzinho. Somado a isso, a partir da formação de uma equipe de trabalho, a ideia é promover capacitações para as comunidades da Resex.

Em parceria com a Eletrobrás/Eletronorte, as aulas práticas foram realizadas no Bosque do Barata e na Ilha de Germoplasma, que abrigam espécies da fauna e flora da região. A realização do curso contou com o apoio do Programa Áreas Protegidas da Amazônia (ARPA).

Sobre a Resex
Em 14 de junho de 2005, a Reserva Extrativista Ipaú-Anilzinho, localizada no município de Baião no Pará, foi criada através de Decreto com o objetivo de proteger o meio de subsistência e a cultura da população que ali vivem. A Reserva é composta por Floresta tropical alterada com castanha do brasil, seringueiras, virola, massaranduba, bacuri e especies de madeira de lei. Mata secundária, constituída por capoeira e especies nativas. Vegetação típica de varzea, como açai e palmeiras diversas, e áreas de pastagem. Além de abrigar algumas espécies da fauna como a cutia, queixada, tatu-peba, veado-mateiro/vermelho, paca, entre outros.

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) relacionados:
11 Cidades e comunidades sustentáveis 1504 Educação 150


Comunicação ICMBio
(61) 2028 9280
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página