Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Domingo (21) usufrua de um dia de lazer nas UCs
Início do conteúdo da página

Domingo (21) usufrua de um dia de lazer nas UCs

Publicado: Segunda, 15 de Julho de 2019, 11h32
A Campanha Um Dia no Parque 2019 quer chamar a atenção das pessoas que perto delas provavelmente há uma unidade de conservação para usufruir da natureza.
dianoparque
Parque Nacional da Serra da Bocaina (Foto: Rodrigo Carrara)

Neste domingo, dia 21 de julho, as unidades de conservação do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) estarão participando da Campanha Um Dia no Parque 2019, chamando as pessoas para usufruírem de um dia agradável de lazer, educação ambiental e conscientização. Acesse aqui e confira a programação de atividades nas unidades de conservação em todos os estados brasileiros.

A ideia é mostrar às pessoas que perto delas provavelmente há uma unidade de conservação municipal, estadual ou federal, que o meio ambiente está mais perto do que elas imaginam, e que não é necessário viajar ao outro extremo do país para apreciar a natureza. Além de mostrar ao público a importância destas áreas para a qualidade de vida nas cidades, já que as UCs são responsáveis por cerca de 35% da água consumida no Brasil.

Diversas unidades de conservação do ICMBio preparam uma programação especial para o domingo, 21 de julho. O Parque Nacional de Ubajara, localizado em Ubajara no Ceará, por exemplo, terá diversas atividades como trilhas, ciclismo, contemplação de paisagem. Em Pernambuco, o Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha oferecerá Yoga com café da manhã das 6h às 9h na baía do Sueste, oficina de fotografia com orientação histórica da região, caminhada com orientação geológica e coleta de lixo, mergulho guiado, pôr do sol com música e a programação termina com uma palestra temática sobre os Parques Nacionais. Já o Parque Nacional da Cavernas do Peruaçu, em Januária (MG), promoverá uma visita a moradores do entorno que nunca visitaram a Unidade de Conservação, com apoio do Instituto Ekos Brasil. O Parque estará aberto normalmente à visitação, sendo possível visitar a Gruta do Janelão, trilha do Arco do André, Lapa Bonita e Lapa do Índio, Lapa do Boquete, Lapa dos Desenhos, Lapa do Rezar, Lapa do Caboclo e Carlúcio.
Parna SãoJoaquim AcervoParna 2017 1
Parques estão com programação especial para esse domingo. Na foto (acervo/ICMBio): Parna São Joaquim, no RS

Os Parques Nacionais de Aparados da Serra e da Serra Geral, em Cambará do Sul (RS), promoverá a Caçada fotográfica - Realização de trilha com acompanhamento de biólogos para interpretação ambiental e fotografia da fauna e da flora. As fotos dos visitantes farão parte de seleção e comporão publicação dos Parques. No Distrito Federal, terá pedal na Floresta Nacional de Brasília, com o grupo Rebas do Cerrado. Além disso, o Grupo de Caminhadas Brasília (GCB) está preparando a 6ª edição da Caminhada nos Parques do DF, que contempla diversas trilhas em diversos Parques.

banho2A Campanha, que é idealizada pela Rede Pró UC em parceria com a Coalização Pró-Unidades de Conservação, inspirada pela National Parks Week, dos Estados Unidos, quando americanos se dirigem aos parques para acampar, fazer trilhas, observar pássaros, também chama a atenção que, além dos parques nacionais mais conhecidos como o da Tijuca, Iguaçu, Chapada Diamantina, Fernando de Noronha, Chapada dos Veadeiros, há muitas outras unidades de conservação para se conhecer.

O ICMBio tem 334 unidades de conservação federais. Em 2018, as UCs receberam 12,4 milhões de visitantes, aumento de 6,15% em relação a 2017 (10,7 milhões). Uma pesquisa realizada em 2014 pelo WWF-Brasil mostrou que a riqueza natural do Brasil é o maior orgulho de 58% dos 46,5 milhões de brasileiros, um estudo realizado pelo Instituto aponta que os visitantes gastaram cerca de R$ 2 bilhões nos municípios de acesso às UCs.

A contribuição total desses gastos para a economia nacional foi de cerca de 80 mil empregos, R$ 2,2 bilhões em renda, R$ 3,1 bilhões em valor agregado ao PIB e R$ 8,6 bilhões em vendas.

O setor de hospedagem registrou a maior contribuição direta, com R$ 613 milhões em vendas diretas, seguido pelo setor de alimentação com R$ 432 milhões.

Esse ano, o estudo apresenta a geração de impostos decorrentes apenas dos efeitos sobre as vendas diretas e a remuneração. Assim, foram gerados, R$ 905 milhões em impostos (municipal, estadual e federal). A análise mostrou que cada real investido no ICMBio produziu R$ 7,00 em benefícios econômicos para o Brasil.

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) relacionados:
4 Educação 150


Comunicação ICMBio
(61) 2028 9280
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página