Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Esec Serra das Araras promove ações de educação ambiental
Início do conteúdo da página

Esec Serra das Araras promove ações de educação ambiental

Publicado: Quinta, 05 de Setembro de 2019, 10h25
Atividades foram programadas para comemorar os 12 anos de criação do ICMBio.

IMG 20190902 WA0048
Alunos e professores puderam observar as fitofisionomias do Cerrado, as florestas, os campos, e ainda ouviram o som das aves. (Foto:Acervo/ICMBio)

Na semana de aniversário dos 12 anos do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a Estação Ecológica (Esec) da Serra das Araras foi palco de ações de educação ambiental com escolas do entorno da unidade de conservação. O Projeto Bichos do Pantanal, patrocinado pelo programa Petrobras Socioambiental, em parceria com o ICMBio (gestão da Esec Serra das Araras), Secretaria Municipal de Educação de Porto Estrela (MT) e Secretaria Municipal Educação de Cáceres (MT), realizou diversas ações de educação ambiental com foco em conexão com a natureza na Esec da Serra das Araras.

Na última quarta-feira (28), a equipe de monitores de educação ambiental (Ismael Diniz, Diego Carioca, Milany Cristina), acompanhado do coordenador do Programa, professor Mahal Massavi, recebeu os alunos e professores da Escola Municipal São Pedro, localizada no distrito de Salobra Grande, em Porto Estrela. Na visita, a comunidade escolar, acompanhada pelos monitores, pode conhecer algumas trilhas da Esec, e entender a importância ambiental da unidade de conservação, além de aprender curiosidades de algumas espécies da fauna nativa.

Atento aos detalhes, os alunos percorreram as trilhas, guiados pela equipe do Projeto Bichos do Pantanal, e puderam observar as fitofisionomias do Cerrado, as florestas, os campos, e ainda ouviram o som das aves e observaram suas cores. Além de observar as árvores, suas folhas raízes, frutos e sementes. Semearam as sementes da paineira que, ao sabor do vento, pousaram sobre o solo da floresta. Puderam entender a importância da floresta para o ciclo da água e a manutenção do clima. A professora Adevair Madalena Ponce, coordenadora da escola, destacou a importância da visitação da comunidade escolar a estação. Segundo ela, muitos alunos vivem próximos ao entorno da Esec, mas poucos têm a oportunidade de conhecer o trabalho de conservação realizado e a biodiversidade local.

A visita possibilitou aos alunos a conexão com a natureza, fomentando a empatia através do contato com o meio natural. Essas ações constituem a base da educação ambiental realizada pelo Projeto Bichos do Pantanal e permeiam os objetivos da Estação Ecológica da Serra das Araras.

Já na sexta-feira (30), 27 professores da rede municipal de Cáceres (escolas municipais Gotinhas do Saber e Vila Real) participaram do minicurso de Capacitação em Educação Ambiental, Práticas Pedagógicas de Conexão com a Natureza no Contexto do Bioma Cerrado, coordenado pelo professor Mahal Massavi. Os professores puderam vivenciar in loco as características do bioma Cerrado, suas fitofisionomias e o papel da Esec Serra Araras na conservação da flora e fauna do Cerrado. Além disso, os professores puderam conhecer as técnicas de amostragens de aves, observando diversas espécies de aves típicas das formações florestais do bioma.
IMG 20190902 WA0057
Atividades de educação ambiental fizeram parte da semana de aniversário dos 12 anos do ICMBio. (Foto:Acervo/ICMBio)

Durante toda a ação, os participantes foram estimulados a refletir sobre a importância da conexão com a natureza e como desenvolver essa prática em sala de aula, através de práticas pedagógicas que possibilitem o aprendizado através do contato com o meio natural e da natureza. O professor Orisvado José da Silva, diretor da escola Vila Real, destacou a importância do minicurso para formação continuada dos professores. De acordo com ele, a experiência possibilitou a todos os professores conhecer a Esec Serra das Araras e a importância da conexão com a natureza, fomentando nos professores uma prática pedagógica que contemple o meio natural.

Segundo o Chefe da Estação Ecológica da Serra das Araras, Marcelo Leandro Feitosa de Andrade, a Esec é a unidade de conservação mais pesquisada no Estado de Mato Grosso e, também, uma das poucas UC do Brasil que possui um programa de visitação com objetivo educacional planejado e estruturado, onde além de receber centenas de alunos universitários anualmente (contribuindo para a formação profissional de diversos alunos dos cursos de graduação de Ciências Biológicas, Engenharia Florestal e Geografia), também vem recebendo alunos da educação básica para ações de educação ambiental.

Comunicação ICMBio
(61) 2028 9280
 
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página