Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Seminário debaterá turismo em áreas protegidas
Início do conteúdo da página

Seminário debaterá turismo em áreas protegidas

Publicado: Sexta, 04 de Outubro de 2019, 16h09
Evento, promovido pelo Ministério do Turismo com participação do ICMBio, acontecerá dia 8 de outubro na Enap, em Brasília.

Arte para Divulgação Imagen 2019 09 26 at 12.21.20O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) participará do Seminário Turismo em Áreas Protegidas, que acontecerá na próxima terça-feira (8), das 8h30 às 18h, na sala Nexus, da Escola Nacional de Administração Pública (Enap), em Brasília. O objetivo do seminário é proporcionar um ambiente de aprendizado sobre os conceitos e diretrizes do turismo sustentável e o alinhamento de ações para potencializar o aproveitamento econômico dessas áreas em consonância com a preservação ambiental. O evento é promovido pelo Ministério do Turismo, por meio da Secretaria Nacional de Integração Interinstitucional, com a participação do ICMBio.

De acordo com o presidente do ICMBio, Homero Cerqueira, a instituição tem trabalhando cada vez mais para melhorar a infraestruturas das unidades de conservação, aumentando, assim, a visitação pública e propiciando que as pessoas busquem os espaços de contato com a natureza. Segundo o presidente, a visitação em UC estabeleceu um novo patamar em 2018 com mais de 12,4 milhões de visitas, um aumento de 16% (1,7 milhões de visitas) em relação ao recorde anterior de 10,7 milhões, em 2017. Cerqueira ressalta o trabalho do ICMBio de fomentar as concessões de serviços de uso público nos Parques, garantindo uma melhoria na infraestrutura das unidades de conservação como é o caso do Parque Nacional do Iguaçu e da Tijuca, que são os campeões de visitação.

No evento, a equipe do ICMBio falará sobre as contribuições do turismo em unidades de conservação para a economia brasileira. Um estudo realizado pelo Instituto aponta que os visitantes gastaram cerca de R$ 2 bilhões nos municípios de acesso às unidades de conservação, gerando benefícios econômicos para o Brasil, gerando renda e emprego. As concessões dos serviços de uso público serão outro tema abordado pelo ICMBio no Seminário. Com as delegações de serviço, as empresas ganham o direito de operar serviços de apoio a visitação por um determinado período de tempo e, em contrapartida, assumem compromisso de fazer investimentos nas unidades. Os serviços de gestão, conservação, proteção e pesquisa continuam sob o controle administrativo e territorial do governo, já que não se trata de privatização. O objetivo é melhora a qualidade dos serviços prestados aos visitantes das unidades de conservação, já que o ICMBio não tem como finalidade gerenciar serviços como hospedagem e alimentação; podendo assim focar esforços na conservação.

Também está marcada uma palestra do concessionário do Grupo Cataratas, que falará sobre a sua experiência, com o tema: “a parceria público-privada em visitação de parques como estratégia de conservação: lições aprendidas, oportunidades e desafios”. O grupo é concessionário do Parque Nacional do Iguaçu. Além disso, também serão abordados assuntos como turismo de base comunitária, que tem crescido bastante nas unidades de conservação, e sobre a construção da Rede de Trilhas de Longo Curso.

O Seminário Turismo em Áreas Protegidas faz parte da parceria estabelecida em 2017 entre o Ministério do Turismo, Ministério do Meio Ambiente, ICMBio e Embratur, com o propósito de estabelecer relações entre instituições do governo federal para implantar ações conjuntas para desenvolver o turismo ecológico e integrado à diversidade sociocultural e à conservação da biodiversidade nas unidades de conservação federais, bem como atuar na sua promoção e apoio à comercialização em âmbito nacional e internacional.

Serviços

Seminário Turismo em Áreas Protegidas

Data: 8 de outubro, das 8h30 às 18h

Onde: na sala Nexus, da Escola Nacional de Administração Pública (Enap), em Brasília

Confira a programação aqui

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) relacionados
15 Vida terrestre 150

Comunicação ICMBio
(61) 2028 9280

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página