Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > APA de Ibirapuitã orienta ação de descapoeiramento
Início do conteúdo da página

APA de Ibirapuitã orienta ação de descapoeiramento

Publicado: Sexta, 24 de Janeiro de 2020, 09h35
Atividade aliou sustentabilidade e respeito ao meio ambiente.

Máquina descapoieramento
Foi utilizado um trator de retroescavadeira que demonstrou ser a melhor alternativa. (Foto: Acervo/ICMBio)

Uma parceria entre o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e um proprietário rural, que tem a propriedade dentro da Área de Proteção Ambiental (APA) de Ibirapuitã, em Quaraí, no Rio Grande do Sul, mostrou que é possível aliar sustentabilidade e respeito ao meio ambiente. A parceria envolveu planejar e executar a atividade de descapoeiramento (atividade que consiste na execução de cortes rasos de vegetação nativa sucessora) em uma área de 1.200 hectares na Estância da Serra.

O trabalho foi realizado pelo proprietário em conjunto com técnicos especializados e sob a supervisão do ICMBio. Com isso, a ação resultou em aumento da área produtiva, sem deixar de preservar espécies importantes e as margens de rio.

A área foi gradualmente invadida por uma espécie arbórea nativa e pioneira, o espinilho (Vachellia caven), cuja presença dificulta o manejo e o uso do campo para o pastoreio do gado. O corte foi autorizado, mas obedeceu certas condições. Entre as regras obedecidas foram a necessidade de preservação das margens de cursos d'água; a manutenção de um número mínimo de árvores por hectare, de maneira a garantir local de ninhos para pássaros e sombra para os animais; e respeitar a época do ano adequada, pois na primavera a fauna nativa está em plena fase reprodutiva e as perturbações das máquinas são prejudiciais.

Para isso, o ICMBio indicou ao proprietário das terras a solução mecânica para o controle do espinilho, com eficiência técnica e econômica, sem o uso de produtos químicos. Foi utilizado um trator de retroescavadeira que demonstrou ser a melhor alternativa com baixo custo e menor impacto ao solo.

Comunicação
(61) 2028-9280


registrado em: ,
Fim do conteúdo da página