Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Vigilância permanente afasta infratores do Taim
Início do conteúdo da página

Vigilância permanente afasta infratores do Taim

Publicado: Quinta, 09 de Fevereiro de 2012, 19h18

Fiscais constatam não haver rastros humanos recentes no interior da UC gaúcha

Brasília (09/02/2012) – A equipe da Estação Ecológica (Esec) do Taim, no Rio Grande do Sul, acaba de realizar operação para coibir a pesca na época do defeso nas Lagoas Mirim e Mangueira em virtude da piracema (período de desova dos peixes). As ações tiveram o apoio da Coordenação-Geral de Proteção do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio)

Além da fiscalização na Lagoa Mirim, a equipe navegou utilizando duas embarcações da Esec até a Ilha do Taquari, que pertence à unidade de conservação e se localiza próximo à costa uruguaia. Em toda a região costeira não foram encontrados artefatos de pesca ou embarcações.

Alojados em barracas, os fiscais também vistoriaram a Ilha do Taquari nos antigos locais de acampamentos de pesca. Foram encontrados um projétil deflagrado calibre 22 e uma antiga armação de caixas de pesca e telas, provavelmente utilizada para armazenar pássaros capturados na ilha para tráfico.

Durante a operação ficou constatado que não havia qualquer sinal de rastros humanos recentes. As constantes fiscalizações na ilha podem ter desencorajado o uso do local para ilícitos. A ausência total de redes e embarcações no período final do defeso também foi comemorada, demonstrando que os pescadores estão respeitando a norma.

Além de uma temporada anterior com muitas operações e presença efetiva do ICMBio na área, no início do defeso a equipe da unidade fez visitas nas colônias e portos pesqueiros para estabelecer um diálogo sobre a importância da ação, ressaltando o compromisso em fiscalizar as áreas e de manter sempre uma postura de defesa do profissional que cumpre as regras de proteção da biodiversidade das lagoas.

Comunicação ICMBio
(61) 3341-9280

Fim do conteúdo da página