Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Pelos novos caminhos da Chapada dos Veadeiros
Início do conteúdo da página

Pelos novos caminhos da Chapada dos Veadeiros

Publicado: Terça, 25 de Junho de 2013, 01h55

Trilha das Sete Quedas já está aberta à visitação

Elmano Augusto
elmano.cordeiro@icmbio.gov.br

DSC03035Brasília (24/06/2003) – Caminhada no meio do mato, em comunhão direta com a natureza. Vastos campos a perder de vista, imensos morros ao fundo, emoldurando a paisagem. Plantas e flores de várias formas, cores e texturas. Aves e outros animais, soltos, livres, dando vez por outra o ar de sua graça. Blocos de rochas cristalinas, esculpidos pelo vento e pelas chuvas durante bilhões de anos. Córregos, rios e cachoeiras, com água limpa para beber e friinha para tomar banho, matar o calor. O sono restaurador, em meio ao silêncio da noite, só quebrado pelo burburinho das águas, despencando das cachoeiras, deslizando, ligeiras, por entre as pedras.

Sensações como essas, curtidas no último final de semana por um grupo de felizardos que participou da caminhada inaugural da travessia das Sete Quedas, a mais nova trilha do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás, e a primeira com pernoite em unidade de conservação (UC) do Centro-Oeste, podem, agora, ser desfrutadas por todos. O novo caminho está aberto aos visitantes, devidamente sinalizado e pronto para ser percorrido em um ou dois dias. Para isso, os turistas devem fazer agendamento junto aos gestores do parque (veja mais detalhes no site da unidade).

DSC03000. Caminhantes aprovam o percurso
. Analista narra a emoção de inaugurar a travessia
. Presidente diz que quer democratizar acesso a parques
. Guia de bolso traz dicas importantes para quem quer fazer a trilha

A inauguração da trilha, que corta paisagens distintas do Cerrado e cruza vários atrativos naturais, entre eles os cânions e o conjunto de cachoeiras conhecido como Sete Quedas, até então fechado para visitação, foi comemorada com um ato marcado pela descontração e informalidade e um coquetel no Centro de Visitantes do parque, na noite da sexta-feira (21). O presidente do ICMBio, Roberto Vizentin, o coordenador regional da CR-11, Mario Douglas Fortini, e outros dirigentes do órgão em Brasília participaram do evento, que reuniu ainda servidores da UC, autoridades da região, como o prefeito de Alto Paraíso, Álan Gonçalves Barbosa, donos de pousada e moradores de São Jorge, povoado onde fica a sede da unidade.

No dois dias seguintes, sábado (22) e domingo (23), um grupo de 20 pessoas, entre elas servidores do parque e da sede do ICMBio, condutores de visitantes, moradores da região e funcionários da Embaixada Americana, em Brasília, fizeram a caminhada ICMBIO PN 219que abriu oficialmente a trilha das Sete Quedas. Eles foram comandados por Carla Guaitanele, chefe da unidade, e por Paulo Faria, analista ambiental da Coordenação de Uso Público do Instituto Chico Mendes. O coordenador da CR-11, Mario Douglas, integrou o grupo guiado por Carla e completou todo o trajeto.

Ainda no sábado, representantes do ICMBio, entre os quais a diretora de Criação e Manejo de Unidades de Conservação (Diman), Giovana Palazzi, e o chefe de gabinete da Presidência, Roberto Suarez, fizeram um tour por algumas áreas do parque, como os saltos de 80 e 120 metros, e percorreram, depois, o trecho final da nova trilha, fazendo o trajeto de ida e volta do posto da Mata Funda, próximo da rodovia GO-239, até a cachoeira das Sete Quedas. Eles viram de perto as melhorias realizadas na unidade de conservação, que têm contribuído para atender de forma mais eficiente os visitantes.

Comunicação ICMBio
(61) 3341-9280

Fim do conteúdo da página