Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Febre amarela: macacos não transmitem a doença
Início do conteúdo da página

Cazumbá ganha prêmio Pronatec Empreendedor

Publicado: Quinta, 22 de Outubro de 2015, 18h59
Projeto de agroindústria do açaí fica entre os três melhores do Brasil

Projeto de agroindústria do açaí fica entre os três melhores do Brasil

Foto: Charles Damasceno

Elmano Augusto
ascomchicomendes@icmbio.gov.br

Brasília (22/10/2015) – “Esse prêmio vai para a nossa comunidade e para o ICMBio que nos deu importante apoio nesse projeto”, afirmou Isaías Afonso, morador da Reserva Extrativista (Resex) Cazumbá-Iracema, no Acre, ao receber o troféu de terceiro lugar no Prêmio Pronatec Empreendedor, entregue na tarde desta quinta-feira (22), em solenidade no auditório do Sebrae, em Brasília.

A premiação foi concedida ao projeto de agroindústria de beneficiamento da polpa do açaí, implantado há cerca de dois meses na reserva. O projeto surgiu a partir do curso de açaicultor, oferecido aos extrativistas pelo Instituto Federal do Acre (Ifac), por meio do Pronatec-Campo, e recebeu impulso dos gestores do ICMBio, que acreditaram na ideia de montar uma fábrica no interior da Resex (Conheça os detalhes nas matérias abaixo).  

Atualmente, o empreendimento emprega 50 pessoas nas várias etapas do processo de beneficiamento da polpa do açaí – coleta, transporte e produção. Mas, vai precisar de mais gente logo logo. Até o final do ano, a polpa, consumida basicamente pela comunidade da reserva, passará a ser vendida no mercado de Sena Madureira, município que abriga a Resex, e de Rio Branco, capital do estado, o que exigirá o aumento da mão de obra. 

Seleção

Para ganhar o prêmio, o projeto dos extrativistas acreanos teve que passar por uma criteriosa seleção que levou em conta 120 iniciativas empreendedoras de destaque em todo o País. Inicialmente, ficou entre os dez finalistas. “Chegar à final, para nós, já era uma vitória. Imagina ganhar o terceiro lugar, estar entre os três melhores do Brasil!”, comemorou Rayline Maia, também moradora da reserva, exultante com a conquista.

Isaías e Rayline vieram a Brasília acompanhados pelo coordenador adjunto do Pronatec na região do Vale do Purus no Ifac, Cleudo Faria, um dos responsáveis pelo curso de açaicultor. Eles receberam o prêmio das mãos da diretora técnica do Sebrae, Heloisa Regina Guimarães. “Já estamos nos organizando para formar cinco novas turmas de açaicultor até o fim do ano, porque a produção da fábrica vai aumentar muito”, disse Faria.

O Prêmio Pronatec Empreendedor é promovido pelo Sebrae, em parceria com o Ministério da Educação, e conta com apoio, entre outros, dos serviços nacionais de aprendizagem (Senac, Senai, Senar, Senat). Tem por objetivo estimular a cultura empreendedora por meio de exemplos de sucesso, nascidos a partir de cursos oferecidos pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

A Reserva Extrativista Cazumbá-Iracema é administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), no município de Sena Madureira, no Acre, uma das regiões de mais baixo IDH do País. Tem 750 mil hectares e abriga 340 famílias que vivem exclusivamente do extrativismo. Com a entrada em funcionamento do projeto de beneficiamento do açaí, os moradores sonham com dias melhores.

Leia também:

Cazumbá é finalista no prêmio Pronatec Empreendedor
Reserva no Acre monta fábrica de polpa de açaí

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página