Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Araucárias recebe observadores de aves
Início do conteúdo da página

Araucárias recebe observadores de aves

Publicado: Quarta, 23 de Novembro de 2016, 17h22
É a primeira vez que o parque em Santa Catarina sedia esse tipo de atividade. Diante do sucesso, o Instituto Espaço Silvestre, que promoveu o evento, já pensa em fazer outros

arau

Brasília (23/11/2016) – O Parque Nacional das Araucárias, gerido pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), em Santa Catarina, acaba de sediar o seu primeiro evento de observação de aves. A promoção foi do Instituto Espaço Silvestre.

Cerca de 30 pessoas participaram do evento. Elas foram divididas em dois grupos, um pela manhã e outro à tarde. Os grupos percorreram trecho de trilha dentro da unidade de conservação (UC), passando por diversos ambientes, como floresta com araucárias, áreas abertas, riachos e banhados.

arau2Foram registradas mais de 80 espécies de aves por meio de observações diretas e vocalizações, incluindo algumas endêmicas (exclusivas) da Mata Atlântica. Muitas delas foram novidade para boa parte dos participantes. Já as espécies comuns e ameaçadas de extinção foram as estrelas do evento

O evento foi encaminhado pelo ornitólogo Adrian Eisen Rupp, condutor de atividades de observação de aves com grande experiência. Adrian é o responsável pelo levantamento da avifauna do parque em 2009 para a elaboração do Plano de Manejo e, também, por indicar como ação de manejo e pesquisa na UC a reintrodução do papagaio-do-peito-roxo (Amazona vinacea), trabalho que é realizado pelo Instituto Espaço Silvestre.

Segundo o analista ambiental Juliano Rodrigues Oliveira, chefe do parque, o evento permitiu aos participantes conhecer a atividade de observação, avaliar a sua implantação na UC e fazer contatos. Ainda segundo ele, a atividade, inédita na região, fez parte das comemorações de aniversário de 25 anos do município de Passos Maia, abrangido pela unidade, e contou com o apoio da prefeitura.

Além da observação de aves, os participantes visitaram a cidade de Passos Maia e conheceram o trabalho das Amigas dos Roxinhos, grupo de mulheres que participam do projeto de geração de trabalho e renda do Instituto Espaço Silvestre, mostrando que é possível conciliar desenvolvimento econômico com conservação.

Para Vanessa Tavares Kanaan, diretora técnica do Instituto Espaço Silvestre, o passeio mostrou que as aves em seu habitat natural são capazes de reunir dezenas de pessoas de todas as faixas etárias que vivem no entorno do parque e de diversas cidades dos estados de Santa Catarina e Paraná.

“Torcemos para que o evento sirva para estimular outras unidades de conservação a realizar atividades de observação de aves e inspirar cada vez mais pessoas a observar e preservar a fauna silvestre brasileira. Esperamos que esse tenha sido o primeiro de muitos passeios no Parque Nacional das Araucárias”, disse ela.

Comunicação ICMBio – (61) 2028-9280 – com informação do Parque Nacional das Araucárias (Juliano Rodrigues Oliveira)
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página