Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Brasil apresenta proposta de Fundo Azul na ONU
Início do conteúdo da página

Redentor se cobre de verde a partir deste domingo

Publicado: Sexta, 02 de Junho de 2017, 13h58
Iluminação tem o objetivo de chamar a atenção das pessoas para as comemorações da Semana do Meio Ambiente. Iniciativa é do ICMBio, gestor do Parque Nacional da Tijuca

CRISTO REDENTOR

Elmano Augusto
elmano.cordeiro@icmbio.gov.br

Brasília (02/06/2017) – A partir deste domingo (4), o carioca ou turista que estiver de passagem pelo Rio de Janeiro vai ter uma visão noturna mais exuberante do Cristo Redentor. A estátua, um dos mais emblemáticos símbolos do País, que fica no alto do Morro do Corcovado, estará toda coberta de luz verde.

A iniciativa é do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), gestor do Parque Nacional da Tijuca, que abriga o Redentor, em parceria com a Cúria Diocesana, responsável pelo monumento, e tem o objetivo de chamar a atenção das pessoas para as comemorações da Semana do Meio Ambiente. A iluminação especial permanecerá até o dia 10.

O Dia Mundial do Meio Ambiente, ponto alto da semana, é comemorado em 5 de junho. A data foi instituída pela ONU em 1972, durante a Conferência de Estocolmo, que tratou do tema Ambiente. A celebração tem como objetivo principal conscientizar a população do planeta sobre os temas ambientais, principalmente, aqueles que dizem respeito à conservação da natureza.

O ICMBio, autarquia do Ministério do Meio Ambiente, responsável pela gestão das 324 unidades de conservação (UCs) federais, comemora a data todos os anos. Os eventos ocorrem na sede do Instituto, em Brasília, e nas várias UCs e centros de pesquisa espalhados pelo Brasil.

Neste ano, o evento na sede será no dia 6, a partir das 10h30, e terá o lançamento do Painel de Informações Gerenciais, uma ferramenta online de business intelligence, que disponibiliza por meio do software Qlik View dados sobre o Instituto tanto para o público interno como para a sociedade.

Haverá ainda o lançamento da publicação “Iniciativas de Inclusão Produtiva e Gestão Participativa de Unidades de Conservação dos Ambientes Marinhos e Costeiros do Brasil”, que aborda experiências de servidores do ICMBio com populações tradicionais em reservas extrativistas.

Ao final, será feita a apresentação da programação de aniversário do Instituto, que vai constar de uma série de atividades durante o decorrer do ano, tendo como ponto alto o dia 28 de agosto, data de fundação do ICMBio. Na ocasião, será lançado o selo comemorativo dos 10 anos.

O parque

O Parque Nacional da Tijuca, que tem o Cristo Redentor como um de seus atrativos, juntamente com as trilhas, grutas e cachoeiras, é a unidade de conservação mais visitada do País. Recebe, a cada ano, cerca de 3 milhões de brasileiros e estrangeiros, que vão ao local desfrutar das belezas naturais preservadas em pleno coração da cidade do Rio de Janeiro.

No ano passado, o parque inaugurou o Complexo das Paineiras, tornando a visita ao parque mais agradável ainda. O espaço, montado no histórico Hotel das Paineiras, que foi todo revitalizado, oferece área gastronômica com vista para a zona sul, loja de souvenir, salão de exposições multimídia, além de bilheteria para o Corcovado.

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página