Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Grupo captura fotos inéditas de animais em Sooretama
Início do conteúdo da página

Itatiaia ganha novo Centro de Visitantes

Publicado: Quarta, 14 de Junho de 2017, 18h10
Inauguração marcou os festejos de 80 anos do parque nacional mais antigo do Brasil. Conheça um pouco dos principais atrativos da UC gerida pelo ICMBio e programe a sua visita

3itatiaia

Elmano Augusto
elmano.cordeiro@icmbio.gov.br

Brasília (14/06/2017) – A festa de aniversário de 80 anos do Parque Nacional do Itatiaia, completados nesta quarta-feira (14), foi perfeita. Não faltou nada. Teve discursos, parabéns pra você, bolo confeitado. E, o que é melhor, presente: o parque ganhou o novo Centro de Visitantes, totalmente revitalizado.

“O aniversário do parque significa, na verdade, o aniversário de todo o sistema de unidades de conservação do país porque, sendo o parque mais antigo do Brasil, a sua história se confunde com a própria história do sistema nacional de unidades de conservação”, disse Ricardo Soavinski, presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão responsável pela gestão da unidade.

Junto com o chefe do parque, Gustavo Tomziski, o presidente do ICMBio descerrou a fita inaugural do novo Centro de Visitantes, que vai dar mais conforto aos turistas e frequentadores habituais da unidade de conservação (UC). Mais de 250 convidados participaram do evento, entre prefeitos das cidades circunvizinhas, parlamentares, outras autoridades locais e moradores.

Exposição multimídia

2itatiaia

No novo Centro de Visitantes, além de serem recepcionados pelos servidores e obterem todas as orientações sobre roteiros, alojamento e atrativos, os turistas poderão, a partir de agora, apreciar a exposição multimídia que traz dados sobre a rica biodiversidade do lugar.

As informações sobre a fauna e a flora, assim como o ambiente rochoso que marca a paisagem do parque, estão expostas em enormes telões e painéis interativos, que podem ser manipulados pelas pessoas com um simples toque de mão.

Textos e áudios são todos em português e inglês, para facilitar a comunicação com os turistas estrangeiros, que vêm crescendo a cada ano. Ao percorrer o espaço, o visitante terá uma experiência muito viva e dinâmica da riqueza natural protegida pelo parque

Segundo estatísticas da Coordenação de Uso Público do ICMBio, Itatiaia está entre os dez parques mais visitados do país, com média de 100 mil visitantes a cada ano, boa parte vinda de outros países.

A maioria deseja apenas fazer trilhas e se banhar nas muitas cachoeiras existentes no interior do parque. Mas há os que preferem curtir esportes de aventura na natureza, em especial, o montanhismo. Nesse aspecto, Itatiaia é um paraíso.

Parte alta

02 parna itatiaia semdata

Na chamada parte alta, os visitantes podem contemplar algumas das maiores montanhas do Brasil, como o Pico das Agulhas Negras (2.791 metros de altitude). Outra grande atração são as Prateleiras (2.539 metros de altitude), que têm um obstáculo bem famoso chamado “pulo do gato” onde as pessoas precisam pular um mini-abismo para chegar do outro lado.

Os visitantes que quiserem pernoitar ou explorar as belezas naturais da parte alta por mais de um dia têm à disposição o Abrigo Rebouças ou o camping ao lado. Para garantir vaga, é preciso fazer reserva com bastante antecedência pelo e-mail reservas.pni@icmbio.br.

Algumas trilhas dessa parte exigem conhecimentos básicos de escalada com corda. Portanto, é recomendável contratar guia. Um item indispensável, em qualquer época do ano, até no verão mais quente, é o agasalho. Afinal de contas, o planalto está acima de 2.000 metros de altitude, com temperaturas médias de 14 graus, podendo cair abaixo de zero.

Parte baixa

01 parna itatiaia 2005

Já na parte baixa, o bom são as cachoeiras, como a do Itaporani, Lago Azul, Poranga e Véu da Noiva, além da piscina da Maromba. As águas são geladas, mas, depois de uma boa caminhada pelas trilhas e muito suor pelo corpo, dá para encarar um mergulho sem grande esforço.

Além das cachoeiras e piscinas naturais, há o Mirante do Último Adeus e os Três Picos, que é uma trilha mais pesada, por ser íngreme em quase toda sua extensão de seis quilômetros. Nesse caso, recomenda-se, também, aos visitantes contratar um guia e reservar quase o dia inteiro para curtir o atrativo.

Para os trilheiros mais radicais, há as travessias que cruzam as partes alta e baixa do parque. Ao todo são três travessias muito longas que fazem essa transição: a Ruy Braga, a Serra Negra e Rancho Caído. Para completar qualquer uma delas, é necessário começar antes das 10h, ter autorização, se equipar bem e estar preparado fisicamente.

Reserva da biosfera

03 parna itatiaia 2005

Primeiro parque nacional do Brasil, o Itatiaia foi criado em 14 de junho de 1937, por meio do Decreto 1.713, assinado pelo presidente Getúlio Vargas. Tinha, inicialmente, 11,9 mil hectares, área ampliada em 20 de setembro de 1982, por meio de outro decreto presidencial, para os atuais 28 mil hectares, que abragem os municípios de Itatiaia e Resende, no estado do Rio de Janeiro, e Bocaina de Minas e Itamonte, em Minas.

Além de propiciar lazer e turismo na natureza, o Parque Nacional de Itatiaia guarda importantes remanescentes de Mata Atlântica, habitat de variadas espécies da flora e fauna brasileira, algumas endêmicas (exclusivas do local) e outras em risco de extinção.

Por isso mesmo, o parque está incluído na Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, reconhecida pela Unesco, e é classificado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) como área de prioridade extremamente alta para a conservação da biodiversidade.

Do ponto de vista da gestão ambiental, a sua localização é estratégica. Ele integra o Mosaico de Unidades de Conservação da Serra da Mantiqueira, conforme a Portaria 351/2006, do MMA, e o Corredor Ecológico da Serra da Mantiqueira, que, por sua vez, está inserido no Corredor da Serra do Mar. Desse modo, ajuda a conectar importantes ecossistemas.

Serviço:

Veja como chegar:

Parte baixa – Se você estiver seguindo de São Paulo ou do Rio de Janeiro, deve pegar a Rodovia Presidente Dutra (BR 116) até o km 318, na cidade de Itatiaia. São cerca de três horas saindo de São Paulo e duas horas e meia do Rio de Janeiro.

Parte alta – Para acessar a portaria de Itamonte, você deve ir até Engenheiro Passos, povoado que fica doze quilômetros depois de Itatiaia. Chegando lá, pegue a estrada Rio-Caxambú (BR 354) e siga por mais 23 quilômetros até a Garganta do Registro, como é chamada a estrada de 17 quilômetros que leva até o Abrigo Rebouças.

Telefones: (24) 3352-6894/1292

Saiba mais aqui.

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página