Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Veadeiros controla fogo e reabre para visitação
Início do conteúdo da página

Combate ao fogo em Veadeiros é intensificado

Publicado: Sexta, 20 de Outubro de 2017, 18h39
Novos reforços chegam neste fim de semana. Brigadistas trabalham sem cessar dia e noite. Eles têm o apoio de 3 aviões e um helicóptero. Área queimada é estimada em 31 mil ha. Parque em Goiás segue fechado

pn chapada veadeiros

Ramilla Rodrigues, da Ascom do ICMBio
Enviada especial à Chapada dos Veadeiros

Brasília (20/10/2017) – O combate ao incêndio que atinge há três dias a Chapada dos Veadeiros, em Goiás, será intensificado neste fim de semana com a chegada de novos reforços. Brigadistas trabalham sem cessar dia e noite. Não há previsão de controle. O parque nacional continua fechado à visitação.

A estimativa é que mais de 31 mil hectares já foram queimados só neste incêndio, segundo a Divisão de Monitoramento de Incêndios Florestais (DMIF), do ICMBio. Na semana passada, outro foco de incêndio, logo controlado, destruiu cerca de 3 mil hectares.

Apesar dos esforços dos brigadistas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e parceiros, o fogo, que começou na quarta-feira (18) na rodovia GO 118, tem se alastrado rapidamente em áreas dentro e fora do parque.

Sem sinais de chuva, as condições climáticas estão desfavoráveis para o combate (vento forte, temperatura de 37 graus Celsius e sensação térmica de 41 graus), o que contribui ainda mais para a expansão das chamas.

Nesta sexta (20), os focos de incêndio, no interior do parque, concentravam-se na região do Rio Preto, no sentido da Travessia das Sete Quedas. O combate era feito por 65 brigadistas do ICMBio, do Grupo Ambiental do Torto (GAT), do Ibama e da Comunidade Kalunga. Eles tinham o apoio de três aviões-tanque (que despejam água sobre a vegetação em chamas) e mais um helicóptero.

Gestores da Coordenação de Prevenção e Combate a Incêndios (Coin), do ICMBio, e do parque nacional acompanham as ações no local. Voluntários auxiliam na logística (donativos, alimentação complementar).

No fim de semana, o combate deverá ser reforçado com a chegada de mais 14 brigadistas do Parque Nacional do Itatiaia (RJ), 10 do GAT, 20 da Estação Ecológica da Serra Geral (TO), 20 bombeiros do Goiás, 30 do DF e mais uma aeronave.

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página