Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Fórum Mundial da Água aberto a sugestões
Início do conteúdo da página

Fórum Mundial da Água aberto a sugestões

Publicado: Quinta, 15 de Fevereiro de 2018, 16h55
Interessados em influir nos temas a serem debatidos no evento, em Brasília, têm até o dia 12 de março para dar sua contribuição.
O 8º Fórum Mundial da Água, que será realizado entre 18 e 23 de março, em Brasília, tem como uma das prioridades a participação social na definição dos debates. Para isso, disponibiliza "Sua Voz", uma plataforma online em que as pessoas podem colaborar com sugestões e comentários. As duas primeiras rodadas de consultas já foram concluídas. A terceira e última está aberta até 12 de março. Clique aqui para participar.

O Fórum é o maior evento global sobre o tema água. Busca contribuir para o processo decisório a respeito do assunto em nível mundial, objetivando o uso racional e sustentável desse recurso natural. É promovido a cada três anos pelo Conselho Mundial da Água juntamente com o país e a cidade anfitriã - nesta 8ª edição, Brasil e Brasília, respectivamente. É a primeira vez que o evento ocorre no Hemisfério Sul.

"As contribuições das pessoas de todo o mundo e, em especial, do Brasil, vão se somar às intervenções técnicas e darão, certamente, maior legitimidade ao Fórum", disse o secretário de Recursos Hídricos e Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, Jair Tannus Júnior. O ministério é um dos organizadores e, além de participar de painéis e mesas-redondas, vai lançar produtos relacionados à gestão da água durante o evento.

Salas de Debates
A plataforma "Sua Voz" dividiu as discussões em seis salas de debate: Clima - segurança hídrica e mudanças climáticas; Pessoas - água, saneamento e saúde; Desenvolvimento - água para o desenvolvimento sustentável; Urbano - gestão integrada de água e resíduos urbanos; Ecossistemas - qualidade da água, subsistência de ecossistemas e biodiversidade; e Finanças - financiamento para segurança da água
Cada sala temática possui um grupo de moderadores, sendo pelo menos um brasileiro. Os moderadores fazem questionamentos, ajudam a guiar as discussões e reúnem os resultados que irão contribuir na agenda de assuntos a serem discutidos no Fórum.

De acordo com os organizadores, nessa terceira rodada, o foco dos debates nas salas temáticas está relacionado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Os debates giram em torno dos desafios e oportunidades para o desenvolvimento sustentável da água.

Os resultados vão ser divulgados durante Fórum em uma sessão chamada "Contribuições da plataforma Sua Voz: identificação dos desafios e oportunidades para a implementação dos ODS para promover a gestão da água". Nessa sessão, será apresentado um resumo das contribuições das pessoas. Moderadores, organizadores e participantes poderão ser convidados para compartilhar experiências.

A primeira rodada, realizada entre 13 de fevereiro e 23 de abril de 2017, teve mais de 20 mil acessos, com destaque para visitantes do Brasil, dos Estados Unidos, da França, do México e da Índia. Nas salas de discussão, houve cerca de 550 sugestões de questões para discussão no Fórum. A segunda rodada abordou questões específicas sobre capacitação, compartilhamento, governança e sustentabilidade e foi encerrada em agosto.

Expo, feira e Vila Cidadã

A oitava edição do Fórum Mundial da Água tem a expectativa de receber em Brasília 10 mil congressistas e 45 mil visitantes. É o único evento que promove o encontro de interesses institucionais, políticos, técnicos, acadêmico e de âmbito comercial e da sociedade civil em âmbito global a respeito do tema.

Além da programação oficial, que ocorrerá no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, no Eixo Monumental, centro de Brasília, a edição do Fórum no Brasil inova com o funcionamento de espaços alternativos: a Expo, a Feira e a Vila Cidadã, todos na área externa do Estádio Nacional Mané Garrincha.

A Expo, com acesso exclusivo aos inscritos, será dedicada a países e empresas que desejam vender produtos e fazer negócios. A Feira, aberta ao público, permitirá o contato de empresas e países com a comunidade. Já a Vila Cidadã, também franqueada ao público, será o espaço no qual as pessoas poderão participar de atividades educativas, culturais, interativas, sensoriais e de construção de diálogos voltados para melhorar o uso da água. A Feira e a Vila Cidadã serão abertas em 17 de março, um dia antes da abertura oficial do Fórum.

Serviço:

8º Fórum Mundial da Água

Data: 18 a 23 de março

Local: Centro de Convenções Ulisses Guimarães (cerimônia de abertura, eventos oficiais e sessões do fórum) e Área Externa do Estádio Mané Garrincha (Feira e Vila Cidadã)

Inscrições: abertas no portal do evento. Interessados em acompanhar as solenidades oficiais e as sessões do fórum podem se inscrever aqui. Para ter acesso gratuito à Feira e Vila Cidadã, clique aqui.

Por: Ascom/MMA

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página