Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Viveiro de Passa Quatro produzirá mudas nativas
Início do conteúdo da página

Viveiro de Passa Quatro produzirá mudas nativas

Publicado: Terça, 13 de Março de 2018, 15h39
Acordo entre a Flona e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA) de Belo Horizonte resultará na produção de 4 mil mudas nativas de espécies da Mata Atlântica e do Cerrado.
passaquadro
A Floresta Nacional de Passa Quatro e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA) de Belo Horizonte (MG) estão alinhavando uma parceria para a produção de mudas de espécies da Mata Atlântica e do Cerrado. Na parceria, ficou acordado, a princípio, um trabalho conjunto para a produção de aproximadamente 4.000 mudas de 26 espécies nativas de Mata Atlântica e Cerrado pelo viveiro florestal da Flona. A proposta é a SMMA fornecer os insumos, as embalagens e uma parte das sementes para a produção das mudas e a Flona Passa Quatro entrará com a mão-de-obra. Como contrapartida, uma parte das mudas produzidas ficará na unidade para fins de comercialização pelo ICMBio, explica o chefe da unidade, Edgard de Souza Júnior. As mudas servirão para o Projeto Montes Verdes da SMMA.

De acordo com Marcelo Vichiato, um dos idealizadores do projeto Montes Verdes, doutor em Fitotecnia e Engenheiro Agrônomo da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, as espécies nativas da região de Belo Horizonte, típicas dos biomas Cerrado e Mata Atlântica, normalmente, apresentam desenvolvimento lento e são dificilmente encontradas em quantidade e qualidades necessárias, uma vez que os viveiros comerciais concentram-se na produção de mudas de espécies voltadas à arborização pública. Afirma ainda que a produção de mudas de espécies nativas a baixo custo, boa qualidade e em quantitativo suficiente para projetos de revegetação e restauração ambiental, como o Projeto Montes Verdes, é um dos gargalos para o desenvolvimento de grandes projetos de revegetação.

Para avaliar os resultados do trabalho e planejar novas ações, profissionais da SMMA e da Fundação de Parques e Zoobotânica estiveram na Flona de Passa Quatro recentemente, coletando dados sobre o desenvolvimento das mudas em produção na unidade. De acordo com Rodrigo Teixeira, engenheiro Florestal da Fundação de Parques e Zoobotânica, a avaliação indicou excelente desenvolvimento das mudas em curto espaço de tempo, bem como alta qualidade das mudas, cuja produção comercial é pouco comum. "Por meio da parceria e com o know-how do viveiro da Flona, estão sendo produzidas mudas de alta qualidade e com baixo custo. “As mudas produzidas aqui poderão complementar a demanda por mudas de espécies nas áreas verdes de BH, que não puderem ser atendidas pelo Viveiro da Fundação Zoobotânica e por um custo bem abaixo do oferecido pelo mercado", afirma o engenheiro Rodrigo.

Para o secretário de Meio Ambiente da prefeitura de Belo Horizonte, Mário Werneck, o trabalho desenvolvido pela equipe do Projeto Montes Verdes, juntamente com a Flona de Passa Quatro, vem ao encontro das ações de plantio da SMMA, estando dispostos a ampliar o trabalho conjunto. Segundo o chefe da Flona, Edgard Júnior, uma das missões do ICMBio é justamente o apoio na preservação e recuperação da Mata Atlântica, em sintonia com o trabalho proposto pelo Projeto Montes Verdes da SSMA.


Comunicação ICMBio
(61) 20289280
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página