Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Nova edição da BioBrasil é sobre primatas
Início do conteúdo da página

Nova edição da BioBrasil é sobre primatas

Publicado: Terça, 15 de Maio de 2018, 17h08
São 14 artigos com relevantes aportes para traçar um panorama sobre a situação atual dos primatas na Amazônia.
Capa BioBrasil
A revista Biodiversidade Brasileira – BioBrasil apresenta, em sua edição temática “Pesquisa e Conservação de Primatas em Áreas Protegidas da Amazônia”, uma série de iniciativas e estudos para ampliar o conhecimento sobre esses animais, na região em que se concentra a maior diversidade mundial do grupo. Passando por resultados de expedições de inventário em 7 unidades de conservação geridas pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), até o relato da predação de cuxiú por harpia na Floresta Nacional de Saracá-Taquera e a análise da interação entre humanos e primatas. Os 14 artigos trazem relevantes aportes para traçar um panorama sobre a situação atual dos primatas na Amazônia, de modo a subsidiar a gestão das áreas protegidas e as estratégias para a conservação dessas espécies, especialmente, daquelas ameaçadas de extinção.

Essas contribuições ganham ainda mais relevância, uma vez que acaba de ser lançado o Plano de Ação Nacional para a Conservação dos Primatas Amazônicos. As informações disponibilizadas nesta edição também contribuirão para a Operação Primatas, que está sendo estruturada pela Secretaria de Biodiversidade do Ministério do Meio Ambiente e pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Primatas Brasileiros (CPB/ICMBio), juntamente com organizações da sociedade civil, como a Conservação Internacional (CI) e o Fundo Mundial para a Natureza (WWF), visando catalisar a proteção das espécies mais ameaçadas. Umas das prioridades da Operação Primatas é o fortalecimento e a integração da gestão da Reserva Biológica do Gurupi com terras indígenas daquela região da Amazônia oriental para promover a conservação das espécies criticamente ameaçadas caiarara-Ka’apor (Cebus kaapori) e cuxiu-preto (Chiropotes satanas), o que justamente é tratado em um dos artigos da edição de primatas.

Em sua 12ª edição, a BioBrasil tem se firmado como veículo de comunicação da pesquisa com a gestão da biodiversidade e das unidades de conservação. Este ano estão previstas ações para alavancar a publicação, dando-lhe mais visibilidade, como a ampliação do Conselho Editorial e sua inserção na comunidade científica latinoamericana. Para 2018 também são esperadas edições sobre caça (que recebeu um número recorde de submissão de manuscritos) e diagnóstico e manejo de áreas úmidas em áreas protegidas.

Acesse aqui para ler os artigos.

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280


registrado em: ,
Fim do conteúdo da página