Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Veadeiros assegura título de patrimônio mundial
Início do conteúdo da página

Parques Nacionais ampliam espaços de lazer

Publicado: Quarta, 16 de Maio de 2018, 16h34
Unidade de conservação da Tijuca melhoras trilhas e abre mais espaço para banho.
tiju
Os Parques Nacionais da Tijuca e do Itatiaia ampliaram os espaços de lazer para os visitantes com a aberturas de novas trilhas e pontos de banho.

No Parque da Tijuca, a trilha que leva ao Pico da Tïjuca passou por várias intervenções. Entre elas, o fechamento de atalhos, a instalação de novas placas, a retirada de pedras e degraus que estavam atrapalhando a caminhada, o plantio em partes que estavam sofrendo erosão e a instalação de drenos para a coleta de água.

"O fechamento dos atalhos é de extrema importância. Muitos deles levam ao caminho da Serra dos Pretos-Forros, onde não é permitida a entrada. Sendo assim, o visitante pode acabar se perdendo e fica mais difícil encontrá-lo. A colocação de drenos é outro grande benefício para fazer a água escoar de forma correta. A água é o principal vilão da erosão que se dá nas trilhas", explica Carlos Alberto Pereira, supervisor da área florestal do parque.

Após as intervenções, a caminhada tornou-se mais suave e a subida agora pode ser feita em 50 minutos (antes durava cerca de uma hora e meia). Atualmente, a equipe trabalha em outra trilha bastante frequentada, a que dá acesso ao Pico do Bico do Papagaio. Entre as ações estão as mesmas realizadas no Pico da Tijuca. Destaque para a construção de uma escada na parte de cima da trilha, que permite a chegada ao cume com mais facilidade. Uma outra ação em andamento é a recuperação de plantio no Morro do Taunay.

"É importante ressaltar que os voluntários do parque ajudaram muito nos mutirões. Sem o apoio deles, as ações ficariam complicadas. Os visitantes têm elogiado bastante o trabalho, afirmando que as trilhas estão mais suaves e seguras. Até a manutenção ficou mais prática", afirma Pereira. O Parque também decidiu criar novas possibilidades de áreas para banho e liberou a Cascata Gabriela (nos fundos do Restaurante Esquilo), a Cascata Baronesa (na saída do Circuito das Grutas) e o Poço da Cascatinha (na confluência da Cascatinha Taunay).
ita
Itatiaia
Por meio da Câmara Temática de Montanhismo e Ecoturismo (CTME), foram abertos para visitação no Parque Nacional do Itatiaia 2 novos atrativos localizados no maciço das Agulhas Negras. A Chapada da Lua e o Cume Sul, com capacidade especifica, separa do restante do maciço, e permite 80 pessoas por dia. O retorno destes atrativos não deve de forma alguma ser pela via Pontão ou Formigueiro, para que não seja impactada. Segundo o gestor do Parque, o objetivo destes novos atrativos é ampliar a experiência do visitante e diluir os impactos da visitação.

O Pico das Agulhas Negras atinge 2.791 metros de altitude, o ponto mais alto do parque e o quinto mais alto do país. É permitido ao visitante caminhar até a base ou seguir até o cume. O acesso é feito a partir do Abrigo Rebouças. Até a base das Agulhas Negras são 1.300 m que podem ser feitos em 45 minutos. O maciço possui 17 vias de escalada em diferentes graus de dificuldade. Certos trechos de subida exigem experiência que só são possíveis com corda de segurança. A partir do topo do maciço das Agulhas Negras é possível a visualização panorâmica da região – Vale do Paraíba, maciço das Prateleiras e planalto mineiro. Possui escalada de diferentes níveis de dificuldade, atendendo a diferentes públicos.

Com informações do jornal O Globo

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página