Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Guariba-de-mãos-ruivas volta à natureza
Início do conteúdo da página

Guariba-de-mãos-ruivas volta à natureza

Publicado: Quinta, 12 de Julho de 2018, 16h20
CPB solta espécie na Reserva Particular de Proteção à Natureza Engenho Gargaú (RPPN/Gargaú), que fica próxima ao local onde o primata foi encontrado.
ProcessamentoguaribaGerson Busss
A equipe do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Primatas Brasileiros (CPB), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), em conjunto com o Centro de Triagem de Fauna do IBAMA (CETAS-PB), realizou a soltura de mais um guariba-de-mãos-ruivas (Alouatta belzebul). Esta espécie tem distribuição disjunta, com um conjunto de populações na Amazônia oriental e outro, em poucos fragmentos, na Mata Atlântica nordestina, nos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas. De acordo com a Lista Nacional Oficial de Espécies da Fauna Ameaçadas de Extinção, a espécie é considerada Vulnerável (VU).

O indivíduo, um macho adulto, foi resgatado pela Polícia Ambiental no município de Santa Rita (PB) no dia 14 de junho e encaminhado ao CETAS/PB. Depois de avaliações, foi decidido, em conjunto com o CETAS, que o guariba estava em condições de voltar à natureza. Assim, se definiu pela soltura na Reserva Particular do Patrimônio Natural Engenho Gargaú (RPPN/Gargaú), que fica próxima ao local onde foi encontrado.

A RPPN Gargaú possui 1.058 hectares, sendo administrada pela Usina Japungu e, é uma área de soltura devidamente cadastrada no IBAMA. Além da presença do guariba-de-mãos-ruivas (Alouatta belzebul), pode-se encontrar nesta área o macaco-prego-galego (Sapajus flavius), que também está ameaçado de extinção, na categoria Em Perigo “EN”, e populações do sagui-do-nordeste (Callithrix jacchus).

O PAN PRINE é uma plano de ações emergenciais que tem como objetivo minimizar as principais ameaças, garantindo a viabilidade das populações de Alouatta belzebul e de mais cinco espécies de primatas que ocorrem na Mata Atlântica e Caatinga nordestina: Alouatta ululata, Callicebus barbarabrownae, Callicebus coimbrai, Sapajus flavius e Sapajus xanthosternos.

Acesse o vídeo feito pela equipe da soltura do guariba-de-mãos-ruivas.

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280




registrado em: ,
Fim do conteúdo da página