Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Prestadores de serviço seguirão nova normativa em Jericoacoara
Início do conteúdo da página

Resex do Cazumbá-Iracema recebe cursos do Pronatec

Publicado: Quinta, 18 de Fevereiro de 2016, 14h08
Os cursos são voltados à melhoria da produção agrícola e extrativistas


Os cursos são voltados à melhoria da produção agrícola e extrativistas

Fotos: Aurelice Vasconcelos e Alcilene Alves

Brasília (18/02/2016) - Gestores da Reserva extrativista (Resex) do Cazumbá-Iracema, unidade de conservação administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) localizada no Acre, juntamente com parceiros do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre (IFAC) e da Prefeitura Municipal de Sena Madureira (AC), abriram sete cursos profissionalizantes no final de janeiro, inclusive com a entrega de material didático em quatro comunidades da reserva.

Em 2015 o ICMBio passou a ser demandante dos cursos profissionalizantes do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), tanto que foi criado o Ptronatec Extrativismo, com cursos voltados às populações extrativistas.

“Com isso, é possível atender melhor os anseios e demandas de capacitação das comunidades e trabalhar melhor os potenciais produtivos existentes nas florestas locais. Temos a expectativa de que esses cursos impulsionem significativamente o extrativismo na Unidade, de forma organizada e qualificada”, salienta o chefe da Resex, Tiago Juruá.

Os cursos são voltados à melhoria da produção agrícola e extrativista e à criação de pequenos animais e estão sendo viabilizados pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) por meio de parceria com o IFAC e apoio da Prefeitura Municipal de Sena Madureira.

Das quatro comunidades visitadas, três já foram contempladas com cursos em anos anteriores, como é o caso da comunidade do Guarani que está recebendo agora o curso de avicultor, conforme demanda das famílias locais.

Na comunidade do Núcleo do Cazumbá, onde residem mais de 40 famílias, estão sendo ofertados três cursos: fruticultor, açaicultor e beneficiador de produtos extrativistas. Já a comunidade do Cuidado também foi contemplada com os cursos de meliponicultor e auxiliar em agroecologia.

Pela primeira vez um curso profissionalizante está sendo ofertado na comunidade Iracema, onde 20 extrativistas estão sendo capacitados em agricultura agroflorestal.

Desde 2014, quando teve início a parceria entre o ICMBio e o IFAC, já foram capacitados mais de 200 extrativistas em cursos diversos voltados à melhoria da produção e geração de renda para as famílias. A previsão é de que este ano sejam capacitados mais 140 extrativistas.

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280
ascomchicomendes@icmbio.gov.br
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página