Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Regência está mais viva do que nunca
Início do conteúdo da página

Resgatadas 48 tartarugas-da-amazônia em Anavilhanas

Publicado: Sexta, 04 de Março de 2016, 16h32
Capturados ilegalmente, animais seriam vendidos em Manaus (AM)


Capturados ilegalmente, animais seriam vendidos em Manaus (AM)

Foto: Enrique Salazar

Brasília (04/03/2016) – A equipe de fiscalização do Parque Nacional de Anavilhanas, no Amazonas, resgatou na madrugada de ontem (03/03) 48 espécimes adultos de tartaruga-da-amazônia (Podocnemis expansa) que eram transportados ilegalmente em embarcações no interior da unidade.

As embarcações (um barco de madeira de 12,6 m com motor 45 e uma lancha de alumínio de 8 m com motor 40 HP) foram apreendidas, e os infratores autuados. As multas totalizaram R$ 96 mil. Após a contagem e documentação fotográfica, os animais foram soltos no rio Negro.

Denúncia anônima

A ação foi realizada a partir de denúncia anônima. O denunciante informou com precisão hora e local de saída das embarcação da Vila de Moura (município de Barcelos) e o provável horário de passagem por Novo Airão, na área do parque.

Com base nessas informações, a equipe de fiscalização seguiu para a margem esquerda do rio Negro, nas proximidades da base do parque e aguardou a passagem dos infratores, interceptando-os.

Ao ser abordados, os infratores disseram que os quelônios (animais com casco) foram capturados no rio Jauperi e que os barcos foram carregados na foz do rio. Eles entregariam a carga em Manaus, capital do estado.

“O tráfico de quelônios na região, assim como em todo o Amazonas, é intenso e exige um grande esforço de fiscalização dos órgãos ambientais. Ações noturnas são fundamentais para coibir o ilícito”, afirmou o servidor do parque, Enrique Salazar.

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página