Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Visitação > Unidades Abertas a Visitação > Floresta Nacional de Ipanema
Início do conteúdo da página
Unidades Abertas a Visitação

Floresta Nacional de Ipanema

Monumento a Varnhagen -Osvaldo Cristo – 2004

Criada no dia 20 de maio de 1992 pelo Decreto Federal nº 530, a Floresta Nacional de Ipanema é uma Unidade de Conservação Federal, administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMBio, do Ministério do Meio Ambiente.
Localizada a 120 km da cidade de São Paulo e abrangendo parte dos municípios de Iperó, Araçoiaba da Serra e Capela do Alto, sua criação inseriu-se no contexto da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, a Eco-92 e seu aniversário de 20 anos coincide com a Conferência Rio+20. A missão da Flona de Ipanema é proteger, conservar e restaurar os remanescentes de vegetação nativa do domínio de Mata Atlântica, especialmente o Morro Araçoiaba, e seus ambientes associados, seus atributos naturais, históricos e culturais, promover o manejo florestal, o uso público e ser referência em integração socioambiental, pesquisa e disseminação de conhecimentos.

COMO CHEGAR

A Floresta Nacional de Ipanema localiza-se no interior do estado de São Paulo, a 120 km da capital. Fica a aproximadamente 15 km da cidade de Sorocaba.
Os dois principais acessos à Flona são pelo Km 99-B da Rodovia Castello Branco (SP-280), passando a cidade de Sorocaba (entrada pela Portaria 1 - coordenadas geográficas 23º 25' 24" S / 47º 35' 45" O), ou pelo Km 112 da Rodovia Raposo Tavares (SP-270), antes da entrada de Araçoiaba da Serra (entrada pela Portaria 2 - coordenadas geográficas 23º 27' 24" S / 47º 35' 30" O).
Endereço para correspondência:
Caixa Postal 217 - Centro - Araçoiaba da Serra - SP - CEP: 18190-970.
Tel.: 15 3266-9099 (Centro de Visitantes) e 15 3459-9220 (Administração).

Horário de visitação

A Floresta Nacional de Ipanema funciona de terça a domingo, das 08:00 às 16:00 (com saída até 17:00) para visitas espontâneas e de terça a sábado, no mesmo horário, para visitas de grupos, escolas e universidades pré-agendados.

O valor do ingresso, por pessoa, é de R$ 7,00.
Menores de até 12 anos e maiores de 60 anos são isentos da taxa de ingresso, assim como instituições de ensino pré-agendadas que realizem na Flona atividades de educação ambiental, conforme a Portaria MMA nº 366/2009.

Taxa de condução de visitantes:
As duas trilhas atualmente em uso e o Monumento a Varnhagen são áreas de visitação condicionadas ao acompanhamento de condutores de visitantes. O serviço de condução é contratado pelo visitante, por trilha, diretamente com os condutores, independente do valor recolhido pelo ingresso a UC. Os condutores são autônomos e a visita guiada custa R$ 50,00 por trilha por grupos de até 10 pessoas. A partir de 10 pessoas, o valor fica em R$ 5,00 por pessoa. O passeio na trilha histórica, na Vila de São João de Ipanema, pode ser feito individualmente (autoguiado) ou com acompanhamento de condutor de visitantes (R$ 3,00 por pessoa).
Há a possibilidade de agendamento prévio de trilha pelo telefone (15) 3266-9099 (Centro de Visitantes).

Universidades e escolas públicas podem solicitar isenção da taxa de ingresso quando forem realizar atividades inseridas em seus projetos pedagógicos.
Para solicitação da isenção é necessário que o responsável pela instituição envie para a Flona um ofício, em papel timbrado da instituição, com os seguintes dados:
  • pedido de isenção;
  • número de alunos;
  • número de professores;
  • data da visita e horário de chegada;
  • objetivo da visita (Projeto Pedagógico);
  • nome do professor responsável e telefone para contato.

Para isenção da taxa, é pré-requisito o acompanhamento mínimo de 1 (um) professor para cada 15 (quinze) alunos.
O objetivo da visita deve estar claramente exposto, pois não isentamos escolas que tenham interesse apenas em passeios voltados ao lazer.
Este documento deve ser enviado aos cuidados de Alexandre Cordeiro, chefe da Floresta Nacional de Ipanema. O documento pode ser enviado por e-mail ( flonaipanema.sp@icmbio.gov.br) ou por fax para o tel. (15) 3459-9220.
A isenção só é fornecida para instituições de ensino federais, estaduais ou municipais. Após recebermos o ofício, efetuaremos a análise do pedido e o pré agendamento. Caso o pedido seja aprovado, entraremos em contato com a instituição para confirmação. No dia da visita é necessário que nos seja entregue o documento original, assinado, para que possamos efetuar a autorização da isenção do pagamento. Sem o documento original não isentaremos da taxa de entrada em hipótese alguma, pois o procedimento de isenção segue padrões que dependem do ofício original.
Se aprovada, a isenção será somente da taxa de ingresso e não da taxa de condução de visitantes. Caso queira fazer alguma trilha, os monitores podem ser encontrados no centro de visitantes. Os monitores são autônomos e a visita guiada custa R$ 50,00 por trilha por grupos de até 10 pessoas. A partir de 10 pessoas, o valor fica em R$ 5,00 por pessoa. Inclui-se no passeio a trilha histórica, na Vila de São João de Ipanema. Não é permitido fazer churrasco, pescar e entrar com animais domésticos. Não é possível a pernoite, não há alojamentos. Qualquer dúvida, entre em contato com o Centro de Visitantes da Flona de Ipanema, pelo telefone (15) 3266-9099.

Agendamentos

A Floresta Nacional de Ipanema é aberta a grupos e instituições de ensino pré-agendadas, de terças-feiras a sábados.
O agendamento deve ser realizado por telefone, no Centro de Visitantes (15) 3266-9099. A capacidade de recepção de grupos agendados é de no máximo 200 pessoas por dia.

As atividades de visitação realizadas na Flona de Ipanema têm nos fatos históricos seu principal eixo temático, e normalmente são associadas às visitas aos monumentos do Sítio Histórico. Essas atividades são complementadas com percursos de caminhadas em trilhas naturais, sobretudo na Mata Atlântica, e de recreação na área de lazer, onde podem ser encontrados quiosques, playground e um circuito de arvorismo.
Atualmente há duas áreas específicas de visitação na Flona de Ipanema dentro dos limites da Zona de Uso Público:
  • Sítio Histórico;
  • Circuito de Arvorismo (atualmente fechado para manutenção);
  • Área de Laze;.
  • As demais áreas de visitação estão localizadas em áreas classificadas como Zona Primitiva. São elas;
  • Trilha Afonso Sardinha;
  • Trilha Pedra Santa;
  • Monumento a Varnhagen.
As ruínas dos Fornos de Afonso Sardinha podem ser visitadas através do percurso de caminhada da trilha que recebe seu nome - Trilha Afonso Sardinha. A Gruta do Monge, Cruz de Ferro da Pedra Branca e o Monumento a Varnhagen podem ser visitados através do percurso de caminhada da Trilha Pedra Santa.Apesar de poder ser acessado isoladamente, por rota alternativa, a pé ou veículo da Unidade, o Monumento à Varnhagen é o ponto final da Trilha Pedra Santa, sendo visitado em seu percurso.
As duas trilhas atualmente em uso, e o Monumento a Varnhagen são áreas de visitação condicionadas ao acompanhamento de condutores de visitantes. O serviço de condução é contratado pelo visitante, por trilha, diretamente com os condutores, independente do valor recolhido pelo ingresso a UC.
Todas as atividades partem obrigatoriamente do Centro de Visitantes e as visitas raramente se restringem a uma única área, em função da proximidade entre elas e do tempo destinado as atividades.
Devido a localização e apelo visual, o Sítio Histórico, mesmo que não seja percorrido em toda a sua extensão, e nem mesmo seja a motivação original do visitante, é uma área de visitação obrigatória durante sua permanência na UC.
O Sítio Histórico da Floresta Nacional de Ipanema reúne construções de diversos períodos da história da siderurgia brasileira. As construções datam de 1811 (quando da construção dos fornos de Hedberg) a 1913 (período de atuação do engenheiro Elias Marcondes Homem de Mello - fornos de carvão, tipo "colméia").
As delimitações atuais do Sítio Histórico dentro da Zona de Uso Público incluem os seguintes monumentos/edificações:
  • Alto Forno Mursa
  • Altos Fornos Geminados
  • Antiga Sede Administrativa
  • Casa da Guarda
  • Casa das Armas Brancas
  • Cruz de Ferro
  • Depósito de Arreios
  • Fornos de Carvão
  • Ponte Articulada
  • Relógio de Sol
  • Represa Hedberg
  • Oficina de Modelagem
  • Engenho de Serrar
  • Cemitério Protestante.
Vale ressaltar que o Cemitério Protestante não se localiza próximo ao conjunto descrito, seu acesso é feito via uma das Zonas de Recuperação, que divide a Zona de Uso Público, distante aproximadamente 1,5 Km do conjunto principal do Sítio Histórico.
Temporariamente o restaurante da Flona não está funcionando.

Na Flona você poderá fazer:

  • Caminhadas em trilhas na Mata Atlântica e Cerrado;
  • Visitas aos sítios históricos e monumentos;
  • Picnics nas áreas de lazer;
  • Arborismo.

A Flona de Ipanema possui dois portões de acesso, nos quais o visitante é instruído a se dirigir diretamente ao Centro de Visitantes, antes do início do passeio.

O Centro de Visitantes oferece estacionamento para veículos, acesso a sanitários masculino e feminino, sanitários para portadores de necessidades especiais, fraldário, bebedouro de água filtrada e área de descanso.

A Flona possui cinco quiosques cobertos na Área de Lazer. Os quiosques possuem mesa para lanches e torneira. O uso dos quiosques é livre e não é possível a reserva dos mesmos. Nos quiosques não há churrasqueiras e não é permitido utilizar churrasqueiras portáteis.

O acesso e a circulação entre os monumentos são feitos por via pavimentada ou por áreas gramadas. Há áreas de estacionamento no Centro de Visitantes e próximo à Casa das Armas Brancas.

Para o atendimento das necessidades dos visitantes, o Sítio Histórico conta com sanitários masculino e feminino, instalados na Antiga Sede Administrativa e na Área de Lazer, próximo aos quiosques.

Atenção: o restaurante da Flona está temporariamente fechado.

 

QUANDO IR

O ano inteiro, exceto nos dias em que a Flona permanece fechada (visite o site da Flona de Ipanema - http://www.icmbio.gov.br/flonaipanema - para obter informações sobre o calendário de funcionamento da Unidade).

Não é permitido fazer churrasco, pescar e entrar com animais domésticos na Flona de Ipanema.

Assim que entrar na Flona, o visitante deve se dirigir ao Centro de Visitantes para adquirir seu ingresso e assinar o Termo de Reconhecimento de Riscos.

As duas trilhas atualmente em uso e o Monumento a Varnhagen são áreas de visitação condicionadas ao acompanhamento de condutores de visitantes. O serviço de condução é contratado pelo visitante, por trilha, diretamente com os condutores, independente do valor recolhido pelo ingresso a UC.

Normas de visitação

O ordenamento e o controle das atividades de uso público na Flona de Ipanema são realizados em conformidade com o estabelecido em seu Plano de Manejo.

A Floresta Nacional de Ipanema funciona de terça a domingo, das 08:00 às 16:00 (com saída até 17:00) para visitas espontâneas e de terça a sábado, no mesmo horário, para visitas de grupos, escolas e universidades pré-agendados.

O funcionamento ou fechamento em feriados e pontos facultativos serão autorizados especificamente pelo chefe da unidade. No caso de solicitações especiais para realização de passeios e atividades em outros horários, a decisão caberá à chefia da Flona que emitirá autorização prévia e específica.

O valor do ingresso e critérios de isenção estão previstos na Portaria MMA nº 366 de 07 de outubro de 2009, atualizada pela Portaria ICMBio nº 135 de 30 de dezembro de 2010.

Ao entrar na unidade, o visitante deve se dirigir imediatamente ao Centro de Visitantes, onde deverá ser paga a taxa de ingressa ou autorizada a isenção. No local, o visitante deve assinar o Termo de Reconhecimento de Riscos e receberá uma pulseira colorida de identificação que deverá usar durante sua permanência na Flona.

A velocidade máxima permitida para veículos no interior da unidade é de 40 Km/h na estrada principal e 20 km/h na Vila de São João de Ipanema.

Os visitantes da Flona deverão assumir integralmente os riscos provenientes de sua conduta, inerentes à prática de atividades esportivas e ao lazer em ambientes naturais, tanto no que se refere à sua própria segurança e integridade física quanto à integridade dos atributos ambientais e/ou infra-estrutura existente na unidade.

As trilhas abertas à visitação são:

  • Trilha Histórica;
  • Trilha da Pedra Santa;
  • Trilha Afonso Sardinha.

Na Trilha Histórica é opcional a utilização do serviço de condutores de visitantes. A trilha deve ser realizada a pé ou com veículos nos locais onde o acesso é permitido.

Nas Trilhas da Pedra Santa e Afonso Sardinha é necessária a utilização do serviço de condutores de visitantes, por se tratarem de áreas com presença de sítios arqueológicos e monumentos históricos singulares.

O acesso à entrada da Trilha Afonso Sardinha poderá ser realizado com veículos particulares dos visitantes, sempre acompanhados pelo condutor de visitantes, pela estrada de acesso ao Morro do Araçoiaba e durante a caminha na trilha, os veículos deverão permanecer estacionados próximos à cancela de acesso à trilha sem prejudicar a circulação normal da estrada.

O acesso à entrada da Trilha da Pedra Santa deverá ser realizado a pé, a não ser em casos especiais autorizados pela administração da Flona.

Durante as trilhas os condutores de visitantes e os visitantes devem obedecer à conduta consciente em ambientes naturais, sendo proibida a retirada de elementos da fauna e da flora e de materiais minerais ou orgânicos, a introdução de espécies e o uso de equipamentos sonoros, cigarros e bebidas alcoólicas.

Os passeios ciclísticos que forem realizados fora das áreas de circulação comuns ao público em geral, deverão ser acompanhados por condutores de visitantes.

  • Não é permitido fazer churrasco, pescar e entrar com animais domésticos;
  • Não é possível a pernoite de visitantes, não há alojamentos;
  • São proibidas no interior da Flona de Ipanema as seguintes atividades;
  • O trânsito e o estacionamento de veículos automotivos em locais não autorizados;
  • O trânsito de veículos movidos à tração animal, exceto quando a serviço da administração da Flona ou excepcionalmente autorizados pelo chefe da unidade;
  • A permanência de animais domésticos soltos;
  • O depósito de lixo fora dos recipientes apropriados (lixeiras);
  • A retirada total ou parcial de qualquer planta ou amostra mineral sem autorização específica para tal;
  • A caça, a pesca, a captura de animais silvestres ou a montagem de artefatos de caça, bem como proporcionar maus-tratos ou alimentação inadequada à fauna local;
  • A introdução de espécies animais ou vegetais, domésticas ou silvestres, nativas ou exóticas, sem a devida autorização, independente da forma de introdução no interior da Flona de Ipanema;
  • A prática de atividades comerciais não autorizadas;
  • A utilização de produtos químicos para banho ou lavagem de objetos em corpos hídricos naturais ou artificiais existentes no interior da Flona, assim como a captação da água para outros fins sem a devida autorização;
  • A realização de eventos nas áreas de uso público sem a devida autorização (festas, encontros religiosos e shows, dentre outros);
  • A utilização de aparelhos sonoros nas áreas de uso público, salvo com autorização expressa da administração da unidade;
  • O ateamento de fogo na vegetação, bem como o uso de fogueiras ou qualquer outra conduta que possa causar incêndio florestal ou em outras formas de vegetação nativa;
  • O acampamento fora das áreas designadas para esse fim, exceto com autorização específica do chefe da unidade;
  • A realização de caminhadas fora das trilhas existentes, exceto com autorização específica do chefe da unidade;
  • A abertura e interligação de atalhos que possam acelerar o processo erosivo das trilhas;
  • A realização de pesquisa científica sem a devida autorização do ICMBio;
  • O uso de imagem da Flona de Ipanema para fins comerciais sem a devida autorização.

 Mapa e Limites da Flona de Ipanema

Confira outras informações neste portal, na página da UC

Acesse o Site da Flona de Ipanema

 

Fim do conteúdo da página