Avaliação do risco de extinção do gato-palheiro Leopardus colocolo (Molina, 1782) no Brasil

Diego Queirolo, Lílian Bonjorne de Almeida, Beatriz de Mello Beisiegel, Tadeu Gomes de Oliveira

Resumo


No Brasil, Leopardus colocolo ocorre em baixa densidade nos biomas Cerrado, Pantanal e Pampa, principalmente nas áreas bem preservadas, sendo observada com mais freqüência nas Unidades de Conservação. O tamanho populacional efetivo calculado varia entre 1.262 a 6.394
indivíduos. Estima-se também que nos próximos 18 anos (três gerações) possa ocorrer o declínio de pelo menos 12% desta população em razão da perda e fragmentação de habitat pela expansão agrícola e silvicultura, além da predação por cães domésticos e atropelamentos. Há conectividade com as populações dos países vizinhos, mas não existem informações sobre a dinâmica fontesumidouro. Portanto, a espécie foi categorizada como Vulnerável (VU) C1. A fim de analisar a situação da espécie ao longo de sua área de distribuição, foi realizada uma avaliação por Bioma. As informações utilizadas para avaliação em cada bioma forneceram subsídios para a avaliação nacional.


Texto completo:

PDF