DEMANDAS DE MONITORAMENTO DA BIODIVERSIDADE: SISTEMATIZAÇÃO DE INFORMAÇÃO PARA A GESTÃO DAS UNIDADES DE CONSERVAÇÃO

João Gabriel Ribeiro Giovanelli, Andrezza Bellotto Nobre, Ana Elisa de Faria Bacellar-Schittini, Marcio Uehara-Prado

Resumo


As unidades de conservação resguardam uma significativa parcela da riqueza biológica existente no Brasil. Neste sentido, é evidente que demandas por conhecimento de aspectos referentes à biodiversidade e como mantê-la possuem destaque na gestão das unidades de conservação. Conhecer as demandas existentes ajuda a direcionar as ações e aprimorar o Instituto Chico Mendes no planejamento e gestão das áreas protegidas. O presente trabalho teve como objetivo identificar as demandas de monitoramento em unidades de conservação (UCs) federais e inventariar os produtos gerados no âmbito do Instituto Chico Mendes com potencial para atendê-las. No total foram sistematizadas 1181 demandas de monitoramento nos instrumentos de gestão compilados. Estudos relacionados aos temas mastofauna, avifauna e vegetação foram os mais frequentemente citados nas demandas sistematizadas. Os produtos levantados atenderam 81,5% (n = 962) das demandas compiladas, sendo que o Programa de Monitoramento da Biodiversidade in situ e projetos autorizados pelo SISBIO foram as iniciativas que atenderam à maior quantidade de demandas. A sistematização das informações presentes nos instrumentos de gestão pode subsidiar tomadas de decisão referentes ao tema monitoramento da biodiversidade, principalmente no direcionamento de iniciativas e auxiliando também a criação de novos programas para aquelas UCs não contempladas pelas iniciativas já existentes.

Texto completo:

PDF