ESTIMATIVA DO TAMANHO DE ESTOQUES PESQUEIROS DA AMAZÔNIA BASEADA EM DADOS DE CAPTURA E ESFORÇO

Urbano Lopes da Silva Junior, Marcelo Bassols Raseira, Vandick da Silva Batista, Mauro Luís Ruffino

Resumo


As abordagens tradicionais para avaliação de estoques pesqueiros têm conduzido a resultados inapropriados, devido a um conjunto de premissas que ficam ocultas quando se representa um processo biológico por números. Neste trabalho uma abordagem alternativa é utilizada para avaliar o potencial pesqueiro total da Amazônia, lidando com a incerteza da capturabilidade através de um modelo probabilístico de mistura. Os resultados mostram que o potencial pesqueiro total da região amazônica é de, no mínimo, 200 mil toneladas anuais, confirmando resultados anteriores. Desta este trabalho sugere que é necessário utilizar abordagens probabilísticas que levem mais em conta a “fishmetics”, mas que o desafio dos pesquisadores é traduzir incerteza daí advinda de uma forma que seja útil para o processo de tomada de decisão sem comprometer o rigor científico no desenvolvimento da ciência da avaliação de estoque.

Texto completo:

PDF