CEMAVE abre consulta a Tabela Nacional de Anilhamento de Aves em Cativeiro

A consulta ficará aberta até 15 de fevereiro de 2021.

A definição de padrão de marcação de animais da fauna silvestre em cativeiro, em nível nacional, é um passo importante para uma gestão de fauna eficiente. A Resolução Conama n. 487/2018 diz, em seu artigo 17 que, os diâmetros das anilhas seguirão padrão disposto em Tabela Nacional de Anilhamento de Aves em Cativeiro, a ser publicada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade.

Em vista disso, o Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Aves Silvestres - CEMAVE elaborou uma tabela preliminar que agora segue para consulta ampla e aberta à sociedade. Caso queira contribuir baixe a tabela aqui. Inclua suas sugestões na coluna em amarelo e envie a planilha para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo., informando seu nome e a sua instituição.

Mais informações

O CEMAVE é responsável, desde 1977, pelo Sistema Nacional de Anilhamento - SNA, que concentra as informações sobre anilhamento de aves brasileiras na natureza. Quase um milhão de anilhamentos já foram relatados ao SNA, havendo uma amostragem bastante representativa da maioria das espécies brasileiras, dados que foram utilizados na elaboração da Tabela Nacional de Anilhamento de Aves em Cativeiro.

No entanto, algumas espécies são pouco anilhadas na natureza, quer seja por sua raridade, quer seja por não serem capturadas facilmente. Dessa forma, não temos registro de anilhamento em natureza para algumas espécies comuns em cativeiro, sendo necessário o apoio das instituições de manejo ex situ para completarmos tais informações.

Embora a maioria das espécies não seja mantida em cativeiro, optou-se por fazer uma tabela contendo todas as espécies, ainda que algumas não possuam informações, de modo a evitar uma seleção inadequada ou incompleta. Conforme mais dados forem agregados ao Sistema, estes poderão ser incorporados à tabela.

Além da base de dados do SNA, foram consideradas informações oriundas da Confederação Brasileira de Criadores de Pássaros Nativos – COBRAP e o padrão utilizado anteriormente pelo Ibama (Instrução Normativa Ibama n. 10/2011).

Dúvidas podem ser encaminhadas para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.