Quem Somos

quemsomos floresta
Vista Aérea da Floresta Nacional Restinga de Cabedelo, onde está localizado o CEMAVE.

O Cemave é um dos 13 Centros Nacionais de Pesquisa e Conservação geridos pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), com atuação em todo território brasileiro e sede localizada na Floresta Nacional Restinga de Cabedelo, BR 230, Km 10, município de Cabedelo-Paraíba.


Um pouco de história

Desde meados dos anos 1960, são registradas iniciativas de anilhamento de aves silvestres no Brasil. Contudo, esses projetos eram de curta duração e não havia padronização nos métodos utilizados. Ciente disto, o órgão responsável pela proteção da fauna no país iniciou, entre 1977 e 1978, um projeto chamado Centro de Estudos de Migração de Aves (CEMAVE), vinculado ao Departamento de Parques Nacionais e Reservas Equivalentes deste órgão, o então IBDF (Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Florestal). Seus principais objetivos eram: divulgar a técnica de anilhamento de aves, especialmente por meio de cursos, propor uma sistematização para o anilhamento no país e realizar investigações sobre espécie migratórias que utilizavam o território nacional. Em 1989, pela fusão do IBDF com outros órgãos, é criado o IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) e três anos após sua criação o CEMAVE passa por uma intensa modificação institucional, que o transforma em um dos Centros Nacionais para a Conservação e Manejo de Fauna do novo Instituto. O CEMAVE, com este novo escopo, passa então a colaborar intensamente com a agenda conservacionista e de manejo de aves silvestres. Em 2007 é criado, a partir do IBAMA, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o Centro é renomeado para Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Aves Silvestres, agregando às suas atividades, a coordenação dos Planos de Ação Nacional para a Conservação e a elaboração da lista oficial de espécies de aves ameaçadas do Brasil.

 logos

Coordenadores/chefes do CEMAVE

Renato Petry Leal (IBDF)

Paulo de Tarso Zuquim Antas (IBDF/IBAMA)

Albano Schulz Neto (IBAMA)

Monica Koch (IBAMA)

João Luiz Xavier do Nascimento (IBAMA/ICMBio)

Priscilla Prudente do Amaral (ICMBio)