Ir direto para menu de acessibilidade.

Início do conteúdo da página

Projetos de Monitoramento de Praias - PMP

Como ações de monitoramento vinculadas ao licenciamento ambiental surgiram em 2001-2002, ainda com caráter de curta duração, a partir da necessidade de realizar ou intensificar o monitoramento de praias para registro de ocorrências reprodutivas e não reprodutivas de tartarugas marinhas, como forma de obter informações que permitissem avaliar e mitigar os possíveis impactos. Os dados do PMP são uma ferramenta importante de apoio a recuperação de decisão por parte dos órgãos federais e estaduais de meio ambiente.

Atualmente, há vários Projetos de Monitoramento de Praias - PMPs sendo anteriores como condicionantes de processos de licenciamento ambiental, principalmente nas atividades de pesquisa e exploração de hidrocarboneto - exploração e produção de óleo e gás natural em área marinha (offshore).

Destacam-se os PMPs decorrentes de processos de licenciamento ambiental das atividades da indústria petrolífera, conduzidos pelo IBAMA, em execução pela Petrobras, que abrangem de forma quase contínua a linha de costa entre Laguna / SC e Conceição da Barra / ES, totalizando 2.788 km . Na região Nordeste, abrange dois trechos de linha da costa: (i) 275 km do norte da Bahia (Sítio do Conde) até o sul de Alagoas (Pontal do Peba) e (ii) 325 km da costa norte do Rio Grande do Norte (Caiçara do Norte) até Aquiraz / CE.

PMP

Bacia de Santos (PMP-BS)

A área de abrangência do projeto engloba os municípios litorâneos dos estados de Santa Catarina, Paraná, São Paulo e do Rio de Janeiro. A extensa área a ser monitorada (mais de 1.500 km de costa) é divida em PMP-BS Área SC/PR (cuja execução é coordenada pela Univali), PMP-BS Área SP (cuja execução é coordenada pela empresa Mineral) e PMP-BS Área RJ (cuja execução é coordenada pela empresa Econservation).
Telefone em caso de avistamento: Fone: PMP-BS Área SC/PR e Área SP (entre Laguna/SC e Ubatuba/SP): 0800-6423341; Fone: PMP-BS Área RJ (entre Paraty e Saquarema): 0800-9995151;
Link para mais informações

Bacia de Campos-Espírito Santo (PMP-BC/ES)

O Projeto de Monitoramento de Praias das Bacias de Campos e Espírito Santo (PMP-BC/ES) iniciou suas atividades em outubro de 2010, abrangendo os municípios litorâneos de todo o estado do Espírito Santo (Conceição da Barra a Presidente Kennedy) e do norte do Rio de Janeiro (São Francisco de Itabapoana a Saquarema), totalizando aproximadamente 687 km de praia, envolvendo uma variedade de ambientes costeiros, diferentes morfologias de praia, níveis distintos de uso e ocupação do solo, além da atuação das instituições que previamente já desenvolviam atividades voltadas à conservação marinha na região de atuação deste Projeto. Atualmente, este PMP é executado pela empresa de consultoria CTA Meio Ambiente.
Telefone em caso de avistamento: Fone: 0800 026 2828 – Norte do Rio de Janeiro Fone: 0800 039 5005 – Espírito Santo
Link para mais informações

Bacia Sergipe-Alagoas (PMP-SE/AL)

O Programa de Monitoramento de Praias da Bacia de Sergipe-Alagoas (anteriormente denominado Programa Regional de Monitoramento de Encalhes e Normalidades - PRMEA) é executado na área de abrangência da Bacia Sedimentar Sergipe-Alagoas, por meio de monitoramento diário de sete trechos de praia distribuídos entre o Pontal do Peba, litoral sul de Alagoas e Sítio do Conde, litoral norte da Bahia, totalizando aproximadamente 270 km. E vem sendo executado pela empresa Visão Ambiental.
Telefone em caso de avistamento: 0800 079-3434.
Link para mais informações

Bacia de Potiguar (PMP-BP)

O Projeto de Monitoramento de Praias do Litoral dos estados do Rio Grande no Norte e Ceará (Bacia Potiguar) – PMP-BP – é realizado entre os municípios de Aquiraz/CE e Caiçara do Norte/RN, contemplando quatorze municípios na sua área de abrangência - oito municípios no Estado do Rio Grande do Norte (Caiçara do Norte, Galinhos, Guamaré, Macau, Porto do Mangue, Areia Branca, Grossos e Tibau) e seis municípios no Estado do Ceará (Icapuí, Aracati, Fortim, Beberibe, Cascavel e Aquiraz). A Control Ambiental desenvolve o PMP-BP em parceria com o Projeto Cetáceos da Costa Branca (PCCB) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).
Telefone em caso de avistamento: 0800 642 3341
Link para mais informações .

 

Fim do conteúdo da página