Ir direto para menu de acessibilidade.

Início do conteúdo da página

Base Avançada do Centro TAMAR/ICMBio em Guriri constata fragmentos de óleo nas praias

Publicado em 14-10-2022 | Visitas: 96

Vitória (14.10.22) - Desde anteontem (12.10), a Base Avançada do TAMAR/ICMBio em Guriri passou a encontrar fragmentos de óleo nas praias de Itaúnas, em Conceição da Barra/ES, e Guriri, em São Mateus/ES.

Um grupo interinstitucional que foi criado à época do desastre ambiental de vazamento de óleo nas praias do Nordeste, em 2019, foi reativado, composto dentre outras instituições por Capitania dos Portos/Marinha do Brasil, SEAMA/IEMA, ICMBio/Tamar, e prefeituras e polícias ambientais dos municípios afetados, de modo a manter a troca de informações acerca do uso de protocolos comuns de recolhimento do material, e encaminhamento para análises, além do fornecimento de dados em âmbito nacional, considerando que este fenômeno engloba da costa do nordeste à costa sudeste.


Pescadores que estão voltando do mar têm relatado que o óleo foi visto na forma de uma linha ou mancha em frente aos municípios de Conceição da Barra e Guriri, no ES. Fragmentos já estão sendo recolhidos nessas localidades - em diversos pontos de Barra Nova até Conceição da Barra, visando identificação do material e mesmo limpeza das praias.


Neste momento o Centro TAMAR/ICMBio e seus parceiros acompanham o início da temporada reprodutiva em todo o litoral, mas sem nenhum registro de óleo em tartarugas marinhas até o momento.


“A temporada de desovas teve início em Guriri em região, em setembro, mas até o momento nenhuma tartaruga foi encontrada oleada”, explica a analista ambiental do Centro TAMAR/ICMBio em Guriri e médica veterinária Kelly Bonach. As manchas podem ser registradas nas praias e relatadas pela sociedade por meio de um aplicativo desenvolvido pelo Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam).


Por meio do App ‘Censipam’, que pode ser baixado do App Store, qualquer pessoa que queira contribuir com registros de óleo e fauna oleada estarão auxiliando as autoridades competentes na melhor identificação dessas áreas afetadas e na tomada de decisões para mitigar tais impactos.


Caso encontre algum animal oleado, o cidadão deve acionar o Programa de Monitoramento de Praias-PMP Bacia de Campos-ES, por meio do 0800 039 5005.


Comunicação Centro TAMAR-ICMBio
27 3222-1417 ou 4775

registrado em:
Fim do conteúdo da página