Destaques

14/07/21

Ação de fiscalização multa seis pessoas por pesca ilegal na Estação Ecológica de Tamoios

A ação ocorreu durante o sábado, quando foram apreendidos os materiais de pesca e um cidadão foi conduzido à delegacia em Angra dos Reis

11/06/21

Resultado do processo seletivo simplificado para contratação de agentes temporários ambientais

Veja os candidatos que foram selecionados e classificados para as vagas

31/05/21

Pré-seleção dos candidatos às vagas temporárias é publicada no NGI ICMBio Paraty

Ata de homologação contém os candidatos que foram classificados nos testes físicos TAF e Thufa

24/05/21

RESULTADO do processo seletivo simplificado 2021 é publicado

A fase de provas práticas começa nesta terça-feira, 25 de maio de 2021

11/05/21

Publicado edital para processo seletivo no NGI ICMBio Paraty

Há vagas para servidores temporários nas três unidades que compõem o NGI

19/03/21

Operação conjunta do ICMBio, Ibama e Polícia Federal combate a pesca ilegal na Estação Ecológica de Tamoios, em Angra dos Reis/RJ

 Três homens foram presos por pescar no interior da unidade de conservação, onde a atividade é proibida

15/09/20

Pinguins encalhados são devolvidos à natureza no entorno da Esec de Tamoios e APA de Cairuçu, no Sul Fluminense

Os animais fazem parte do Programa De Monitoramento de Praias, que promove a reabilitação dos animais e soltura na natureza.

21/07/20

Núcleo de Gestão Integrada ICMBio Paraty unifica a gestão das três unidades federais do território no sul fluminense

Pedra da Macela Foto Adriana

Criado em maio de 2020, núcleo é composto pela Área de Proteção Ambiental (APA) de Cairuçu, pelo Parque Nacional da Serra da Bocaina (PNSB), e pela Estação Ecológica (Esec) de Tamoios.

A criação do Núcleo do Gestão Integrada - NGI ICMBio Paraty (Portaria ICMBio n. 431/2020) unificou a gestão das três unidades de conservação federal do território que são gerenciadas pelo ICMBio: a Área de Proteção Ambiental (APA) de Cairuçu, o Parque Nacional da Serra da Bocaina (PNSB), e a Estação Ecológica (Esec) de Tamoios. A partir dessa data, os servidores passam a compor a equipe do núcleo e a trabalhar nas três unidades, cujos objetivos de criação e instrumentos de gestão, como por exemplo os planos de manejo, continuam mantidos.

Designado no final de maio, o servidor Mario Douglas Fortini de Oliveira responde como chefe do NGI ICMBio Paraty e está empenhado em integrar as antigas equipes e as atividades das unidades. "Desde que assumi a chefia do parque, busquei conhecer e compreender este território amplo, diverso e complexo. Após três anos e meio, considero este conjunto de unidades de conservação único, com especificidades que não são encontradas em outras espalhadas pelo país. Gerenciar o parque já era um grande desafio, agora, ele ficou ainda maior", comentou Mario Douglas.

Tendo em vista que as três unidades continuam existindo, em princípio serão mantidos os seus conselhos gestores exatamente como estão configurados hoje. A única alteração é que a presidência dos três conselhos passa a ser ocupada pelo chefe do NGI ICMBio Paraty.

O núcleo será organizado em áreas temáticas, que estão descritas no seu regimento interno. O documento foi elaborado pelos servidores e encaminhado para apreciação da presidência do instituto no início deste mês. Além de otimizar os recursos humanos e financeiros, o objetivo da criação do NGI é integrar os processos de gestão. "Alguma integração já vinha acontecendo naturalmente, pois as sobreposições territoriais das unidades provocavam isso. A partir de agora será possível pensar as ações do ICMBio de forma mais ampla no território" conclui o chefe do NGI.

Talitha Pires

Analista ambiental do NGI ICMBio Paraty

 

Foto: Adriana Gomes/ICMBio

04/03/20

ESTAÇÃO ECOLÓGICA DE TAMOIOS: 30 ANOS CONSERVANDO A BAÍA DA ILHA GRANDE/RJ

Em alusão ao aniversário dos 30 anos de criação da Estação Ecológica de Tamoios, por meio da publicação do Decreto 98.864 de 23 de janeiro de 1990, a equipe da unidade de conservação elaborou um Relatório Sintético, ilustrado e resumido, das ações implementadas nestas três décadas de gestão, ressaltando os avanços e os resultados de efetivação dos programas indicados no Plano de Manejo desta área natural protegida.

Este material serve como instrumento transparente de prestação de contas junto a sociedade regional e documento de divulgação e esclarecimento do trabalho desenvolvido pela unidade e pelo órgão responsável pela sua administração.

Com satisfação, disponibilizamos o Relatório para conhecimento:

ESTAÇÃO ECOLÓGICA DE TAMOIOS: 30 ANOS CONSERVANDO A BAÍA DA ILHA GRANDE/RJ

capa 30 anos

07/02/20

NOTA DE ESCLARECIMENTO

30 anos

A ESTAÇÃO ECOLÓGICA DE TAMOIOS/ICMBIO vem a público esclarecer que apesar da publicação da Portaria ICMBio Nº 91, de 4/02/2020, PERMANECEM PROIBIDAS nas áreas desta Unidade de Conservação QUAISQUER MODALIDADES DE PESCA.


Os infratores estão sujeitos às sanções previstas em lei (multa, apreensão do pescado, da embarcação e dos petrechos de pesca, além de processo criminal na Justiça Federal).


A ESEC Tamoios, criada há 30 anos, é uma unidade de conservação de Proteção Integral cujo principal objetivo é a proteção da natureza não sendo permitido o uso direto dos recursos naturais.