destaque parnaabrolhos2


Parque Nacional Marinho de AbroLhos

Primeiro Parque Nacional Marinho do Brasil, criado em 1983

Abrolhos representa um marco para a conservação marinha no país. Em 06 de abril de 1983, por meio do Decreto Federal nº 88218 foi criado o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos (PARNA MAR Abrolhos). Desde então, 87.943 hectares desta Unidade de Conservação (UC) ajudam a proteger a região com a maior biodiversidade marinha do Brasil e do Atlântico Sul. O Parque é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMBio, autarquia federal ligada ao Ministério do Meio Ambiente.

O Parque Nacional Marinho dos Abrolhos é dividido em dois polígonos:

1) Uma área a 70 km da costa de Caravelas-BA, que engloba o Parcel dos Abrolhos, formado por um complexo de milhares de chapeirões, estruturas recifais únicas encontradas somente na região do Banco dos Abrolhos.

E também, o Arquipélago dos Abrolhos, composto pelas ilhas:

  • Ilha Redonda
  • Ilha Siriba
  • Ilha Sueste
  • Ilha Guarita
  • Ilha Santa Bárbara (excluída dos limites do parque e sob jurisdição da Marinha do Brasil)

cinco ilhas2

2)  Uma área que engloba parte do arco recifal costeiro, localizada entre os municípios de Alcobaça e Prado (BA), abrangendo o Recife de Timbebas.

timbebastimbebas2

 

A maior biodiversidade marinha do Brasil!

O PARNA MAR Abrolhos protege uma porção significativa do maior banco de corais e mais importante berçário das baleias jubartes do Atlântico Sul, além de espécies de tartarugas marinhas, aves marinhas e uma infinidade de peixes e invertebrados que compõem a maior biodiversidade marinha do Brasil e do Atlântico Sul. A região despertou grande curiosidade de Charles Darwin e outros cientistas e ilustres navegantes como Américo Vespúcio, que já estiveram no local.

Um levantamento da biodiversidade da região registrou aproximadamente 1.300 espécies, 45 delas consideradas ameaçadas, segundo listas da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) e do Ministério do Meio Ambiente (MMA).

Destaques da nossa Biodiversidade:

  • O parque protege o principal berçário das baleias jubarte no Atlântico Sul, que migram para o Banco dos Abrolhos para se reproduzirem e ter seus filhotes (de junho à novembro). 

jubarte

  • É a única região do planeta onde é possível encontrar o coral-cérebro (Mussismilia braziliensis), conhecido por seu aspecto peculiar. 

coral cerebro

  • Abrolhos também abriga diversas espécies de tartarugas marinhas ameaçadas como as tartarugas cabeçuda, verde e de pente. Além dessas, pode-se ser surpreendido pela a tartaruga-de-couro, a de mais raridade entre as espécies na região.

tartaruga 2

  • As ilhas são o habitat de diversas espécies de aves marinhas, residentes e migratórias, dentre elas: a grazina do bico vermelho, atobás brancos e marrons, fragatas e beneditos.. 

aves

  • Espécies de peixes e invertebrados com grande valor ecológico e socioeconômico são encontrados em abundância no interior do Parque, como badejos, budiões, lagostas, entre outros.

peixes 1

 

A importância do Parque para a economia da região

Dados de monitoramento pesqueiro mostram que a pesca nas regiões vizinhas à Unidade de Conservação (UC) movimenta mais de R$ 100 milhões por ano, o que representa 10% da receita da atividade no Brasil. O Parque assegura a procriação das espécies contribuindo para a manutenção da pesca nas regiões vizinhas, que é o meio de subsistência para cerca de 20 mil pessoas na região.

O turismo é outra expressão da importância econômica da Unidade de Conservação. O fluxo turístico gerado pelo Parque garante centenas de empregos em hotéis, pousadas, restaurantes e demais atividades ligadas ao setor. turismo representa 20% do PIB dos municípios da Costa das Baleias [1]. onde mais de 90% dos turistas que visitam a região tem como motivação principal os atrativos naturais [2]. As águas claras de temperatura amena, naufrágios e a rica fauna marinha, fazem do Parque dos Abrolhos o atrativo natural mais importante da Costa das Baleias.

✅Quando estiver visitando a região, contrate serviços e consuma produtos da comunidade local, você estará ajudando a economia de diversas famílias que vivem do turismo e ajudam na preservação dessa enorme biodiversidade que é de todos nós!

Referências:

[1] Programa de Desenvolvimento de Turismo (PRODETUR)

[2] Pesquisas da BAHIATURSA

btn institucional

btn topo

Principais Atrativos

São diversos os atrativos do Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, a maioria deles são desfrutados por meio de passeios embarcados. E as duas principais formas de se fazer este passeio, são:

batevolta21. Passeio Bate-volta (~07h às 18h)                    pernoite22. Passeio com pernoite - Live aboard (de 2 a 4 dias)

Conheça as principais atrações do Parque dos Abrolhos e como conhecê-los.

Visitação ao Arquipélago dos Abrolhos

Localizado a cerca de 70 km de Caravelas-BA, o Arquipélago dos Abrolhos é composto por um conjunto de cinco ilhas de origem vulcânica: Redonda, Siriba, Guarita, Sueste e Santa Bárbara. Nesta última, sob jurisdição da Marinha do Brasil, é mantido desde 1861 o Farol de Abrolhos.

farol 2

Conheça aqui as empresas que possuem autorização para realizar passeios até o arquipélago dos Abrolhos.

batevolta2Passeio Bate-Volta

pernoite2Passeio Pernoite

 

➡️ Mergulho livre (apnéia) e mergulho autônomo

Mergulho Fernando Moraes 00007 Easy-Resize.comMergulho Marcovaldi 00001 Easy-Resize.comMergulho Marcovaldi 00011 Easy-Resize.comMergulho Natura 00013 Easy-Resize.com

A observação do fundo mar na área de maior biodiversidade marinha do Brasil proporciona uma rica experiência aos visitantes. Seja em águas rasas ao redor das ilhas do Arquipélago, seja em áreas mais profundas, é possível observar peixes recifais, corais, gorgônias, tartarugas marinhas entre tantos outros.

foto mergulho

O Parque abriga ainda 03 naufrágios abertos à visitação, e uma extensa área de chapeirões - formações recifais únicas, em formato de grandes cogumelos de até 30 metros.

Mergulho Marcovaldi 00009 Easy-Resize.comMergulho Fernando Moraes 00001 Easy-Resize.com

 

O mergulho livre e snorkeling, pode ser realizado em diversas áreas do Arquipélago, principalmente nas ilhas Siriba e Santa Bárbara, próximo aos fundeadouros. O mergulhador tem a oportunidade de observar a rica diversidade de tartarugas marinhas, peixes recifais, invertebrados, algas e corais.

batevolta2Passeio Bate-Volta

pernoite2Passeio Pernoite

O mergulho autônomo permite ao visitante, além disso, mergulhar em naufrágios, cavernas e chapeirões, além de mergulhos noturnos no Arquipélago.

pernoite2Passeio Pernoite

Trilha subaquática do Chapeirão Mau-Mau: próximo à ilha Santa Bárbara, o chapeirão Mau-Mau oferece a oportunidade de um mergulho noturno nesta estrutura única. A trilha apresenta pontos de interesse identificados e um sistema de cabeamento para ampliar a segurança e auxiliar na interpretação ambiental aos visitantes.

pernoite2Passeio Pernoite

* Fique atento! O mergulho no Parque somente pode ser realizado em locais pré-estabelecidos e acompanhado de condutor de visitantes autorizado pelo Parque.

Ponto de mergulho PNM Abrolhos Easy-Resize.com

 

➡️ Observação de Baleias Jubarte

Estas gigantes do Oceano iniciam sua migração para a costa brasileira ao final do verão Antártico, onde passaram cerca de 4 meses se alimentando. Chegam ao Banco dos Abrolhos em meados de junho, atraídas pelas águas claras, quentes e rasas desta região. Aqui, a população de aproximadamente 20.000 baleias-jubarte se reproduz e tem seus filhotes. Permanece até novembro, nos presenteando ao longo deste período com a chance de observar o espetáculo destes fascinantes mamíferos.

O Parque Nacional Marinho dos Abrolhos é um dos pontos mais privilegiados do mundo para a observação de baleias. Os meses de maior número de avistagens são agosto e setembro.

Além das baleias-jubarte, outros cetáceos são avistados nas águas de Abrolhos, como os golfinhos de dentes-rugosos, golfinhos nariz-de-garrafa e botos-cinza, além da baleia franca austral e a baleia minke.

Jubarte 1Jubarte 2

Atenção:

As operadoras credenciadas devem seguir as normas de avistagem das baleias:

(i) a aproximação deve ser realizada pela lateral do grupo;

(ii) manter a distância mínima de 100m dos animais;

(iii) não perseguir o grupo por mais de 30 minutos;

(iv) não interromper a rota de navegação dos animais;

(v) um máximo de duas embarcações deve se aproximar do grupo.

Para garantir o bem-estar dos animais e evitar o risco de acidentes, a legislação brasileira proíbe o mergulho com baleias e golfinhos. A distância mínima de 50 metros dos animais deve ser respeitada (Portaria IBAMA 117/1996).

batevolta2Passeio Bate-Volta

pernoite2Passeio Pernoite

 

➡️ Observação de aves

O visual paisagístico do arquipélago é algo deslumbrante, e o espaço aéreo é amplamente ocupado e muito rico. As ilhas abrigam importantes ninhais de aves marinhas, distribuídos de diferentes maneiras entre as diferentes ilhas:

Ilha Siriba: é possível observar e caminhar bem próximo a ninhais do atobá-branco ou mascarado e das grazinas do bico vermelho;

Ilha Redonda: destaca-se a maior colônia reprodutiva das Fragatas no Arquipélago. Abriga ainda ninhos de Atobás Brancos e Marrons e de Grazinas,

Ilha Guarita: área intangível do Parque, abriga um grande ninhal de Beneditos, ou Viuvinhas, que ocupam a ilha em sua totalidade entre os meses de março a setembro

Ilha Sueste: área intangível e mais isolada, abriga a principal colônia dos Atobás Marrom no Arquipélago e mais ninhos de todas as outras espécies

Anous stolidus Marcos Amend00002 Easy-Resize.comFregata magnificens - Adulto Repinaldo 00002 Easy-Resize.comPhaeton aethereus - Voo Berna 00001 Easy-Resize.comSterna hirundo Repinaldo 00003 Easy-Resize.comSula dactylatra - Casal Lucas 00003 Easy-Resize.comSula leucogaster - Ninhal Lucas 00001 Easy-Resize.com

batevolta2Passeio Bate-Volta

pernoite2Passeio Pernoite

 

➡️ Trilha Guiada na Ilha Siriba

A trilha guiada na ilha Siriba, com cerca de 1.600 metros, permite o desembarque do turista em terra firme, além do contato próximo com um ninhal de Atobás-brancos e a Grazina do bico vermelho, aves marinhas residentes do Arquipélago.

Sula dactylatra - N1  Ovo Rafaela 00001 Easy-Resize.comSula leucogaster - Ninhal Lucas 00001 Easy-Resize.com

A caminhada é assistida por membros da equipe do ICMBio e condutores de visitantes autorizados, que enriquecem o passeio com informações sobre as ilhas e sua biodiversidade.

trilha 1trilha 2

Atenção: aproveite melhor a experiência utilizando calçados confortáveis e estáveis para proteger os pés. Lembrando, não é permitido fumar na ilha, nem retirar quaisquer materiais.

batevolta2Passeio Bate-Volta

pernoite2Passeio Pernoite

 

➡️ Trilha Guiada na Ilha Redonda

A trilha guiada na ilha Redonda também permite o desembarque do turista em terra firme, numa curta faixa de areia que permite admirar um ângulo único do Arquipélago.

Redonda ECO360 00002 Easy-Resize.comRedonda Repinaldo 00001 Easy-Resize.com

Na ilha também ocorrem desovas de tartarugas cabeçudas, podendo algumas aberturas de ninho serem acompanhadas pelos visitantes (as desovas ocorrem normalmente de setembro à março).

Caretta - Ninho ECO360 00001 Easy-Resize.com

Atenção: o passeio na ilha Redonda é conciliado em passeios de pernoite, para garantir um desembarque e embarque mais seguro, conforme as condições de vento e maré na região.

pernoite2Passeio Pernoite

 

➡️ Centro de Visitantes do Parque Nacional Marinho dos Abrolhos

Na Praia do Kitongo, em Caravelas/BA, o visitante pode conhecer o Parque em uma visita monitorada para obter informações sobre os atrativos do Parque, passando por painéis, vídeos, bem como ter uma experiência incrível com óculos de Realidade Virtual 360*, que transmitem uma sensação quase idêntica à de quando se está caminhando, mergulhando ou sobrevoando a região.

ECO09254 Easy-Resize.com 1

O Centro de Visitantes está aberto ao público todos os dias da semana, e de terça a domingo conta com visitas guiadas com membros da equipe do ICMBio e voluntários.

O Centro de Visitante abriga ainda uma réplica da baleia Jubarte em tamanho natural de um adulto.

Voluntariado - CV 00001 Easy-Resize.com 1

E também a Trilha do Marobá, com 1 km de extensão, onde o visitante tem contato com os ecossistemas costeiros da restinga e dos manguezais.

marobamaroba2

Durante todos os passeios no Parque Nacional o visitante conta com a orientação e supervisão de condutores de visitantes, para prestar informações e auxiliar os visitantes nos cuidados com o ambiente e com sua segurança.

Como o Parque está localizado em uma das regiões de maior biodiversidade marinha do Brasil e do Oceano Atlântico Sul, o contato do turista com a natureza torna-se uma experiência deslumbrante. E a permanência nas embarcações faz com que o visitante acompanhe como é a vida destes profissionais que trabalham no mar em prol da conservação.

Acompanhe nossas redes sociais para mais informações e novidades! 

faceinsta

btn topo

Quando ir

O PARQUE NACIONAL MARINHO DOS ABROLHOS PODE SER VISITADO O ANO TODO!

Durante todo o ano é possível conhecer as maravilhas do mundo submerso de Abrolhos.

Para admirar a beleza natural e a incrível biodiversidade de Abrolhos, fazer caminhada nas trilhas, visitar o Centro de Visitantes em Caravelas e ter a incrível experiência de visitar Abrolhos também por realidade virtual, qualquer época do ano será um excelente período para conhecer a região.

Entre dezembro e abril as águas são mais quentes e oferecem maior visibilidade, sendo o melhor período para mergulhos.

De junho a novembro, o principal atrativo é a observação das baleias jubarte, sendo o pico de aparições entre julho e outubro.

Durante todo o ano é possível observar diversas espécies de aves marinhas no Parque. Algumas usam as ilhas para se reproduzir e cuidar dos seus filhotes, enquanto outras estão só de passagem.

 

Observação importante: Vale lembrar que a realização de atividades no mar depende das condições climáticas, em especial dos ventos e ondas, o que pode inviabilizar o passeio. Para o melhor planejamento e proveito de sua viagem, consulte a previsão climática.

Para maior conforto e segurança, não recomendamos operações de passeio em condições de velocidade de vento maior que 20 nós.

Consulte previsão: https://www.windy.com/-17.976/-38.663?-18.566,-38.661,8,m:dbdae4I 

 

btn topo

Como Chegar

A cidade mais próxima ao Parque Nacional Marinho dos Abrolhos é Caravelas, no extremo sul da Bahia, onde fica a sede do parque, o Centro de Visitantes (CV) e todas as operadoras de turismo autorizadas em promover a visitação ao Parque.

AEROPORTOS MAIS PRÓXIMOS

 

Teixeira de Freitas/BA: 83 km de Caravelas

Opera voos comerciais regularmente, partindo de Confins/MG (Azul Linhas Aéreas)

Porto Seguro/BA: 261 km de Caravelas

Opera voos comerciais nacionais e internacionais de diversos aeroportos brasileiros

Vitória/ES: 400 km de Caravelas

Opera voos comerciais nacionais e internacionais de diversos aeroportos brasileiros

 

ACESSO RODOVIÁRIO

maps

Das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste: pela BR-101, na altura de Posto da Mata/BA, dobre a rotatória à direita e pegar a BR 418. Siga 80 km e chegará ao trevo, entre a direita sentido Caravelas. Outra opção é seguir até a cidade de Teixeira de Freitas/BA, no trevo seguir pela BA-290 sentido Alcobaça e no trevo seguir à direita pela BA-001 até a cidade de Caravelas.

Das regiões Norte e Nordeste: pela BR-101 passará pela cidade de Eunápolis/BA, continuando na mesma BR até a cidade de Itamarajú/BA, seguindo as orientações rodoviárias até Prado/BA. Continue pela BA-489 até Alcobaça/BA e no trevo siga direto pela BA-001 até a cidade de Caravelas.

 

DE CARAVELAS AO ARQUIPÉLAGO DOS ABROLHOS 

Para conhecer o arquipélago dos Abrolhos, somente as operadoras de turismo autorizadas junto ao Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, podem realizar esse trajeto.

As empresas oferecem alimentação, alugam equipamentos de mergulho (livre e autônomo), dispõe de profissionais qualificados para conduzir visitantes no Parque Nacional, além de cumprirem requisitos de segurança exigidos pela Marinha do Brasil e Embratur.

Duração da viagem de Caravelas/BA ao Arquipélago dos Abrolhos: de 2h30 a 5h, dependendo do tipo de barco e das condições de tempo.

Duração do passeio: pode ser de um dia (bate-volta) normalmente de 07h às 18h. Ou passeio com pernoite (live aboard) de 2 a 4 dias. 

EMPRESAS AUTORIZADAS: 

Contate as empresas autorizadas e programe sua visita ao arquipélago do Parque dos Abrolhos:

Abrolhos Adventure - www.abrolhosadventure.com

Abrolhos Embarcações - www.abrolhosembarcacoes.com.br

Apecatu Expedições - www.apecatuexpedicoes.com.br

Horizonte Aberto - www.horizonteaberto.com.br

Mergulho Abrolhos - www.mergulhoabrolhos.com

btn topo

Ingressos para o parque

Os ingresso são cobrados por dia (passeios bate-volta) ou pernoites (passeios com pernoites), para visitar o arquipélago dos Abrolhos, conforme abaixo:

  • Público em geral: R$ 89,00
  • Desconto Brasil (50%): R$ 45,00
  • Desconto Mercosul (25%): R$ 67,00
  • Desconto Entorno* (90%): R$ 9,00

* Será concedido Desconto Entorno aos moradores dos municípios que compõem a Costa das Baleias: Teixeira de Freitas, Mucuri, Nova Viçosa, Caravelas, Alcobaça, Prado e Itamaraju (Ordem de Serviço 01/2016 - PARNA Marinho dos Abrolhos, regulamenta a concessão do Desconto-Entorno).

Os valores de taxas e serviços realizados nas unidades de conservação federais são definidos anualmente, tendo a última atualização realizada em 01 de novembro de 2018 (Portaria ICMBio nº 831 de 28 de setembro de 2018).

Regras para isenção de Pagamento do Ingresso:

Conforme Portaria MMA nº 366/2009 são isentos do pagamento de ingressos nas unidades de conservação:

I - Visitante brasileiro ou ao estrangeiro que demonstre possuir residência permanente no Brasil com idade igual ou superior a 60 (sessenta anos);

II - crianças com até 12 (doze) anos de idade incompletos desde que acompanhados acompanhadas de um adulto;

III - estudantes e acompanhantes cujo estabelecimento de ensino regular agende previamente junto à administração das unidades de conservação a realização de atividades de educação ambiental;

IV - populações tradicionais extrativistas beneficiárias da unidade de conservação;

V - colaboradores ou membros de instituições colaboradoras;

VI - pesquisadores autorizados pelo Instituto Chico Mendes para realizar pesquisas na unidade de conservação;

VII - servidores de órgãos públicos, desde que a serviço;

VIII - guias de turismo, devidamente regularizados pelo Ministério do Turismo, no exercício de suas atividades profissionais,

Parágrafo único. Compete à chefia da unidade de conservação a análise e eventual autorização das visitas de que tratam os incisos III, V e VII deste artigo, que deverão ser deferidas preferencialmente em dias úteis.

Para visitação ao Centro de Visitantes em Caravelas-BA, não há cobrança de ingressos.

btn topo

O que não é permitido no parque

Para garantirmos a proteção e segurança da área do parque, toda sua biodiversidade e seus visitantes, precisamos garantir que algumas normas sejam seguidas:

  • É proibida a pesca dentro dos limites do Parque Nacional;
  • Não é permitido molestar os animais ou coletar espécimes;
  • Nenhum tipo de lixo deve ser descartado na água;
  • Durante o mergulho, não utilizar luvas ou facas;
  • Pesquisas científicas são realizadas mediante solicitação e autorização prévias;

ATENÇÃO: O mergulho autônomo no Parque somente é permitido quando acompanhado de Condutor de Visitantes, neste caso denominado Condutor Subaquático. As empresas de turismo que realizam passeios ao Parque fornecem este tipo de serviço. É obrigatório que o mergulhador esteja portando sua credencial de mergulho.

btn topo

Orientações Adicionais

  • Somente empresas autorizadas pelo ICMBio/ Parque Nacional Marinho dos Abrolhos podem realizar a visitação comercial no Parque, conforme Portaria ICMBio  nº 29/2018;
  • Todas as empresas autorizadas devem dispor de Condutores de Visitantes autorizados pelo Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, conforme Portaria ICMBio nº 939/2018. Embarcações particulares que desejem realizar mergulho autônomo deverá dispor de equipamentos de segurança obrigatórios para operação do mergulho recreativo autônomo conforme ABNT NBR ISO 24803, sendo obrigatória a presença de condutor de visitante com habilitação mínima de supervisor de mergulho "divemaster". válida;
  • A relação dos Condutores de Visitantes autorizados em realizar atividade comercial no Parque Nacional Marinho dos Abrolhos pode ser acessada aqui;
  • Mantenha uma Conduta Consicente durante a visita, de forma a garantir tanto a segurança do visitante, como a proteção dos corais, peixes, tartarugas, aves e tantos outros seres vivos que vivem no Parque;
  • Tenha cuidado e atenção com todo o lixo que vier a produzir no Parque;
  • No ambiente natural e junto ao grupo com outros visitantes, fale baixo, evite gritos e mantenha, garantindo o bem estar de todos no passeio;
  • Trate a todos com educação, cortesia e respeito;
  • Transmita ao próximo os princípios de mínimo impacto ambiental;
  • Pratique atividades físicas conforme seu condicionamento físico e nível de experiência
  • Mantenha o corpo hidratado e protege-se do sol, dando preferências ao uso de chapéus, bonés, camisas com proteção UV, e não esqueça do protetor solar.

Caso ainda tenha alguma dúvida antes do passeio, ou tenha alguma sugestão, crítica ou queira fazer algum outro comentário relevante para a melhoria do Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, entre em contato conosco pelo email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.. Sua opinião é importante!

Para acesso aos documentos que regulamentam a atividade de visitação comercial na Unidade de Conservação, a visita de embarcações particulares, Plano de Manejo, entre outros, todos encontram-se disponíveis em: www.icmbio.gov.br/portal/parna-marinho-dos-abrolhos

Acesse o Guia de Conduta Consciente em Ambientes Naturais

btn topo