Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Fauna Brasileira > Fauna Brasileira > Estado de Conservação - Lista > Insetos - Lepidóptera (Borboletas e Mariposas)
Início do conteúdo da página

Insetos - Lepidóptera (Borboletas e Mariposas)

coabio lepidopteras

Espécie: Parides burchellanus

Foto: Onildo Marini Filho

DOCUMENTOS E ARQUIVOS
Nome
Baixar
Lista de espécies avaliadas alt
Ficha base de avaliação alt

 

VALIDADO

N° DE ESPÉCIES: 200

As borboletas e mariposas fazem parte da segunda ordem mais diversa de insetos, Lepidoptera. As borboletas são excelentes modelos para estudos biológicos, ecológicos e evolutivos e têm sido muito importantes no desenvolvimento da teoria da Biologia da Conservação. Estes insetos também são utilizados em estudos bioquímicos e de outras áreas do conhecimento para o desenvolvimento tecnológico. Lepidópteros fazem parte de diversas cadeias tróficas, regulando populações de plantas e servindo de alimento para outros organismos. No Brasil há uma grande diversidade de espécies de lepidópteros, sendo que muitos são endêmicos.

A primeira oficina para avaliar o risco de extinção das espécies de Lepidoptera foi realizada em Brasília, em novembro de 2010, e contou com a presença de 14 especialistas. A segunda foi realizada em Campinas - SP, entre os meses de fevereiro e março de 2011.

Dado o bom conhecimento existente sobre as borboletas, este é o grupo de insetos mais representado na lista nacional de espécies ameaçadas. O principal fator de ameaça identificado para este grupo é a perda de habitats, que provoca reduções e isolamento de populações. Populações pequenas e isoladas tendem a se extinguir localmente e quando se situam muito distantes das fontes de colonização, a chance dos fragmentos serem recolonizados é muito diminuída.

N° DE OFICINAS:
2 oficinas realizadas

COORDENADOR DE TAXON:
Dr. André Victor Lucci Freitas (UNICAMP)

PONTO FOCAL:
Dr. Onildo Marini-Filho (CECAT - ICMBio)

EMAIL: coabio@icmbio.gov.br

Fim do conteúdo da página