Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Fauna Brasileira > Lista de Espécies Ameaçadas > Invertebrados Terrestres - Parides ascanius (Cramer, 1775) - Borboleta-da-praia
Início do conteúdo da página

Invertebrados Terrestres - Parides ascanius (Cramer, 1775) - Borboleta-da-praia

Classificação Taxonômica
Grupo
Classe:
Ordem:
Família:
Espécie:
Nome Vulgar:
Invertebrados Terrestres
Insecta
Lepidoptera
Papilionidae
Parides ascanius (Cramer, 1775)
Borboleta-da-praia
Categoria de Ameaça
Categoria Validada:
Critério Validado:
Presença Lista Anterior:
EN
B2ab(i,ii,iii,iv)
IN MMA 003/2003
Justificativa
Parides ascanius ocorre em matas de restinga paludosa em altitudes próximas ao nível do mar. A área de ocupação é estimada em menos de 500km2. A maioria das subpopulações existentes encontram-se em pequenos fragmentos isolados inseridos em matriz urbana, com declínio rápido e perda de populações por ação antrópica de diferentes tipos (expansão imobiliária, desmatamento, alteração da dinâmica hídrica na implantação de vias asfaltadas). Toda área de distribuição da espécie está dentro de uma das regiões mais densamente povoadas do Brasil. As populações são pequenas, geralmente menores que 50 indivíduos e frequentemente sofrem extinção local.
Especialistas
Amabílio José Aires de Camargo - EMBRAPA Cerrados, André Victor Lucci de Freitas - UNICAMP, Cristiano Agra Iserhard – UNICAMP, Diego Rodrigo Dolibaina – UFPR, Eduardo Carneiro dos Santos – UFPR, Eduardo de Oliveira Emery – CNPq, Fernando Maia Silva Dias – UFPR, Helena Piccoli Romanowski – UFRGS, Lucas Augusto Kaminski – UNICAMP, Marcelo Duarte da Silva – MZUSP, Marcio Uehara Prado – GIZ, Marcio Zikán Cardoso – UFRN, Onildo João Marini Filho - CECAT/ICMBio.
Referências
Brown Jr., K.S. & Freitas, A.V.L. 2008 Parides ascanius. In: Machado, A.B.M.; Drummond, G.M. & Paglia, A.P. (orgs.). Livro Vermelho da fauna brasileira ameaçada de extinção. 1 ed. MMA & Fundação Biodiversitas. 1420p.

Freitas, A.V.L. & Marini-Filho, O.J. 2011. Plano de Ação Nacional para Conservação dos Lepidópteros Ameaçados de Extinção. Brasília, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. 124p.

IUCN, 2001. IUCN Red List Categories and Criteria: Version 3.1. IUCN Species Survival Commission. IUCN, Gland, Switzerland and Cambridge,UK. 30 p.

Machado, A.B.M.; Drummond, G.M. & Paglia, A.P. (orgs.). 2008. Livro Vermelho da fauna brasileira ameaçada de extinção. 1 ed. MMA & Fundação Biodiversitas. 1420p.

MMA (Ministério do Meio Ambiente), 2003. Instrução Normativa Nº 003, de 26 de maio de 2003. Diário Oficial da União. Nº 101, 28/05/03: 88-97.

Otero, L.S. & Brown Jr., K.S. 1986. Biology and ecology of Parides ascanius (Cramer, 1775) (Lep., Papilionidae), a primitive butterfly threatened with extinction. Atala. 10-12, 2-16.

Otero, L.S.; Brown Jr., K.S.; Mielke, O.H.H.; Moreira, R.F.; Costa, J.M.; de Macêdo, M.V.; Maciel, N.C.; Becker, J.; Salgado, N.C.; dos Santos, S.B.; Moya, G.E.; Almeida, J.M. & Silva, M.D. 2000. Invertebrados terrestres. In: H.G. Bergallo, C.F.D. Rocha, M.A.S. Alves e M.V. Sluys (org.). A Fauna Ameaçada de Extinção do Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, EDUERJ. 166p.

Rio de Janeiro. 1998. Portaria nº 1 de 4 de junho de 1998. SEMA

Uehara-Prado, M. & Fonseca, R.L. 2007. Urbanization and mismatch with protected areas place the conservation of a threatened species at risk. Biotropica 39: 264–268.
Fim do conteúdo da página