Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Fauna Brasileira > Lista de Espécies Ameaçadas > Peixes - Choranthias salmopunctatus (Lubbock & Edward, 1981) - Canário-do-mar
Início do conteúdo da página

Peixes - Choranthias salmopunctatus (Lubbock & Edward, 1981) - Canário-do-mar

Classificação Taxonômica
Grupo
Classe:
Ordem:
Família:
Espécie:
Nome Vulgar:
Peixes
Actinopterygii
Perciformes
Serranidae
Choranthias salmopunctatus (Lubbock & Edward, 1981)
Canário-do-mar
Categoria de Ameaça
Categoria Validada:
Critério Validado:
Presença Lista Anterior:
VU
D2
IN MMA 005/2004
Justificativa
Choranthias salmopunctatus é uma espécie recifal, endêmica do Arquipélago de São Pedro e São Paulo. É considerada uma das espécies de peixes marinhos com menor área de ocupação no mundo, menor do que 10 km². A espécie foi considerada como característica da zona Sub-Caulerpa no período da sua descrição e passou aproximadamente 25 anos sem ser registrada, apesar de pesquisas frequentes na área. As principais ameaças identificadas, que podem levar a espécie à condição de Criticamente em Perido (CR) ou Extinta (EX) em curto prazo, relacionam-se aos impactos crônicos em função da ocupação da ilha, do tráfego de embarcações, acidentes marítimos, assim como dos efeitos indiretos da pesca. Além disso, eventos de mortalidade em massa de peixes em várias ilhas oceânicas, ainda sem causas definidas, mas de possível origem antrópica, têm sido observados recorrentemente nas duas últimas décadas. Dessa forma, a espécie foi categorizada como Vulnerável (VU) sob o critério D2.
Pesquisadores Participantes do Processo*

Allan Pierre Bonetti Pozzobon – UNESP, Caroline Vieira Feitosa – UFCE, Ciro Colodetti Vilar de Araújo – UFPR, Cláudio Luís Santos Sampaio – UFAL, Fabio Di Dario – UFRJ, Fabíola Seabra Machado – UFPA, João Luiz Rosetti Gasparini – UFES, Jonas Rodrigues Leite - Instituto Meros do Brasil, José Amorim Reis Filho – UFBA, Liana de Figueiredo Mendes – UFRN, Mariana Bender Gomes – UFPR, Michael Maia Mincarone – UFRJ, Moysés Cavichioli Barbosa – UFSC, Nilamon de Oliveira Leite Júnior - TAMAR/ICMBio, Paula Araújo Catelani – UFRJ, Paulo Roberto Duarte Lopes – UEFS, Ramon Cardoso Noguchi – UFRJ, Raphael Mariano Macieira – UFES, Roberta Aguiar dos Santos - CEPSUL/ICMBio, Roberta Martini Bonaldo – Unicamp, Robson Tamar da Costa Ramos – UFPB, Rodrigo Leão de Moura – UFRJ, Sérgio de Magalhães Rezende – UFPE.

* São listados os nomes de todos os pesquisadores que participaram de qualquer etapa do processo de avaliação do estado de conservação da espécie (envio de informações e oficina de avaliação). A categoria foi determinada na oficina pela maioria dos participantes, seguindo rigorosamente o método utilizado, e posteriormente validada seguindo o método de análise de consistência.

Referências
BASCOMPTE, J.; MERIAN, C.J. & SALA, E. 2005. Interaction strength combinations and the overfishing of a marine food web. Proc. Nat. Acad. Sci. 102(15):5443-5447.
DAFNI, J. & DIAMANT, A. 1984. School-oriented mimicry, a new type of mimicry in fishes. Marine Ecology Progress Series 20, 45–50.
EDWARDS, A. & LUBBOCK, R.. 1983a. Marine zoogeography of St. Paul’s Rocks. J. Biogeography. 10:65-72.
EDWARDS, A. & LUBBOCK, R. 1983b. The ecology of St. Paul’s Rocks (Equatorial Atlantic). J. Zool. 200:51-69.
FEITOZA, B. M.; ROCHA, L. A.; LUIZ-JÚNIOR, O. J.; FLOETER, S. R. & GASPARINI, J. L. 2003. Reef fishes of Saint Paul’s Rocks: new records and notes on biology and zoogeography. Aqua, Journal of Ichthyology and Aquatic Biology 7, 61–82.
FREIRE, K.M.F. & CARVALHO-FILHO, A. 2009. Richness of common names of Brazilian reef fishes. Pan-American Journal of Aquatic Sciences, v.4(2), pp. 96-145.
GASPARINI, J. L., FLOETER, S. R., FERREIRA, C. E. L. & SAZIMA, I. 2005. Marine ornamental Trade in Brazil. Biodiversity and Conservation 14, 2883–2899.
HAWKINS, J. P., ROBERTS, C. M. & CLARK, V. (2000). The threatened status of restrictedrange coral reef fish species. Animal Conservation 3, 81–88. Lubbock, R. & Edwards, A. 1981. The fishes of Saint Paul s Rocks. J. Fish Biol. 18:135-157.
KRAJEWSKI, J.P.; BONALDO, R.M.; SAZIMA, C. & SAZIMA, I. 2004. The association of the goatfish Mulloidichthys martinicus with the grunt Haemulon chrysargyreum: an example of protective mimicry. Biota Neotropica 4, 1–4.
LUBBOCK, R. & EDWARDS, A. 1981. The fishes of Saint Paul’s Rocks. J. Fish Biol. 18:135-157.
LUIZ-JÚNIOR, O.J.; JOYEUX, J.-C. & GASPARINI, J.L. 2007. Rediscovery of Anthias salmopunctatus Lubbock & Edwards, 1981, with comments on its natural history and conservation. J. Fish Biol. 70:1283-1286.
MORRIS, A.V.; ROBERTS, C.M. & HAWKINS, J.P. 2000. The threatened status of groupers (Epinephelinae). Biodiv. Cons.9:919-942.
MOURA, R.L. 2002. Brazilian reefs as priority areas for biodiversity conservation. Proc. Int. Coral Reef Symp. 9(2):917-920.
MOURA, R.L., FRANCINI-FILHO, R.B., 2005. Reef and shore fishes of the Abrolhos Bank. In: Dutra, G.F., Allen, G.R., Werner, T., McKenna, S.A. (Eds.), A Rapid Biodiversity Assessment of the Abrolhos Bank, Bahia, Brazil. RAP Bulletin of Biological Assessment 38. Conservation International, pp. 40e55.
MOURA, R.L. 2008. Anthias salmopunctatus Lubbock & Edwards, 1981. P 197-198. In Machado, A. B. M., Drummond, G. M. , Paglia, A. P. 2008. Livro Vermelho da fauna brasileira ameaçada de extinção. Vol. 02. Brasília, DF: MMA; Belo Horizonte, MG: Fundação Biodiversitas.
MMA - Ministério do Meio Ambiente. 2004a. Instrução Normativa N° 5 de 21 de maio de 2004. Diário Oficial da União – Seção 1 102, 136–142.
MMA - Ministério do Meio Ambiente. 2004b. Instrução Normativa N° 56 de 23 de novembro de 2004. Diário Oficial da União - Seção 1 225, 50–51.
PAULY, D.; CHRISTENSEN, V.; DALSGAARD, J.; FROESE, R. & TORRES, F. 1998. Fishing down marine food webs. Science. 279:860-863.
RANDALL, J. E. 2005. A review of mimicry in marine fishes. Zoological Studies 44, 299–328.
ROBERTS, C. 1996. Anthias salmopunctatus. In: IUCN 2013. IUCN Red List of Threatened Species. Version 2013.2. . Downloaded on 28 November 2013.
SPLINK, 2013. Coleção de Peixes do Museu de Zoologia da USP (MZUSP), Coleção Ictiológica da Universidade Federal do Espírito Santo (CIUFES). Disponível na rede SpeciesLink (http://www.splink.org.br) em Novembro de 2013.
Fim do conteúdo da página